Insensatez – capítulo 20

Sensualidade-Seducao


Personagens:

Giuseppe Gouveia

Giane Gouveia

Fernanda Gouveia

Rayssa Gouveia

Francisco Gouveia

Amon Gouveia

Catarina Gouveia

Amelie Fontana

Sérgio Ramos

Marcos Rodrigues

Vânia Rodrigues

Roberto Carvalho

Marta

Thamires Lima

François Le Blanc

Monique Le Blanc

Claude Le Blanc

Cecile Le Blanc

Jean Le Blanc

Gabrielle Le Blanc



Capítulo 20

Cena 1

França/Paris

JEAN: (beijando Fernanda).

FERNANDA: (se afasta) Não faça mais isso Jean!

JEAN: Porque não…

FERNANDA: Por que eu não quero! Eu vou voltar para o hotel e não quero você atrás de mim, boa noite! (sai).

JEAN: (olhando Fernanda ir embora) Estúpido!… Mas como resistir…

Cena 2

Hotel Ritz

RECEPÇÃO

FERNANDA: (entra no hotel depois de alguns minutos).

MONIQUE: Fernanda…

FERNANDA: (olha Monique) Oi…

MONIQUE: Eu estava te esperando… Disse aos meus pais que iria á uma festa, mas preciso falar com você.

FERNANDA: Monique… Você vai me desculpar, mas eu não quero confusão com a sua família… Eu estou cansada e preciso ir para a minha suíte.

MONIQUE: (olhando Fernanda) Por favor… Não vou demorar eu prometo.

FERNANDA:… Está bem, você sobe comigo, fala o que você quer e depois vai embora.

MONIQUE: (sorri) Tudo bem. (entra no elevador com Fernanda).

Cena 3

Brasil/ São Paulo

Casa de Amelie

Quarto

AMELIE: (esta deitada com Francisco acaricia o peito dele, sorri) Eu esperei tanto por isso…

FRANCISCO: (pensativo, olha Amelie) Amelie… Eu… Estou me sentindo culpado…

AMELIE: Você… Não gostou?

FRANCISCO: Não é isso, eu gostei muito… Mas eu vou ser sincero… Nem todo o ódio que estou sentindo de Giane… Tirou o amor que sinto por ela.

AMELIE: (olhando Francisco) Ela não vale nada! Eu sempre soube do caso dela com Amon, mas se eu contasse ela inventaria alguma coisa e você ficaria contra mim.

FRANCISCO: Eu sei…

AMELIE: Você quer ver Giane mal não é… Então comesse a mostrar á ela que ela perdeu importância na sua vida… Giane gosta que a venerem, está acostumada á isso, e se ela perder… Aquele ar superior dela irá sumir.

FRANCISCO: Você está certa, Giane é uma mulher guiada pela vaidade.

AMELIE: (sorri) Quer ver ela enlouquecer… Diga que estamos juntos… Comece a trata-la normalmente… Diga que a raiva, o ciúme, e o amor passaram… Que você hoje, é um outro homem.

FRANCISCO: (sorri) Gostei disso… Ótima ideia Amelie…

AMELIE: (beija Francisco, o olha muito) Conte comigo para o que você precisar.

Cena 4

Mansão Gouveia

Quarto de Giane

GIANE: (esta deitada ascende um cigarro).

SÉRGIO: (vem do banheiro, com uma toalha na cintura).

GIANE: (fuma, sorri) Adoro te ver assim.

SÉRGIO: Giane você não acha que fuma demais?

GIANE: Nem comece, eu gosto de fumar e não estou doente, faço exame sempre, se eu não fumar passo mal.

SÉRGIO: (se deita ao lado de Giane) Mas eu quero o seu bem… Podemos fazer assim… Quando você sentir vontade de fumar… Você me beija, vai beijando até a vontade passar, e quando a vontade for muita, você faz amor comigo…

GIANE: (sorri) Olha que assim você vai ter que passar o tempo todo comigo meu amor, eu adorei essa sua ideia, trocar um vício por beijos e caricias…

SÉRGIO: Eu vou adorar estar com você o dia todo, e ainda mais ganhando beijos e fazendo amor…

GIANE: (beija Sérgio) Quando podemos começar esse tratamento?

SÉRGIO: (tira o cigarro de Giane, a beija muito) Agora…

GIANE: (olhando Sérgio, sedutora, tira a toalha dele, sorri safada) Estou com muita… Mas muita vontade de fumar…

SÉRGIO: (sorri, se deita sobre Giane, a olha muito) Então eu vou fazer amor com você até essa vontade passar… (a beija com Vontade).

Cena 5

França/Paris

Hotel Ritz

Suíte de Fernanda

FERNANDA: Nem pensar… Eu não vou fazer isso Monique.

MONIQUE: Você é a única pessoa que pode me ajudar…

FERNANDA: Eu não posso ir até a agência de modelos com você e me passar por sua responsável.

MONIQUE: Por favor… É só amanhã, depois eu falo que você teve que viajar… Ninguém na agência sabe que eu sou neta de Claude Le Blanc, eu dei nome falso, meus pais não me apoiam… E eu preciso fazer esse teste.

FERNANDA: Monique eu sinto muito… Mas não posso ajudar.

MONIQUE: (fica triste) É meu sonho… Se eu conseguir passar no teste amanhã eu vou fazer uma campanha para a maior marca de roupas daqui.

FERNANDA: E você acha que a sua família não vai te ver nessa campanha?

MONIQUE: Quando verem eu já vou estar longe… Se eu passar nesse teste e for contratada eu pretendo fugir Fernanda… Vou morar em Nova York.

FERNANDA: Monique, eu gosto da sua atitude, afinal a sua família vive no passado, eu te ajudaria com o maior prazer se já não tivesse problemas suficientes.

MONIQUE: (fica com vontade de chorar) Tudo bem… Obrigada por me ouvir… Eu já vou. (se levanta).

FERNANDA: (olhando Monique)… Espera… Se eu for amanhã te ajudar… Você não conta pra ninguém?

MONIQUE: (sorri) Não… Você vai?

FERNANDA: Está bem… Eu vou.

MONIQUE: (abraça Fernanda, está feliz) Muito obrigada! Obrigada mesmo Fernanda, você não sabe o quanto isso é importante para mim.

FERNANDA: (sorri) Já vi o quanto é importante.

MONIQUE: Amanhã eu passo aqui para irmos a agencia.

FERNANDA: Tudo bem. (sorri).

Cena 6

Brasil/São Paulo

No dia Seguinte

Incorporadora Gouveia

Sala de Giuseppe

GIANE: Papai eu não quero encontrar Francisco, eu só vim porque você disse que eu precisava assinar um documento.

GIUSEPPE: Fique calma minha filha, o documento já está aqui, pronto.

GIANE: (assina) E Sérgio?

GIUSEPPE: Foi para uma reunião com o empresário que nos contratou.

GIANE: (sorri) Fico feliz em ver que Sérgio está se dando bem… Agora eu já vou papai.

GIUSEPPE: Você bem que poderia ficar aqui e me ajudar, a sua irmã faz falta aqui.

GIANE: Eu gostaria de estar em Paris no lugar dela e não aqui trancada nesse prédio, você me conhece (sorri, beija o rosto de Giuseppe) Até mais tarde papai. (sai da sala de Giuseppe, encontra Francisco no corredor, o olha um pouco assustada).

FRANCISCO: (olha Giane) Como vai Giane?

GIANE: (encara Francisco) Estava muito bem até ver você. (vai saindo).

FRANCISCO: Espera… Eu preciso falar com você.

GIANE: Não temos nada para conversar.

AMELIE: (se aproxima, sorri) Você está ai meu amor, eu estava te procurando para tomarmos café. (beija Francisco)

GIANE: (olha muito Amelie e Francisco se beijando, não gosta).

FRANCISCO: (olha Amelie sorri) Eu estava indo falar com Giuseppe e encontrei Giane, vai indo na frente.

AMELIE: Está bem. (sorri, sai).

GIANE: Para quem dizia me amar você arrumou outra rápido demais.

FRANCISCO: Não tão rápido quanto você que arrumou outro estando casada comigo… Você vem ou não falar comigo na minha sala?

GIANE: (entra na sala de Francisco).

FRANCISCO: (sorri, entra em sua sala).

Cena 7

Consultório de Roberto

SECRETARIA: (entra na sala de Roberto) Doutor, tem um rapaz querendo falar com o senhor.

ROBERTO: Quem é?

SECRETÁRIA: Ele disse que se chama Marcos.

ROBERTO:… Peça para ele entrar.

SECRETARIA: (sai).

MARCOS: (entra, olha Roberto).

ROBERTO: (olhando Marcos) Eu já sei sobre o que você veio falar… Sente-se.

MARCOS: Não, estou bem assim… Eu vim aqui te falar que você acabou com meu noivado com Fernanda, e que eu vou acabar com a sua carreira, vou te denunciar por se envolver com uma paciente!

ROBERTO: Marcos… Eu não queria acabar com o seu noivado… Porque eu sei que para a Fernanda era muito importante…

MARCOS: Deixa de ser sínico! Você e ela eram amantes!

ROBERTO: A Fernanda lutou de todas as maneiras para que não tivéssemos nada… Mas eu estava apaixonado demais por ela… Fernanda é uma mulher incrível…

MARCOS: Eu sei… Eu a amo! Estávamos juntos há três anos!

ROBERTO: A Fernanda está muito mal… Eu a amo também… Mas é você que ela quer.

MARCOS:… Ela te disse isso?

ROBERTO: O tempo todo… Ela me dizia que eu merecia uma mulher que me amasse por inteiro… Porque ela te amava.

MARCOS: E mesmo assim ela me traiu!… E eu não vou perdoar isso.

ROBERTO: Eu aqui querendo Fernanda… E você, que tem o amor dela… Não quer…

MARCOS: Cala essa boca! Eu vim aqui para te falar que vá se preparando! Vou te denunciar doutorzinho! (sai).

ROBERTO: (fica triste, pensativo).

Cena 8

Incorporadora Gouveia

Sala de Francisco

FRANCISCO: (olhando Giane) Eu estava com muito ódio desde que descobri tudo que você fez… Mas Amelie me fez ver as coisas boas da vida… Nesses meses me remoendo pra nada… Eu sofri muito, mas agora não quero mais isso.

GIANE:… Com isso você quer dizer que…

FRANCISCO: Que não vou mais perder tempo prejudicando você, nem brigando com você e nem com Sérgio, se você escolheu ele… O que posso fazer? Eu encontrei o amor com Amelie e você com Sérgio.

GIANE: (ascende um cigarro, fuma, está nervosa disfarça) Então você vai me dar o divorcio?

FRANCISCO: (sorri) Vou! Eu quero me casar com Amelie.

GIANE: (olhando Francisco) Você está tramando alguma coisa… E seu amor por mim!

FRANCISCO: Giane minha querida não estou tramando nada, eu só acordei para a vida, eu quero viver e quero que você viva bem como desejar.

GIANE:… Se é isso eu fico feliz Francisco… É bom saber que você já me esqueceu.

FRANCISCO: Como mulher sim, mas podemos ser amigos e conviver bem.

GIANE: (se levanta, pega a bolsa) Que seja… Tenha um bom dia. (sai).

FRANCISCO: (sorri) Ela ficou furiosa… Deu certo.

Cena 9

GIANE: (esta brava, passa pela mesa de Amelie a olha) Você está achando mesmo que Francisco gosta de você?

AMELIE: (sorri) Ele diz muitas vezes que me ama quando estamos fazendo amor.

GIANE: (da risada, olha Amelie) Tenha certeza que quando ele está transando com você é a mim que ele vê e deseja. (sai).

AMELIE: (fica seria) Vadia ridícula…

Cena 10

Mais Tarde

França/Paris

Agencia de Modelos

MONIQUE: (esta saindo da agencia com Fernanda, está feliz) Eu não acredito que tudo deu certo.

FERNANDA: (sorri) Você estava ótima, com certeza vai passar nesse teste.

MONIQUE: Obrigada Fernanda, se não fosse por você eu não teria conseguido.

FERNANDA: Com ou sem a minha ajuda você conseguiria sim, você é uma mulher determinada.

MONIQUE: Você quer ir beber alguma coisa comigo?

FERNANDA: Eu acho melhor não, vai que seu avô nos veja juntas, quando você for famosa ele vai amaldiçoar a minha vida. (da risada).

MONIQUE: (sorri) Ninguém nunca falou com ele como você… Eu adorei.

FERNANDA: Boa sorte. (abraça Monique) Eu vou comprar umas coisas.

MONIQUE: Fernanda… Hoje á noite vai ter um baile de máscaras de uma amiga minha você quer ir? A minha família não vai (da risada), só meu tio Jean.

FERNANDA: (sorri) Depois você me liga passando o endereço, se der eu vou sim.

MONIQUE: (sorri) Pode deixar.

CECILE: (se aproxima) Monique! O que você está fazendo aqui? Deveria estar na faculdade!

MONIQUE: (fica nervosa) Mamãe… É que… Eu estava na faculdade mas eu passei mal.

CECILE: E no lugar de ir ao médico veio na agencia de modelos?

FERNANDA: Com licença mas a Monique não estava na agencia, nós estávamos passando por aqui.

CECILE: O que você tem com isso?

MONIQUE: Quando eu estava saindo da faculdade encontrei a Fernanda e pedi ajuda.

CECILE: Seu pai não vai gostar de saber disso.

FERNANDA: Ela não pode passar mal?

CECILE: Senhorita… Não se meta na conversa, vamos Monique! (segura Monique pela mão vai saindo com ela).

MONIQUE: (olha Fernanda sem Cecile ver, faz um sinal pra ela falando que vai ligar depois).

FERNANDA: (sorri).

MONIQUE: (vai embora com Cecile).

FERNANDA: (pega o celular, liga para Giuseppe) Papai…

GIUSEPPE: Meu amor! Eu estou morrendo de saudades! Quando você volta? Como você está?

FERNANDA: (sorri) Quantas perguntas papai, eu também estou com saudades, eu estou melhorando e acho que volto essa semana.

GIUSEPPE: É tão bom ouvir isso meu amor.

FERNANDA: E… Como Marcos está?

GIUSEPPE: Ele pediu demissão…

FERNANDA: O que! Ele não pode fazer isso!

GIUSEPPE: Já fez querida…

FERNANDA: Eu vou falar com ele, eu te amo muito papai.

GIUSEPPE: Eu também te amo querida.

FERNANDA: (desliga, liga para Marcos) Marcos…

MARCOS: Mas será possível que você não entende! Eu não quero mais falar com você! Nunca mais!

FERNANDA: (fica triste)… Eu acabei de saber que você pediu demissão… Por que você fez isso?

MARCOS: (nervoso) Porque eu não quero mais olha para a sua cara! E nem ter nada com as coisas que você está envolvida!

FERNANDA: (as lagrimas escorrem, fala com a voz embargada) Tudo bem Marcos… Eu não vou mais te incomodar… Adeus. (desliga, chora).

Cena 11

Mansão Le Blanc

Sala

JEAN: (esta sentado pensativo).

FRANÇOIS: (se aproxima sorri) Já levou um fora da tigresa?

JEAN: (se levanta)

CECILE: (entra com Monique, está brava, olha Jean) Manda a sua amiga ficar longe da minha filha!

JEAN: Do que você está falando?

CECILE: A tal Fernanda estava com Monique!

JEAN: Não vejo mal algum, Fernanda é uma ótima pessoa.

CECILE: (olha François) Monique não foi á faculdade hoje e eu a encontrei em frente a agencia de modelos.

FRANÇOIS: (olha serio para Monique) Você falou para ficar tirando fotos?

MONIQUE: (olhando François, esta com medo) Não papai, fui á aula mas passei mal.

CECILE: É mentira! Eu liguei na faculdade e disseram que você não foi!

FRANÇOIS: (da um tapa no rosto de Monique) Eu quero que você suba para seu quarto e só saia quando eu disser!

MONIQUE: (sobe as escadas chorando).

JEAN: (olha François com raiva, indignado) Você exagerou! Que você é um animal estúpido todo mundo sabe! Mas a sua filha não merecia isso, não por faltar na aula… (sobe as escadas).

CECILE: Você fez bem querido.

FRANÇOIS: (pensativo).

Cena 12

Quarto de Monique

MONIQUE: (esta chorando na cama).

JEAN: (bate na porta, entra) Monique… (se senta ao lado dela) Não fica assim… Seu pai é um imbecil.

MONIQUE: (se senta olha Jean)… Ele nunca vai me entender…

JEAN: (abraça Monique) Fernanda te ajudou?

FRANÇOIS: (chega perto da porta do quarto, começa a ouvir a conversa).

MONIQUE: (olha Jean sorri) Ajudou… Fernanda é muito legal tio.

JEAN: Eu sei… Mas eu fiz uma coisa que ela não gostou… Beijei ela e ela ficou brava.

MONIQUE: Mas ela não é sua namorada?

JEAN: Não… A Fernanda veio á Paris porque terminou com o noivo dela, mas ela gosta dele.

MONIQUE: Então conquista ela! (sorri) Eu a convidei para o baile de máscara que a minha amiga vai dar… Se papai deixar eu vou… Mas pelo jeito não… Mas você pode ir!

JEAN: (sorri) Você teve uma ótima ideia! Eu vou nesse baile e conquistar Fernanda. (abraça Monique).

FRANÇOIS: (sorri, fala para si mesmo) Eu também vou á esse baile.


FIM DE CAPÍTULO


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s