Insensatez – capítulo 25 (últimas semanas)

Sensualidade-Seducao


Personagens:
Giuseppe Gouveia
Giane Gouveia
Fernanda Gouveia
Rayssa Gouveia
Francisco Gouveia
Amon Gouveia
Camilla Gouveia
Amelie Fontana
Sérgio Ramos
Marcos Rodrigues
Vânia Rodrigues
Roberto Carvalho
Marta
Thamires Lima
François Le Blanc
Monique Le Blanc
Claude Le Blanc
Cecile Le Blanc
Jean Le Blanc
Gabrielle Le Blanc



Capítulo 25
Cena 1
França/Paris
Bar
FERNANDA: (beijando François, se afasta o olha muito) Eu quero que você pare de fazer isso…
FRANÇOIS: (sorri) Você me beija também… Eu acho que você gosta de mim.
FERNANDA: (da risada) Essa foi a melhor piada que você já me contou, nada em você me agrada.
FRANÇOIS: Eu sei que te agrado… (sorri).
FERNANDA: Deixa de dizer bobagens… Agora eu quero experimentar outra bebida… (olha François sorri) Tequila.
FRANÇOIS: (da risada) Você vai tomar Tequila e passar mal.
FERNANDA: Eu gostaria de correr esse risco.
FRANÇOIS: (sorri) Está bem cherie… (pede tequila ao garçom, olha Fernanda) O que você gostaria de fazer que nunca fez?
FERNANDA: Eu sempre agi pela razão… Quando agi pela emoção me dei mal… Então não gostaria de fazer nada além das coisas que já fiz.
FRANÇOIS: Como são as suas irmãs? O que elas fazem?
FERNANDA: Giane e Rayssa são diferentes de mim, elas fazem o que bem entendem e da maneira que quiserem, elas causam problemas demais ao meu pai, daí eu tenho que ir e concertar tudo.
FRANÇOIS: (olhando Fernanda) Está errado… Você não deve concertar os supostos erros de ninguém, para elas não são erros, são escolhas cherie, e você escolheu ser a filha perfeita do seu pai, aquela que está sempre disposta para tudo, seja na empresa ou em casa, é isso que você tem que mudar. (o garçom coloca a tequila no balão).
FERNANDA: (pega um copo).
FRANÇOIS: (sorri) Você sabe como se bebe tequila?
FERNANDA: Sei… Tem que colocar sal na boca e virar ela de uma vez.
FRANÇOIS: (pega um copo sorri) Então… Um brinde á você cherie. (coloca sal na boca, vira de uma vez a tequila).
FERNANDA: (coloca sal na boca, vira de uma vez a tequila) Nossa! (da risada) Forte! Adorei quero mais uma.
FRANÇOIS: Tequila não é água cherie, se você tomar mais, vai ficar bêbada.
FERNANDA: (sorri) Você disse que eu poderia fazer tudo aquilo que tenho vontade… Nunca pude tomar tequila…
FRANÇOIS: Você está certa. (pede mais uma tequila ao garçom).
Cena 2
Brasil/São Paulo
Mansão Gouveia
RAYSSA: (entra com Francisco) Uma pena papai ter ficado lá…
FRANCISCO: Eu conhecendo o seu pai, ele só volta pra cá com Fernanda.
RAYSSA: (se senta) Verdade…
GIANE: (desce as escadas, se aproxima de Rayssa) Escuta aqui! Você não vai ganhar Sérgio fazendo chantagem barata!
RAYSSA: Fica longe de mim Giane, você me pegou desprevenida, mas agora se você tentar qualquer coisa eu vou bater em você!
FRANCISCO:Giane você está ficando obsecada por esse rapaz.
GIANE: Não é isso! É que Rayssa quer tirar Sérgio de mim! Ela disse para ele escolher entre esse bebe e eu!
FRANCISCO: Rayssa… Se Sérgio não te ama, você nunca vai ser feliz com ele.
RAYSSA: Vou ser feliz em saber que Giane não me venceu.
GIANE: (fica com raiva) Eu vou acabar com você!
FRANCISCO: Não vai não, para com isso Giane, vem comigo. (sobe as escadas com Giane).
Cena 3
Suíte de Giane
GIANE: (entra, esta nervosa).
FRANCISCO: Giane, se você der importância á tudo que Rayssa fizer á partir de agora, ela não vai parar.
GIANE: Você acha?…
FRANCISCO: Eu tenho certeza, você não viu como ela está feliz.
GIANE: Tem razão… (olha Francisco) Eu nunca imaginei que você um dia… Me ajudaria com Sérgio.
FRANCISCO: (sorri) Eu já disse, estou muito bem com Amelie.
GIANE: (olhando Francisco, se aproxima) Tudo isso está me deixando muito carente… Eu sinto falta do seu abraço… Só você me abraça e as coisas ruins passam.
FRANCISCO: Eu posso te abraçar Giane, somos amigos. (sorri).
GIANE: (sorri, abraça Francisco).
FRANCISCO: (fecha os olhos abraçando Giane).
GIANE: (abraçada) Como eu gosto disso… (olha muito Francisco, o beija).
FRANCISCO: (beija Giane com amor, a olha muito).
GIANE: (sorri) Você ainda me ama.
FRANCISCO: (olhando Giane) Não te amo como antes, eu te beijei porque fiquei com pena de te ver assim.
GIANE: (olhando Francisco) Pena?… Você me beijou… Por pena?
FRANCISCO: Sim.
GIANE: (fica com vontade de chorar) Sai daqui… Eu não preciso da sua pena, eu que tenho pena de você!
FRANCISCO: Você queria o que? Que eu estivesse me arrastando aos seus pés? Te amando enquanto você fica com Sérgio? Isso é ser mesquinha demais.
GIANE: Eu não te amo faz tempo… Mas gostava do modo como era tratada por você.
FRANCISCO: (sorri) Eu era um idiota Giane. (sai da suíte).
GIANE: Continua sendo…
Cena 4
Mais Tarde
França/Paris
Hotel Ritz/Recepção
MARCOS: (entra se aproxima da recepção).
RECEPCIONISTA: Seja bem vindo ao Ritz senhor, posso ajudar em alguma coisa?
MARCOS: Eu tenho uma suíte reservada, me chamo Marcos Rodrigues.
RECEPCIONISTA: (verifica no computador, sorri entrega a chave para Marcos) Tenha uma boa estadia.
MARCOS: Obrigado… Eu preciso de uma informação, Fernanda Gouveia está hospedada aqui?
RECEPCIONISTA: (verifica) Está sim.
MARCOS: Você pode me fazer um favor? Diga á Fernanda para ir até a minha suíte.
RECEPCIONISTA: A dona Fernanda não se encontra no momento, mas assim que ela chegar eu passo o recado.
MARCOS: Obrigado… (entra no elevador).
Cena 5
Bar
FERNANDA: (esta alterada por ter bebido muito, da risada olhando François) E eu corri pela fazenda toda na chuva atrás da minha gatinha, adorava ela, toda branquinha!… Eu nunca vou me esquecer daquela sensação, era muito bom o meu tempo de criança… Eu até tive um namoro rápido com Daniel, coisa de criança.
FRANÇOIS: (sorri) Você tem lembranças bonitas… Mas são lembranças…
FERNANDA: O que você quer dizer com isso?
FRANÇOIS: O que eu estou te falando o dia todo…
FERNANDA: Já cansei disso! Você está sendo muito chato! (se levanta).
FRANÇOIS: Não vai embora.
FERNANDA: Não vou embora senhor Le Blanc, eu vou te mostrar que posso fazer coisas que nem você imagina. (sorri, sobe no balcão).
FRANÇOIS: (a observa sorri).
FERNANDA: (começa a dançar sensualmente, olhando François, levanta o vestido lentamente).
FRANÇOIS: (se levanta, pega Fernanda no colo, sorri, a olha muito) Não vou deixar você fazer isso… Não com público… (da risada).
FERNANDA: (sorri, enlaça o pescoço de François) Sabia que você é muito irritante e insuportável?
FRANÇOIS: Sei.
FERNANDA: (olhando François) E que… Alguma coisa em você… Me atrai muito… Muito mais do que Jean… Você é diferente…
FRANÇOIS: (olhando Fernanda) E você é diferente de todas as mulheres que já conheci…
FERNANDA: (sorri) Me coloca no chão senhor Le Blanc.
FRANÇOIS: Não… (sorri, leva Fernanda para o banheiro).
FERNANDA: (da risada) Eu acho que aqui só você pode ficar.
FRANÇOIS: (olhando Fernanda com desejo) Quando alguém te perguntar qual foi o lugar mais inusitado que você fez amor, você vai dizer que foi em um banheiro de bar em Paris…
FERNANDA: (olhando François, ofegante) Isso não é algo que eu faria… (sorri, está alterada por ter bebido muito) Mas não é má ideia…
FRANÇOIS: (beija Fernanda, a coloca no chão, vai ver se tem alguém usando os banheiros, fecha à porta, encosta Fernanda na parede, sorri ofegante) Bendita Tequila… (beija Fernanda com vontade).
Cena 6
Brasil/São Paulo
Cobertura de Sérgio
GIANE: (entra) Eu só vim porque você disse que era importante.
SÉRGIO: (tira uma caixinha do bolso, abre, tem um anel, olha Giane) Eu te amo muito Giane… Você quer casar comigo?
GIANE: (olhando Sérgio, olha o anel, fica emocionada, sorri) Você sabe como contornar as coisas não é?…
SÉRGIO: Eu não quero te perder… Você é muito importante pra mim… Você aceita se casar comigo?
GIANE: (sorri) É claro que eu aceito meu amor. (beija Sérgio).
SÉRGIO: (beijando Giane, a olha sorri, coloca o anel nela a olha muito) O anel não é como eu gostaria de te dar…
GIANE: (interrompendo Sérgio, sorri) É o anel mais lindo e valioso que eu tenho meu amor. (beija Sérgio, o olha muito) Podemos nos casar semana que vem?
SÉRGIO: (sorri) Por mim pode ser amanhã.
GIANE: (beija o pescoço de Sérgio, o olha) Por mim também meu amor, eu gostaria de fazer uma festa enorme, mas o clima que estamos vivendo
não vai dar certo, então faremos uma cerimônia simples, com amigos e parentes mais chegados, e quando der, faço uma festa maior.
SÉRGIO: (beija Giane, sorri) Por mim tudo bem, e eu gostaria de morar aqui com você.
GIANE: (sorri) Perfeito… Vamos ser muito felizes meu amor. (beija Sérgio).
Cena 7
Mansão Gouveia
CAMILLA: (entra).
RAYSSA: (sorri, abraça Camilla) Camilla! Quanto tempo!
CAMILLA: (abraçada) É verdade prima! Estava morrendo de saudades.
RAYSSA: Eu também! Você veio passar uns dias aqui?
CAMILLA: Na verdade eu vim para morar aqui no Brasil, eu sei que vim sem avisar, mas é que as coisas com a minha mãe não estão bem, e eu lembrei do Giuseppe que sempre me tratou muito bem… Será que eu posso ficar uns dias aqui?
RAYSSA: Claro! Papai está no hospital, ele teve um principio de infarto… Mas está fora de perigo, ele vai demorar uns dias para voltar, mas tenho certeza que ele não vai se importar em ter você aqui.
CAMILLA: (sorri) Obrigada! Eu vou fazer de tudo para me instalar o mais rápido possível em outro lugar… Me fala, Giane e Fernanda está ai?
RAYSSA: Não… Fernanda está em Paris e Giane espero que o diabo tenha levado.
CAMILLA: Que horror Rayssa… Por que você está falando assim?
RAYSSA: Eu vou te contar…
Cena 8
França/Paris
Bar/Banheiro
FERNANDA: (encostada na parede, abraçada á François, ofegante, o olha sorri) Essa foi a maior loucura que já fiz…
FRANÇOIS: (beija Fernanda com vontade, a olha muito) Deliciosa…
FERNANDA: (da risada, batem na porta, olha François) É melhor sairmos daqui. (se afasta de François, se arruma).
FRANÇOIS: (se arruma, abre a porta, sai correndo segurando a mão de Fernanda).
FERNANDA: (da risada correndo com François).
Cena 9
Rua
FERNANDA: Você viu a cara deles? (da risada).
FRANÇOIS: (beija Fernanda, a olha) Não… Só estava vendo você cherie. (ouve um trovão) Vai chover…
FERNANDA: (sorri, olha François) Você sabe que eu vou voltar para o Brasil em breve… Não sabe?
FRANÇOIS: Eu vou com você.
FERNANDA: Vai largar tudo aqui?
FRANÇOIS: Vou… Meu pai já me tirou de tudo mesmo. (começa a chover, a olha sorri).
FERNANDA: (sorri, fecha os olhos sentindo a chuva cair em seu rosto).
FRANÇOIS: (a observa sorri, fala no ouvido dela) Não sou um homem romântico… Mas isso está sendo… (beija Fernanda).
FERNANDA: (beijando François, sorri) Acho que por hoje chega senhor Le Blanc.
FRANÇOIS: Eu vou com você… Afinal estamos no mesmo hotel.
FERNANDA: (da risada) Que mundo pequeno não é?
FRANÇOIS: (beijando Fernanda, a olha sorri) Eu quis estar perto de você.
FERNANDA: Você é louco… E eu gosto disso em você senhor Le Blanc.
Cena 10
Alguns Minutos Depois
Hotel Ritz/Recepção
FERNANDA: (entra depressa com François, esta molhada por causa da chuva, da risada) Se eu ficar doente você será o culpado.
MARCOS: (sai do elevador).
FRANÇOIS: Eu cuido de você cherie. (sorri).
FERNANDA: (da risada, olha Marcos, para de rir o olha muito) Marcos…
MARCOS: (olha Fernanda, sorri um pouco).
FRANÇOIS: É Marcos?…
FERNANDA: (sorri olhando Marcos) Sim…
MARCOS: (se aproxima, olha muito Fernanda, coloca o paletó nela) Onde você estava? Está toda encharcada… Pode ficar doente.
FERNANDA: (sorri olhando Marcos) Eu fui dar uma volta com François… E começou a chover…
MARCOS: (ignora François) Eu vim conversar com você… Pode ser agora?
FERNANDA: Claro… Melhor irmos para a minha suíte, eu preciso tirar essa roupa molhada e me secar.
MARCOS: Tudo bem.
FERNANDA: (olha François) Obrigada pelo dia de hoje…
MARCOS: (fica com ciúmes) Quer se despedir do seu amiguinho mais á vontade?
FRANÇOIS: Eu não te dei liberdade para se referir a mim dessa maneira.
MARCOS: (sorri, olha François).
FERNANDA: Não briguem… Vamos Marcos. (vai indo em direção ao elevador com Marcos).
FRANÇOIS: Fernanda…
FERNANDA: (olha François).
FRANÇOIS: Eu é quem agradeço pelo dia cherie. (sorri).
MARCOS: (entra no elevador).
FERNANDA: (sorri para François sem que Marcos veja, entra no elevador).
FRANÇOIS: (fica chateado) Não vou desistir de você…
Cena 11
Mais Tarde
Brasil/São Paulo
Mansão Gouveia
Sala
CAMILLA: Nossa… Olhando assim ninguém diz que Giane é capaz dessas coisas…
RAYSSA: Mas ela é… E agora que eu estou grávida Sérgio vai voltar para mim.
CAMILLA: Rayssa… Mas se ele ama a Giane… Você vai ser infeliz… E você merece encontrar alguém que te ame de verdade.
RAYSSA: Pode ser… Mas esse gostinho de tirar Sérgio de Giane não posso perder.
AMON: (entra) Boa noite.
RAYSSA: Quando os gatos saem os ratos fazem a festa, o que você está fazendo aqui?
AMON: (sorri) Uma recepção assim é sempre gratificante.
CAMILLA: (olha muito Amon, disfarça).
RAYSSA: Você se lembra da Camilla?
AMON: (olha Camilla sorri) Não… Mas é um prazer te conhecer Camilla, eu me chamo Amon.
CAMILLA: (sorri) Obrigada.
AMON: Giane está?
RAYSSA: Não.
AMON: Eu vou esperar por ela na piscina. (sai).
CAMILLA: Rayssa! Que lindo que é esse Amon!
RAYSSA: (sorri) Ele é tão bonito da mesma maneira que não vale nada, cuidado com o Amon, ele gosta da Giane.
CAMILLA: Acho que eu correria o risco.
GIANE: (entra, está feliz).
RAYSSA: Falando no Diabo…
GIANE: (sorri para Camilla) Camilla!
CAMILLA: (se levanta abraça Giane) Eu estava com saudades!
GIANE: Eu também querida! (sorri) Que bom que você está aqui, eu quero te contar uma novidade. (olha Rayssa).
RAYSSA: (olha Giane).
CAMILLA: Sério! (sorri) Adoro saber as novidades.
GIANE: Eu vou me casar. (mostra o anel que está usando) Sérgio me pediu em casamento. (sorri).
RAYSSA: (fica brava, olhando Giane).




Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s