Descaminhos – capítulo 4

11774386_666390326831582_265096495_n


Descaminhos

Novela de Débora Costa


Personagens

Luigi Fiore

Giovanna Fiore

Enrico Salvatore

Paola Fiore

Carlo Mantovani

Mirella Fiore

Vitor Albuquerque

Elis Albuquerque

Jonas Albuquerque

Isaque Munhoz

Susana Albuquerque

José Almeida

Ana Clara Carvalho

Bruno Almeida

Nice Almeida

Silvio Almeida

Helena

Vitório Fiore

Doménica Fiore



Capítulo 4

Cena 1

Mansão Albuquerque

JONAS: Não adianta reclamar Susana, já está tudo acertado.

SUSANA: (grita) Não! Eu não vou permitir que você venda o que é nosso para aquela desgraçada!

ELIS: (entra, olha Jonas e Susana) O que está acontecendo? Ouvi seus gritos lá de fora mamãe.

SUSANA: Seu pai quer vender a nossa empresa para a Giovanna!

JONAS: Não vai adiantar gritar! Eu já decidi! (sobe as escadas).

SUSANA: (está nervosa, pega a bolsa).

ELIS: O que você vai fazer mamãe?

SUSANA: Resolver tudo!

ELIS: Eu não vou deixar você bobagens! Fica calma.

SUSANA: Quem está fazendo bobagem é o seu pai!

ELIS: Vamos resolver isso com calma mamãe.

SUSANA: Não… Tem que ser agora! (vai saindo).

ELIS: Eu vou com você. (sai com Susana).

Cena 2

Estúdio Fotográfico

PAOLA: (está lendo o contrato) Pronto Alexandre, vamos começar hoje?

ALEXANDRE: (olha Paola, sorri) Claro você gostaria de fazer um teste antes?

PAOLA: (olhando Alexandre, sorri) Não… Quero que tudo seja natural.

ALEXANDRE: Então vamos lá… Tenho certeza que as fotos vão sair lindas…

PAOLA: (da risada) Eu também… Vou gostar de fazer essas fotos semi nua… Me fala uma coisa, elas são para revista ou site?

ALEXANDRE: Site, vamos tirar as fotos agora e se saírem boas amanhã já coloco no site.

PAOLA: (sorri) Eu só quero ver no que isso vai dar…

Cena 3

Ind. Alimentícia Fiore/Sala de Giovanna

ISAQUE: Gi… O chefe de produção chegou.

GIOVANNA: Não me chama de Gi! Você não tem mais esse tipo de intimidade comigo.

ISAQUE: Você nunca vai me perdoar?

GIOVANNA: Não! Qual é o nome do funcionário?

ISAQUE: Pedro.

GIOVANNA: Chame ele e Carlo, e ninguém entra aqui até que esse problema tenha se resolvido.

ISAQUE: Tudo bem… (sai).

ENRICO: (entra, olha Giovanna) Com licença…

GIOVANNA: (olha Enrico) O que você está fazendo aqui?

ENRICO: Eu tenho uma coisa importante para falar.

GIOVANNA: Seja o que for, pode esperar.

ENRICO: Não pode… É urgente.

GIOVANNA: Fala logo, e se não for importante você vai trabalhar aqui no fim de semana.

ENRICO: (olhando Giovanna) Os números de vendas não batem com os números de lucros… A empresa vendeu muito e recebeu pouco…

GIOVANNA: (olhando Enrico, sem acreditar) Você está falando que alguém nos roubou?

ENRICO: Sim…

GIOVANNA: (fecha os olhos) Só me faltava essa… (olha Enrico) Depois que eu resolver um problema agora, eu vou na sua sala.

ENRICO: Está bem… E… Desculpa por agora pouco.

GIOVANNA: Tudo bem…

ENRICO: (sai).

GIOVANNA: Eu fico fora seis meses… E tudo vira um caos…

Cena 4

Vila/ Restaurante Mamma Doménica/Cozinha

ANA CLARA: (está cozinhando).

GERENTE: (entra, feliz) Ana Clara! Está tudo saindo muito bem!

ANA CLARA: (sorri) Que bom! As pessoas estão gostando da comida?

GERENTE: Sim! Menina você caiu do céu!

ANA CLARA: (da risada) Não é para tanto…

GERENTE: Bem continue ai, que vou atender os clientes. (sai).

ANA CLARA: (volta a cozinhar).

Cena 5

Hospital/Quarto de Doménica

ENZO: (entra com um buque de flores na mão, sorri) Olha o que eu trouxe para a mamma mais linda do mundo!

DOMÉNICA: (sorri) Meu querido…

ENZO: (se aproxima beija o rosto de Doménica) Eu soube da novidade! Você está melhorando!

DOMÉNICA: (sorri) Sim… Você pediu e Deus te ouviu meu querido.

ENZO: (sorri) Ele viu que sem você não vivo! (beija o rosto de Doménica).

LUIGI: (entra).

ENZO: (olha Luigi) Oi…

LUIGI: Oi…

DOMÉNICA: Vocês ainda estão brigados?…

ENZO: (olhando Luigi) Eu quero pedir desculpa… Por tudo que aconteceu…

LUIGI: (olhando Enzo)… Está bem… Pare de aprontar Enzo… Já está na hora e peça desculpas á sua irmã.

ENZO: Não… Para ela não… E parar com tudo que faço e gosto… Assim de uma vez não dá…

LUIGI: Eu já esperava por isso…

DOMÉNICA: (da risada) Deixa o menino Luigi.

LUIGI: (sorri) Já podemos ir para a casa.

ENZO: Eu vou levar a mamma na minha moto! (sorri).

DOMÉNICA: (da risada).

LUIGI: Ficou louco? Nem pensar.

ENZO: (sorri) Fica para outro dia então mamma, vou te levar para dar uma volta na minha moto.

DOMÉNICA: Eu vou cobrar querido… (sorri).

Cena 6

Ind. Alimentícia Fiore/Sala de Giovanna

(estão presentes, Pedro, Carlo e Giovanna).

PEDRO: Dona Giovanna eu não sei como isso aconteceu… Sempre olho as datas dos produtos antes de mandar para os mercados…

GIOVANNA: Você foi irresponsável! Sabe o que isso pode causar em nossa imagem? Quanto nossos produtos podem cair?

PEDRO: Eu sinto muito… Isso não vai mais acontecer…

GIOVANNA: De fato não vai, você está demitido.

PEDRO: (olhando Giovanna) Dona Giovanna…

GIOVANNA: Não quero mais falar com você, acerte tudo com Carlo.

PEDRO: Eu tenho filhos…

GIOVANNA: Não é problema meu! Você cometeu um erro e deve pagar por ele, agora pode se retirar.

PEDRO: (olha Giovanna com raiva)… Está bem… Não trabalho mais aqui não é… Então eu posso falar que penso de você!

CARLO: Não pode não, porque daí você vai sair daqui e ir para o hospital, Giovanna é administradora daqui e minha cunhada, se não respeitar ela eu te quebro.

GIOVANNA: Carlo…

PEDRO: (olhando Giovanna com raiva)… É melhor você tomar cuidado… (sai).

GIOVANNA: (olha Carlo, sorri) Obrigada por me defender… Mas não faça isso de novo, ou então todo mundo vai achar que tenho proteção demais aqui.

CARLO: (sorri) Está bem… Mas que eu daria um soco nele… Eu daria…

GIOVANNA: (sorri) Chama o Enrico aqui.

SUSANA: (invade a sala de Giovanna).

SECRETÁRIA: (entra junto, nervosa) Dona Giovanna eu tentei impedir ela…

SUSANA: Não saio daqui sem falar com você!

GIOVANNA: (se levanta, encara Susana, altiva) Para você ter vindo até aqui deve ser muito importante o que você tem para me dizer…

SUSANA: Enquanto ele estiver aqui eu não falo…

GIOVANNA: (olha Carlo) Pode sair Carlo… Assim que terminar aqui quero falar com Enrico… (olha a secretária) Pode ir também.

CARLO: Qualquer coisa me chama. (sai com a secretária).

GIOVANNA: (se senta, olha Susana) Pode falar…

SUSANA: Você nunca vai ter a empresa da minha família! Pare de tentar comprar!

GIOVANNA: (sorri) Se você veio por isso… Perdeu seu tempo…

SUSANA: (olhando Giovanna com raiva) Você não vai ter nada nosso!

GIOVANNA: (sorri, olha Susana nos olhos) Susana… Já estou negociando com Jonas, é praticamente um negócio fechado.

SUSANA: Você está fazendo de propósito! Quer se vingar pelo seu pai!

GIOVANNA: Meu pai já me contou muitas histórias sobre o que sua família e você… Quando era mais jovem fizeram a ele…

SUSANA: Eu nunca fiz nada contra Luigi!

GIOVANNA: Fez sim! Babbo já me contou que você o tratava como verme!… Não quero mais falar com você, já perdi tempo demais e preciso trabalhar.

SUSANA: Eu já vou… Mas quero que você saiba que nunca vai ter nada nosso! (sai).

GIOVANNA: (sorri) Você não perde por esperar…

Cena 7

Estúdio Fotográfico

PAOLA: (está fazendo a sessão de fotos semi nua, as fotos estão saindo bonitas).

ALEXANDRE: (se aproxima de Paola) Paola, tenho certeza que essa é uma das melhores sessão de fotos que já fiz! Você está lindíssima.

PAOLA: (sorri) Obrigada Alexandre… Estou adorando isso! Não vejo a hora de ver as fotos prontas.

ALEXANDRE: (olhando Paola) Vamos fazer mais algumas fotos e… Você quer tomar alguma coisa comigo depois?

PAOLA: (olhando Alexandre, sedutora) Claro. (sorri).

ALEXANDRE: (sorri) Então vamos fazer mais algumas fotos.

PAOLA: Sabe eu preciso me soltar um pouco mais…

ALEXANDRE: Você precisa de alguma coisa?

PAOLA: (beija Alexandre, o olha sorri) Acho que isso ajuda.

Cena 8

Mansão Albuquerque/Suíte de Jonas

JONAS: (está sentado na poltrona, começa a se lembrar de uma conversa que teve com Giovanna).

GIOVANNA: (deitada ao lado de Jonas, o olha sorri) Eu nunca pensei que fosse gostar de você sabia.

JONAS: (acaricia o rosto de Giovanna) Eu te amo… Quero ficar com você.

GIOVANNA: (sorri) Para isso acontecer temos que resolver algumas coisas, seu casamento é uma delas.

JONAS: Se você quiser me separo hoje de Susana.

GIOVANNA: Ainda não, antes temos que vender seus bens… Sua empresa… Tudo para que você volte a ter uma vida confortável.

JONAS: Depois disso… Você se casa comigo?

GIOVANNA: (olhando Jonas, sorri) Caso meu querido. (beija Jonas).

JONAS: (para de se lembrar, se levanta, vai até o cofre, abre, pega um estojo, abre, tem joias dentro, guarda no bolso, fecha o cofre, se senta, pega o celular, liga para Giovanna, cai na caixa postal, deixa um recado) Giovanna, assim que você ouvir esse recado vá até o meu apartamento, estou te esperando lá, tenho algo para você, te amo. (desliga).

Cena 9

Mansão Fiore/ Sala

MIRELLA: (está sentada no sofá lendo um livro).

EMPREGADA: (se aproxima) Com licença dona Mirella, um rapaz acabou de chegar, disse que se chama Vitório…

MIRELLA: (sorri, se levanta) É meu primo! Deixa ele entrar.

EMPREGADA: (sorri, sai).

VITÓRIO: (entra, sorri, abre os braços para Mirella) Sentiu minha falta?

MIRELLA: (corre para abraçar, Vitório) Claro que senti! (o olha muito, feliz) Você vai ficar quantos dias aqui?

VITÓRIO: (sorri) Eu vim para ficar prima… Vou morar aqui com vocês.

MIRELLA: (olha muito Vitório) Aqui?… Mas… Você já falou com meu pai?

VITÓRIO: Não precisa, eu tenho todo o direito de ficar nessa casa.

MIRELLA: Vitório… Por favor, não arruma confusão…

VITÓRIO: Eu vim atrás do que é meu por direito Mirella… Isso não é confusão, é justiça. (sorri) Onde está a minha tia?

MIRELLA: No hospital… Mas ela já está voltando.

VITÓRIO: Fico feliz, Doménica e muito boa comigo.

ENZO: (entra, olha Vitório)… O que você está fazendo aqui?

VITÓRIO: (sorri) Eu vou tirar uma foto da expressão de cada pessoa que me ver hoje.

ENZO: Se você veio atrás de confusão é melhor ir embora, babbo está ajudando a mamma, ele vai entrar aqui e vai furioso, a mamma não pode ficar nervosa.

VITÓRIO: Então vou fazer surpresa! Eu vou ficar no escritório, não contem que estou aqui, quando Doménica estiver acomodada, digam para Luigi ir até lá. (sorri, entra no escritório).

ENZO: (olhando Mirella)… Pelo menos com Vitório aqui o babbo vai largar do meu pé.

Cena 10

Mais Tarde/Vila

BRUNO: (está entrando na vila).

ANA CLARA: (se aproxima sorri) Oi Bruno.

BRUNO: (sorri) Oi, como vai?

ANA CLARA: (sorri) Ótima!… (olha Bruno sem graça) Bruno… Você foi tão legal comigo desde que cheguei aqui e… Me desculpa pelo que aconteceu ontem, não era a minha intenção causar problemas á você.

BRUNO: Esquece isso Ana Clara, o único culpado foi o José, agora me conta, como foi o primeiro dia no restaurante?

ANA CLARA: (sorri) Melhor do que eu esperava! Acredita que me colocaram para cozinhar e todo mundo gostou!

BRUNO: É mesmo? (sorri, feliz).

ANA CLARA: Sim! O gerente disse que vai conversar com o dono do restaurante, tem uma regra que só italianos podem cozinhar lá.

BRUNO: Eu sei… Mas se eu soubesse que você tinha feito a comida hoje eu teria almoçado lá!

ANA CLARA: Não seja por isso, vem jantar comigo e a Helena. (sorri).

BRUNO: Olha que eu vou hein.

ANA CLARA: Mas é para vir mesmo, está combinado! Até logo. (sorri, sai).

BRUNO: (sorri olhando Ana Clara).

Cena 11

Ind. Alimentícia Fiore/ Sala de Giovanna

ENRICO: (mostrando as planilhas para Giovanna) Viu? Vocês vendem muito e ganham pouco, pelo que entendi isso vem acontecendo há seis meses.

GIOVANNA: Foi o tempo que estive fora… (olhando Enrico) Se ninguém percebeu agora é porque nosso antigo contador está envolvido nisso…

ENRICO: O que você vai fazer?

GIOVANNA: (pensativa) Chamar ele aqui será perda de tempo… Ele não virá se estiver envolvido… Eu vou até ele Enrico… E ele terá que me contar tudo sobre esse desfalque…

Cena 12

Mais Tarde/Mansão Fiore/Sala

LUIGI: (desce as escadas com Mirella) Meu amor que tanto você quer falar comigo?

MIRELLA: (olhando Luigi)… Babbo… O Vitório…

LUIGI: Não me interessa nada dele e você sabe.

MIRELLA: Está te esperando no escritório.

LUIGI: (olha muito Mirella) O que! (vai até o escritório, entra).

VITÓRIO: (esta sentado, sorri, se levanta, abre os braços) Luigi! Quanto tempo tio!

LUIGI: (olha Vitório com raiva).

Fim do Capítulo 


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s