Insensatez – capítulo 22

Sensualidade-Seducao



Personagens:

Giuseppe Gouveia

Giane Gouveia

Fernanda Gouveia

Rayssa Gouveia

Francisco Gouveia

Amon Gouveia

Catarina Gouveia

Amelie Fontana

Sérgio Ramos

Marcos Rodrigues

Vânia Rodrigues

Roberto Carvalho

Marta

Thamires Lima

François Le Blanc

Monique Le Blanc

Claude Le Blanc

Cecile Le Blanc

Jean Le Blanc

Gabrielle Le Blanc


Capítulo 22

Cena 1

Mansão Gouveia

GIANE: (olhando Francisco) Eu… Não esperava que você fosse me dar o divórcio dessa forma tão amigável.

FRANCISCO: Eu já te disse que não quero mais brigar e que agora eu estou muito bem com a Amelie. (sorri) Agora nós podemos ser felizes.

GIANE: Você não era feliz comigo?

FRANCISCO: Não… Agora que eu estou com Amelie sei que realmente não fomos felizes… E quero te pedir desculpas por tudo.

GIANE: (olhando Francisco) Não precisa me pedir desculpa… Eu fui feliz com você…

FRANCISCO: Você me disse que não muitas vezes, não precisa mais mentir Giane.

GIANE: Eu não estou mentindo… Durante alguns anos você era tudo pra mim… Eu não sei o que aconteceu que tudo se perdeu…

FRANCISCO: Giane… Você nunca foi feliz comigo, se não… Não teria tirado nossos filhos.

GIANE:… A primeira vez que fiquei grávida… Foi no primeiro ano do nosso casamento… Eu não queria ainda… Não estava preparada para ser mãe… Da segunda vez… Estava começando a minha crise… Estava com Amon… E não estava mais empolgada com nosso casamento… Você passava mais tempo com meu pai e na incorporadora do que comigo…

FRANCISCO: (olhando Giane) Vamos esquecer isso, afinal nada vai mudar… Vamos recomeçar as nossas vidas com quem realmente amamos.

GIANE: Você não ama Amelie! Eu sei.

FRANCISCO: (sorri) Claro que eu amo.

GIANE: Não ama não! É a mim que você ama e deseja.

FRANCISCO: Não é mais Giane… Eu sofri muito e ela esteve ao meu lado o tempo todo, e quando me dei conta, estava amando Amelie.

GIANE: (se aproxima de Francisco, o olha muito) Olha pra mim e diz que com tudo que te fiz você ainda me quer.

FRANCISCO: (olhando Giane).

Cena 2

Apartamento de Marcos

GIUSEPPE: (entra) Obrigado por me receber Marcos.

MARCOS: (visivelmente mal, abatido) Não tinha porque não receber o senhor.

GIUSEPPE: (olha Marcos) Você… Está bem?

MARCOS: Não… Estou mal mentalmente e fisicamente…

GIUSEPPE: Imagino… Marcos eu vim aqui porque quero você de volta na incorporadora.

MARCOS: Eu não quero, estou pensando em viajar…

GIUSEPPE: E pensar em perdoar a minha filha… Você não pensa?

MARCOS: Também não… Ela me traiu muito tempo com esse doutor.

GIUSEPPE: Mas agora ela não está nem você e nem com ele… Você não tem medo dela arrumar outro?

MARCOS:… Ela te falou alguma coisa?

GIUSEPPE: Bem… Fernanda me disse que… (olhando Marcos) Tem um Francês que se tornou amigo dela, que está ajudando ela.

MARCOS: (fica com ciúmes) Fernanda é uma mulher muito bonita… É natural que… Os homens queiram se aproximar dela…

GIUSEPPE: Marcos… Vai atrás da minha filha em Paris e a traga de volta.

MARCOS: (olhando Giuseppe) Eu… Não sei…

GIUSEPPE: Mas eu sei você a ama e ela a você, sem Fernanda você está parecendo um zumbi!… Meu filho… Dá uma chance para Fernanda…

MARCOS: Eu vou pensar se vou á Paris…

GIUSEPPE: Você tem até á noite para pensar. (pega uma passagem de avião do bolso) Seu voo sai ás 20:00hs.

MARCOS: (pega a passagem sorri um pouco) Está bem… Vou pensar até lá.

Cena 3

França/Paris

Hotel Ritz/Suíte de Fernanda

JEAN: (sorri) A sua ideia é perfeita! Tenho certeza que ele vai cair como um pato!… Embora eu já esteja com ciúmes.

FERNANDA: (sorri) Não seja bobo… Então vamos começar, François está aonde á essa hora?

JEAN: Na empresa.

FERNANDA: (pensativa) Então podemos ir até lá com o pretexto de que você quer me mostrar tudo e eu dou um jeito de ficar á sós com ele.

JEAN: Isso, e eu vou distraindo meu pai, se ele te ver lá vai brigar.

FERNANDA: Seu pai é um ignorante… Mas o que é dele está guardado.

JEAN: (sorri, beija Fernanda) Vamos lá. (sai com Fernanda, vão até a Le Blanc Cosméticos).

Le Blanc Cosméticos

JEAN: (entra com Fernanda, cumprimenta as pessoas).

FERNANDA: (olhando em volta) Aqui é muito bonito.

JEAN: (sorri) Obrigado… Olha a sala do François fica no décimo andar, eu vou falar com meu pai e você sobe lá.

FERNANDA: (sorri) Pode deixar… (entra no elevador, vai até o décimo andar, desce, olha o corredor, lê o nome de François na porta, sorri, se aproxima da secretária) Bom dia, François está?

SECRETÁRIA: Sim senhorita, a quem devo anunciar?

FERNANDA: (sorri) Eu sou amiga de infância de François e quero fazer uma surpresa á ele… Diga que aqui no corredor tem uma moça que você não conhece e que não teve autorização para subir.

SECRETÁRIA: O senhor Le Blanc não gosta desse tipo de brincadeira…

FERNANDA: (sorri) Eu garanto que ele irá gostar… Faça isso.

SECRETÁRIA: (se levanta, entra na sala de François).

FERNANDA: (disfarça, finge estar perdida).

FRANÇOIS: (sai de sua sala, sorri ao ver Fernanda) Olha só quem está aqui… A amiguinha de Jean.

FERNANDA: (olha François) Eu tenho nome, me chamo Fernanda.

FRANÇOIS: O que você faz aqui?

FERNANDA: (se aproxima de François) Eu estou com Jean, mas ele me deixou sozinha lá embaixo e resolvi procurar por ele.

FRANÇOIS: Gostaria de conhecer o meu escritório?

FERNANDA: Não, vou continuar procurando Jean.

FRANÇOIS: (segura Fernanda) Não sai assim com pressa… Entre um pouco, vou mandar procurarem Jean para você.

FERNANDA: (olha François séria) Contanto que você não toque mais em mim eu entro.

FRANÇOIS: (da risada, solta Fernanda) Está bem gata raivosa.

FERNANDA: Pare de me chamar assim, eu odiei. (entra na sala de François).

Cena 4

Sala de François

FRANÇOIS: (entra, sorri) Então meu irmãozinho te deixou sozinha.

FERNANDA: (se senta) Sim… Já estou me cansando disso…

FRANÇOIS: (se senta, sorri) Demorou para você se encher de Jean, ele é muito chato.

FERNANDA: E você é o que?

FRANÇOIS: (da risada) Você e esse seu atrevimento.

FERNANDA: Atrevida por quê? Eu apenas falo o que penso, ou você também acha que a mulher não deve ter opinião?

FRANÇOIS: Depende da mulher e da opinião.

FERNANDA: Me faz um favor, chama logo Jean.

FRANÇOIS: Eu quero conversar com você… Ontem você foi embora da festa cedo…

FERNANDA: Porque você estragou tudo, a noite já não estava boa… Mas Jean a salvou. (sorri).

FRANÇOIS: (sorri, ascende um charuto, fuma) Duvido.

FERNANDA: Apaga isso, não fuma perto de mim, eu detesto o cheiro.

FRANÇOIS: (da risada, olha Fernanda) Eu apago com uma condição.

FERNANDA: Para de gracinhas e apaga logo isso.

FRANÇOIS: (sorri) Vamos sair da empresa para conversarmos… Aqui meu pai pode chegar e brigar conosco.

FERNANDA: Por que ele brigaria com você?

FRANÇOIS: Porque eu estou recebendo em minha sala a desconhecida atrevida que Jean trouxe para nossas vidas. (sorri).

FERNANDA:… (olhando François) Eu vou aceitar o seu convite porque Jean merece… (se levanta).

FRANÇOIS: (apaga o charuto, se levanta, sorri) Posso te garantir que estar comigo é melhor do que estar com Jean.

FERNANDA: (sorri) Você é uma pessoa modesta.

FRANÇOIS: (da risada, sai com Fernanda).

Cena 5

Brasil/São Paulo

Incorporadora Gouveia

SÉRGIO: (se aproxima de Amelie) Amelie eu preciso que você me passe todas as informações sobre a construção do novo condomínio, por favor.

AMELIE: (olha Sérgio com desprezo) Eu não recebo ordens suas.

SÉRGIO: Eu não dei uma ordem eu pedi, por favor, eu preciso dessas informações.

AMELIE: Pois encontre você sozinho, eu sou secretária de Francisco.

GIUSEPPE: (se aproxima) Você é secretária da presidência, está aqui para receber ordens de Francisco, Fernanda, Giane, Rayssa, Marcos, minhas e de Sérgio, ele é um de nós agora.

AMELIE: Mais seu Giuseppe…

GIUSEPPE: Mais nada, Sérgio te deu uma ordem e você fará e ponto, se não estiver satisfeita arrumo outra secretária.

AMELIE: Desculpe seu Giuseppe… É que eu não sabia…

GIUSEPPE: Não é a mim que você deve desculpas, é a Sérgio.

AMELIE: (olha muito Giuseppe).

SÉRGIO: Não precisa seu Giuseppe… Eu vou pegar as informações.

GIUSEPPE: Você vai se sentar na sua sala e esperar que Amelie as leve até você, esse é o trabalho dela, e precisa pedir desculpas sim… Pode começar Amelie.

AMELIE: (com raiva, olha Sérgio) Desculpa… Eu já vou pegar as informações que você pediu.

SÉRGIO:… Obrigado.

GIUSEPPE: Venha comigo Sérgio. (sai com Sérgio).

AMELIE: (chora de raiva) Que ódio!…

Cena 6

Mansão Gouveia

FRANCISCO: (olhando Giane, desvia o olhar)… Não sinto mais nada por você.

GIANE: Olha nos meus olhos e diz isso…

FRANCISCO: Giane, por que você quer tanto isso? Vai fazer alguma diferença? Você largaria Sérgio por mim?

GIANE: Você deixaria Amelie por mim?

FRANCISCO: Não, agora eu tenho que ir, depois que você assinar o divórcio me entrega está bem. (sorri, sai).

GIANE: (Fica com raiva) Imbecil!… Isso não é possível… Ele vivia aos meus pés… Feito um cachorrinho… E agora vem com essa.

Cena 7

Mais Tarde

França/Paris

Restaurante

FRANÇOIS: (olhando Fernanda) Sabe qual foi o seu erro?… Não ter dito que estava transando com Roberto porque foi obrigada.

FERNANDA: Não seja louco, eu jamais falaria isso prejudicando Roberto, foi um grande alivio por um lado, finalmente essa mentira acabou, mas agora… Perdi Marcos.

FRANÇOIS: Esse Marcos é um tremendo idiota… Se fosse comigo quebraria a cara do medico e ficaria com você.

FERNANDA: (sorri) Mas não foi assim… Eu faço muitas coisas erradas, mas essa foi a única que me arrependi.

FRANÇOIS: Que coisas erradas você faz? (sorri).

FERNANDA: (bebe, sorri) Muitas… Uma delas estou colhendo os frutos aqui em Paris.

FRANÇOIS: O que é?

FERNANDA: Eu desvio dinheiro da incorporadora para a uma de minhas contas… Faço isso por diversão, meu pai nunca notou.

FRANÇOIS: (sorri) Uma atitude fria e arriscada… Gostei.

FERNANDA: Vai me dizer que você nunca fez isso?

FRANÇOIS: Nunca, meu pai e eu temos uma ótima relação, fazer isso seria correr o risco de perder essa relação e eu não quero.

FERNANDA: Entendo… Afinal para fazer tal coisa exige coragem. (bebe).

FRANÇOIS: (olha Fernanda) Você acha que eu não tenho coragem para isso?

FERNANDA: Se você nunca fez…

FRANÇOIS: Pois eu posso fazer isso de olhos fechados e meu pai nem notaria.

FERNANDA: (da risada) Você não faz nem de olhos abertos… Bem, agora eu preciso ir.

FRANÇOIS: Espera… (olha muito Fernanda) Eu faço isso na sua frente hoje á noite… O que acha?

FERNANDA: (olhando François sorri) Mesmo?

FRANÇOIS: (sorri) Sim… E vamos gastar juntos o dinheiro.

FERNANDA: Combinado então… Você vai ver François… Como é ótimo gastar esse dinheiro. (sorri).

Cena 8

Brasil/São Paulo

Mansão Gouveia

Sala

GIANE: (esta fumando, pensativa, pega o celular, liga para Amon) Amon…

AMON: (sorri) Como vai meu amor?

GIANE: Com raiva… Você acredita que Francisco está apaixonado por Amelie e me deu o divórcio.

AMON: (da risada) Mas isso é ótimo, agora você está livre para mim.

GIANE: Não é ótimo… Eu não estou gostando disso… Preferia ele morrendo por mim.

AMON: Ele morreria por você… Acredito que agora nossos planos mudam.

GIANE: Não… Eu não vou perdoar o que ele me fez…

AMON: Você já assinou o divórcio?

GIANE: Não, se eu ficar viúva vou ganhar mais dinheiro do que com essa porcaria de divórcio!

AMON: (sorri) Como você é cruel… O que pretende então?

GIANE: (séria, com raiva) Reconquistar Francisco e depois mata-lo.

Cena 9

Incorporadora Gouveia

Sala de Francisco

FRANCISCO: Amelie você tinha que vê a cara de Giane! Ela não acreditou que eu estava dando á ela o divórcio.

AMELIE: (sorri) Eu sabia, uma mulher como Giane não está acostumada a ser trocada por outra.

FRANCISCO: Eu quero que ela pense que está livre… (sorri) Ela vai fazer mil planos para se casar com Sérgio… E quando perguntarem se há alguém

que sabe alguma coisa contra o casamento… Direi… Eu, o marido da noiva. (da risada).

Cena 10

Á Noite

França/Paris

FRANÇOIS: (esta esperando Fernanda em frente ao banco).

FERNANDA: (desce do taxi, olha François sorri) Você veio mesmo…

FRANÇOIS: Estava duvidando?

FERNANDA: Confesso que sim… Mas agora vamos ver se vai chegar até o fim.

FRANÇOIS: (sorri) Vamos entrar… (entram no banco, vão até o caixa eletrônico, olha Fernanda) Quanto você quer que eu transfira para a minha conta?

FERNANDA: (sorri) O pai é seu… Transfira quanto quiser.

FRANÇOIS: (olhando Fernanda, sorri, digita).

FERNANDA: Quanto você está transferindo?

FRANÇOIS: Meio milhão de dólares… (sorri).

FERNANDA: (da risada) Abusado…

FRANÇOIS: Pronto senhorita… Acabo de roubar a empresa e passar meio milhão de dólares para a minha conta, agora me ensine a gastar.

FERNANDA: Você não sabe?

FRANÇOIS: Não da maneira que você faz.

FERNANDA: Podemos gastar por diversão, comprar coisas inúteis, ir á restaurantes, bares, jogar cartas…

FRANÇOIS: Você faz tudo isso?

FERNANDA: Faço… (sorri).

JEAN: (entra com Claude) Eu não falei papai… François está roubando a nossa empresa!

FRANÇOIS: (fica sem saber o que fazer, olha Fernanda).

Cena 11

Mansão Gouveia

Sala

GIUSEPPE: Rayssa está demorando.

GIANE: (sentada) Calma papai, daqui a pouco ela chega, e espero que não venha implicar comigo.

GIUSEPPE: Caso ela faça isso fique quieta, afinal ela tem motivos para implicar com você.

RAYSSA: (entra, sorri, abraça Giuseppe) Papai! Estava morrendo de saudades!

GIUSEPPE: (abraçado com Rayssa) Eu também meu amor! (a olha sorri) Você está linda!

RAYSSA: Obrigada! (olha em volta) E Fernanda?

GIUSEPPE: Está em Paris meu amor.

RAYSSA: (sorri) Então eu conto a novidade á ela quando ela voltar.

GIANE: (olha Rayssa).

GIUSEPPE: Mas vai contar para mim agora não é? Estou curioso.

RAYSSA: (olha Giane sorri) Claro que vou contar… (segura às mãos de Giuseppe, o olha muito sorri) Você vai ser vovô!

GIANE: (se levanta olhando Rayssa) Como é?…

RAYSSA: É isso mesmo Giane… Eu estou grávida.

GIUSEPPE: (fica feliz, abraça Rayssa) Meu amor! Isso é incrível! (a olha, pensativo) Espera… Quem é o pai?

RAYSSA: (olha Giane sorri) Sérgio… Eu estou grávida de Sérgio.

GIANE: (fica com vontade de chorar, com raiva).


FIM DE CAPÍTULO 


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s