Reviva: Ti-Ti-Ti! Os 30 anos da novela

No último dia 05 (quarta) completou 30 anos da novela Ti-Ti-Ti (1985). 

Com enredo bem-humorado, Ti-Ti-Ti explorava os bastidores do competitivo mundo da moda na capital paulista.


TRAMA PRINCIPAL

Luis Gustavo e Reginaldo Faria em cena de Ti Ti Ti

Ti-Ti-Ti  traz uma trama bem-humorada, ambientada em São Paulo, que tem como fio condutor a rivalidade profissional, familiar e afetiva entre André Spina (Reginaldo Faria) e Ariclenes Martins (Luis Gustavo), ou Ari, como é chamado pelos mais próximos. Os dois eram amigos de infância e sempre brigaram muito, travando incansáveis disputas pelas mesmas namoradas. O tempo passa, e Ariclenes não consegue se estabelecer profissionalmente, ao contrário de André, que se tornou um conceituado costureiro da sociedade paulista, conhecido como Jacques Léclair. Um dia os dois se reencontram e, motivado pela disputa com o inimigo de longa data, Ari resolve entrar no terreno profissional de André, acirrando a rivalidade entre os dois.

Assumindo a personalidade do espanhol Victor Valentim, Ari se infiltra no mundo da moda com o objetivo de revolucionar a alta costura. Quem idealiza seus modelos é Cecília (Nathalia Timberg), uma mulher com problemas mentais que cria figurinos elegantes para vestir suas bonecas. Ari, no entanto, não sabe que Cecília é a mãe desaparecida de André, o que só é revelado no final da trama. Para complicar ainda mais a disputa, os filhos de André e Ari, Valquíria (Malu Mader) e Luti (Cássio Gabus Mendes), se apaixonam, deixando seus pais furiosos. Com a chegada de Victor Valentim, Jacques Léclair vê seu reinado ameaçado. Enquanto o renomado costureiro tem uma linha de roupas mais clássica, Victor Valentim aposta em modelos mais sensuais, o que os coloca em lados opostos.

Jacques Léclair faz o tipo afetado com as clientes e profissionais do ramo, parecendo afeminado. Mas, na realidade, ele mantém uma amante, sua secretária Clotilde (Tânia Alves), com quem realiza as mais engraçadas fantasias sexuais. André tem ainda um caso mal resolvido com Jacqueline (Sandra Bréa), gerente de seu ateliê e seu braço direito no trabalho. Ariclenes, por sua vez, vive uma relação de amor e ódio com a ex-mulher Suzana (Marieta Severo). Editora de uma revista de moda, Suzana se dedicou inteiramente ao trabalho após a separação.

Malu Mader em Ti Ti Ti

Profissionalmente bem estabelecida, Suzana não conseguiu resolver a relação com o ex-marido, e os dois vivem em conflito, o que rende excelentes cenas de humor à novela. Suzana mantém uma ótima relação com o filho, Luti, apesar de ele morar com o pai. Mensalmente, ela dá uma pensão para ele, mas sabe que Ari usa e abusa do dinheiro. Luti é estudante de Belas Artes e procura sempre ajudar nas despesas da casa, mesmo não concordando com a forma com que o pai encara a vida. Ari pede que Luti desenhe os modelos criados por Cecília, e ele não consegue se negar a fazê-lo.

No final da história, depois de muitas brigas e confusões, Jacques Léclair descobre que Victor Valentim não passa de um falsário e resolve desmascará-lo para a imprensa. Porém, ao descobrir que Cecília é sua mãe verdadeira, desiste de prejudicá-lo, já que o rival cuidara tão bem dela. Cecília faz de tudo para conciliar os dois, mas a tentativa é em vão. Até a última cena do último capítulo da novela a rivalidade entre os dois continua, dando a entender que irá durar para sempre.

TRAMAS PARALELAS

A jovem Gabriela

Luis Gustavo e Miriam Rios na 1ª versão de Ti Ti Ti

Entre as tramas paralelas de Ti-Ti-Ti, destaca-se a da personagem Gabriela (Myrian Rios), moça humilde e ingênua que trabalha servindo café no ateliê de Jacques Léclair (Reginaldo Faria). Gabi é seduzida e, em seguida, desprezada pelo filho do patrão, o irresponsável playboy Pedro (Paulo Castelli). Quem não gosta nem um pouco da história é a mãe da jovem, Marta (Aracy Balabanian), com quem o rapaz também tivera um caso. Marta era funcionária do ateliê de Jacques Léclair e acabou perdendo o emprego por conta do rapaz. Quando conhece a bela Gabriela, Pedro investe na moça – como faz com todas as mulheres que trabalham no escritório do pai –, sem desconfiar que ela é filha de Marta. Disposta a se vingar de Pedro, Gabriela se finge de grávida, e a família do rapaz obriga-o a se casar. Ela passa meses afirmando a falsa gravidez e fazendo Pedro passar por muitas humilhações, até que ele se apaixona por ela. Em determinado momento da história, Ariclenes (Luis Gustavo) passa a contar com a ajuda de Marta, que espiona os negócios do rival Jacques Léclair.

FIGURINO E CARACTERIZAÇÃO

Luis Gustavo e Reginaldo Faria

A novela contou com uma supervisão de moda da produtora Nettzy Carvajal e da figurinista Helena Gastal, responsáveis pelos modelos criados pelos costureiros Jacques Léclair (Reginaldo Faria) e Victor Valentim (Luis Gustavo).

CURIOSIDADES

O nome do personagem de Luis Gustavo, Ariclenes, foi uma homenagem do autor Cassiano Gabus Mendes a Lima Duarte, nome verdadeiro do ator.

Nos créditos de abertura da novela, a ordem de aparição dos nomes de Luis Gustavo e Reginaldo Faria era alternada diariamente.

O batom Boka Loka, lançado na novela pelo personagem de Luis Gustavo, fez sucesso com o público feminino e acabou sendo comercializado.

Ti-Ti-Ti marcou a estreia de Tato Gabus Mendes, Guilherme Fontes e Betty Gofman na TV Globo.

Roberto Carlos compôs uma canção especial para a atriz Myrian Rios, sua mulher na época. A música, chamada A Atriz, falava do ciúme que ele tinha das cenas em que ela contracenava com o ator Paulo Castelli, seu par romântico na trama.

Ti-Ti-Ti foi vendida para cerca de 20 países, como Angola, Canadá, Chile, Espanha, Estados Unidos, Nicarágua, Peru e Turquia, entre outros.  – A novela foi reapresentada entre 4 de abril e 21 de outubro de 1988, em Vale a Pena Ver de Novo.

A TV Globo produziu um remake de Ti-Ti-Ti em 2010, com Murilo Benício e Alexandre Borges vivendo os costureiros rivais, respectivamente Victor Valentim e Jacques Léclair. Escrita por Maria Adelaide Amaral, a novela misturava a trama original com a história central de Plumas e Paetés (1980), de Cassiano Gabus Mendes e Silvio de Abreu. A novela foi um grande sucesso.

Luis Gustavo como Mário Fofoca na versão de 2010

Luis Gustavo, que viveu o personagem Ari/Victor Valentim na novela, fez uma participação especial no remake levado ao ar em 2010. O ator viveu o detetive Mário Fofoca, personagem que já havia interpretado com sucesso na novela Elas Por Elas (1982), também de Cassiano Gabus Mendes, e no seriado Mário Fofoca (1983). Sobre seu protagonista na Ti-Ti-Ti exibida em 1985, Luis Gustavo é taxativo: o autor já lhe deu o personagem pronto.

A atriz e modelo Mila Moreira fez uma participação especial na versão de 1985, interpretando ela mesma. Na segunda versão da novela, Mila interpretou a personagem Stela.

Sandra Bréa em cena de Ti Ti Ti

Em Ti-Ti-Ti, Wolf Maya assinou pela primeira vez a direção-geral de uma novela. Em depoimento ao Memória Globo, ele revelou que a ideia era fazer uma história que mostrasse a cara de São Paulo. Segundo o diretor, a boa escalação do elenco foi fundamental para o sucesso da novela. Wolf apostou em nomes como Sandra Bréa e Tânia Alves, geralmente associadas a papéis estereotipados, para viver personagens que carregavam nas tintas humanas.

TRILHA SONORA

A música de abertura, Ti-Ti-Ti, de Rita Lee e Roberto de Carvalho, interpretada pelo grupo Metrô, também ficou marcada na memória do público. Tanto que foi escolhida para a abertura doremake levado ao ar em 2010 – mas, desta vez, cantada pela própria Rita Lee.

Nacional:
Ti Ti Ti – Tema de abertura
Compositores: Rita Lee/ Roberto de Carvalho
Intérprete: Metrô

Já Fui – Tema de Bob
Compositores: Joe Euthanázia
Intérprete: Joe

Não Diga Nada – Tema de Gaby
Compositores: Prêntice/ Ronaldo Bastos/ Ed Wilson/ Gilson
Intérprete: Prêntice

Lobo – Tema de Pedro
Compositores: S. Diamante/ Fernando Sá
Intérprete: Absyntho

Troca Troca – Tema de Walkíria e Luti
Compositores:
Intérprete: The Fevers

Nada por Mim – Tema de Jacqueline
Compositores: Herbert Vianna/ Paula Toller
Intérprete: Marina

Dança das Horas – Tema de Alex
Compositores: Torcuato Mariano/ Cláudio Ribeiro
Intérprete: Marcos Sabino

Manequim – Tema de Jacques
Compositores: Michael Sullivan/ Paulo Massadas
Intérprete: Ney Matogrosso

A Vida é Dura – Tema de Ari
Compositores: Michael Sullivan/ Paulo Massadas
Intérprete: Demônios da Garoa (Partic. especial Benito Di Paula)

Doce Prisão – Tema de Suzana
Compositores: Gonzaguinha
Intérprete: Joanna

Sintonia – Tema de Luti
Compositores: Tunai
Intérprete: Tunai

Dança do Amor – Tema de Clotilde
Compositores: Moraes Moreira/ João Donato
Intérprete: Tânia Alves

Lembranças – Tema de Marta
Compositores: Raul Sampaio/ Benil Santos
Intérprete: Nelson Gonçalves (Partic. especial Martinho da Vila)

Cidade Encantada – Tema de Cecília
Compositores: César Camargo Mariano/ Nelson Ayres
Intérprete: César Camargo Mariano e Nelson Ayres
 
Internacional:
Lover Why – Tema de Gaby e Pedro
Compositores: John Milford/ John Stuart/ John Weysley
Intérprete: Century

Clouds across the Moon
Compositores: Richard Hewson
Intérprete: Rah Band

Body to Body
Compositores: Brian Howard?/ Igor Saulsky
Intérprete: George Valde

Hello Stranger
Compositores: B. Lewis
Intérprete: Carrie Lucas

Good Times
Compositores: G. Anfonso/ R. Fitoussi
Intérprete: F. R. David

Valentin – Tema de Victor Valentim
Compositores:
Intérprete: Tito Velasquez

Rain Forest
Compositores: Paul Hardcastle
Intérprete: Paul Hardcastle

Nothing Rhymed
Compositores: R. O’Sullivan
Intérprete: R. O’Sullivan

Hot Shot
Compositores: Jimmy Cliff
Intérprete: Jimmy Cliff

Hang on to Your Love
Compositores: Adu/ Matthewman
Intérprete: Sade

The Reason Why
Compositores:
Intérprete: Philippe Lawrence

Give a Little Love for Love – Tema de Walkíria e Luti
Compositores: Maurice Starr/ Michael Jonzun
Intérprete: The Stylistics

Does Anybody Know Me? – Tema de Eduarda
Compositores: Steven Greenberg
Intérprete: Lipps Inc.

I’ve Been Alone – Tema de Nicole e Chico
Compositores:
Intérprete: David Bryan

ABERTURA

Hans Donner e sua equipe criaram soluções artesanais para representar o mundo da moda e da alta costura na abertura da novela. Tesouras, lapiseiras e fitas métricas gigantes, feitas de borracha e metal, ganhavam vida independente na tela. As fitas rodavam sobre o papel, as lapiseiras desenhavam vestidos femininos e as tesouras cortavam sedas e cetins. Para dar o efeito desejado, tudo era comandado por manipuladores que usavam ímãs, conduítes de metal e arames. O resultado foi uma abertura dinâmica e divertida, ao som da música Ti-Ti-Ti, de Rita Lee e Roberto de Carvalho, interpretada pelo grupo Metrô.

ELENCO EM ORDEM ALFABÉTICA

Adriano Reys – Adriano
André Chiarelli – participação nos primeiros capítulos
Andréa Sândi – Patrícia
Angela Martins – Enfermeira do sanatório
Aracy Balabanian – Marta
Auricéia Araújo – Empregada de Suzana (Marieta Severo).
Beatriz Lyra
Betty Gofman – Eduarda
Cássio Gabus Mendes – Luti
Chica Dutra – participação nos primeiros capítulos
Claudia Jimenez – Lazinha (participação especial)
Cleide Blota – Lídia
Danilo Barros – Guarda do ateliê de Jacques Léclair (Reginaldo Faria)
Francisco Dantas – Diretor do sanatório, participação nos primeiros capítulos
Guilherme Fontes – Guilherme
José de Abreu – Chico
Julia Lemmertz – jovem Cecília (participação especial)
Juliana Carneiro da Cunha – mãe de Ariclenes (participação especial)
Karen Accioly – Rosário
Keni Castro – Manequim do ateliê de Jacques Léclair (Reginaldo Faria)
Lúcia Alves – Nicole
Luis Gustavo – Ariclenes Martins/ Victor Valentin
Malu Mader – Valquíria
Maria Lucia Dahl – participação nos primeiros capítulos
Marieta Severo – Suzana
Mila Moreira – participação especial
Myrian Rios – Gabriela
Nara de Abreu – Ofélia
Nathalia Timberg – Cecília
Nestor de Montemar – Leitinho
Older Cazarré – Natalino
Paulo Castelli – Pedro
Regina Restelli – Sílvia
Reginaldo Faria – André Spina/ Jacques Léclair
Rejane Goulart – Rejane
Renata Fronzi – participação nos primeiros capítulos
Rodolfo Bottino – Bob/ Lupercínio
Sandra Barsotti – jovem Julia (participação especial)
Sandra Bréa – Jacqueline
Silvana Calabria – participação nos primeiros capítulos
Tânia Alves – Clotilde
Tânia Scher – Madame Machado, participação nos primeiros capítulos
Tato Gabus Mendes – Alex
Telmo Faria – Mordomo de Jacques Léclair (Reginaldo Faria)
Thaís de Campos – Ana Maria
Yara Cortes – Julia



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s