Descaminhos – capítulo 16

11774386_666390326831582_265096495_n


Descaminhos 

Novela de Débora Costa


Capítulo 15

Personagens

Luigi Fiore

Giovanna Fiore

Enrico Salvatore

Paola Fiore

Carlo Mantovani

Mirella Fiore

Vitor Albuquerque

Elis Albuquerque

Jonas Albuquerque

Isaque Munhoz

Susana Albuquerque

José Almeida

Ana Clara Carvalho

Bruno Almeida

Nice Almeida

Silvio Almeida

Helena

Vitório Fiore

Doménica Fiore

PARTICIPAÇÕES:

Sérgio Medeiros – Investigador

Augusto Lopez – Delegado

Rafael Almeida – Policia Militar 



Cena 1

Mansão Fiore/Suíte de Paola

CARLO: Luigi… Eu não tenho para onde ir.

LUIGI: Mas tem dinheiro para arrumar outro lugar, afinal você é meu sócio e ganha um bom dinheiro com as corridas que eu sei.

PAOLA: Entenda Carlo, você está sendo expulso dessa casa. (sorri).

CARLO: (aponta o dedo para Paola) Isso não vai ficar assim! (sai, bate a porta).

LUIGI: (olha Paola) O meu dia está sendo estressante… Você já é uma mulher adulta… Então resolva seus problemas sozinha, porém, não suje o nome da nossa família, pare de ter um homem em cada esquina que é muito feio.

PAOLA: Nossa… Eu não tenho um homem em cada esquina… (olha Luigi) Estou gostando de um só.

LUIGI: Sei… José.

PAOLA: Sim… Não o demita babbo.

LUIGI: Expulsei Carlo dessa casa, mas ele é meu sócio, se eu deixar José lá, eles vão se matar.

PAOLA: Não precisa deixar José na empresa, ele pode resolver tudo daqui mesmo.

LUIGI: Nem pensar… E José tem me ajudado muito…

PAOLA: (olhando Luigi) Então não o demita.

LUIGI: Vou pensar Paola… Você me mete em cada confusão…

PAOLA: (pensativa) Deixa que eu resolvo isso… Vou atrás de Carlo.

LUIGI: Você está louca? Você não disse que ele te bateu?

PAOLA: Bateu mesmo e você viu, mas eu preciso resolver essa história pelo bem de José. (sai).

LUIGI:… Mas… Eu não consigo entender Paola…

Cena 2

Ind. Alimentícia Fiore/Recepção

HELENA: (se aproxima da Recepcionista) Por favor, eu gostaria de falar com Isaque.

RECEPCIONISTA: Claro, seu nome?

HELENA: Helena.

GIOVANNA: (se aproxima, está de saída).

HELENA: (olha muito Giovanna).

GIOVANNA: (olha Helena)… Algum problema?

HELENA: Não… Eu… Vim falar com Isaque.

GIOVANNA: Eu te conheço de algum lugar…

HELENA: Eu sou ex-namorada dele.

GIOVANNA: (sorri) Sim… Me lembrei de você, seja lá o que você tem para falar com Isaque, aqui não é lugar. (coloca os óculos de sol, sai).

HELENA: Antipática…

RECEPCIONISTA: (fala baixo para Helena) É nojenta… Vou chamar Isaque. (sorri).

HELENA: Obrigada.

ISAQUE: (minutos depois, se aproxima de Helena, a olha) O que você quer comigo?

HELENA: (olhando Isaque) Eu tenho uma coisa muito importante para te falar, mas não pode ser aqui.

ISAQUE: Helena eu não tenho tempo para mistérios, fala logo.

HELENA: (olhando Isaque nos olhos) É sobre Mário…

ISAQUE: (fica sério, depois sorri) Nada sobre ele me interessa.

HELENA: Você tem certeza?

ISAQUE: (olha em volta, não vê ninguém, aperta o braço de Helena, fala baixo) Acho bom você sair daqui antes que eu perca a cabeça.

HELENA: Está bem! (se solta) Já que você não quer me ouvir, vou falar com Sérgio, ele sim vai dar atenção ao que tenho á dizer. (vai saindo).

ISAQUE: (segura Helena, sorri) Está bem… Daqui a pouco eu saio… Me espera na casa que morávamos juntos.

HELENA: Eu não tenho mais a chave daquela casa.

ISAQUE: Está com o vizinho.

HELENA: Está bem… Vou para lá agora. (sai).

ISAQUE: (olha em volta, fica sério).

Cena 3

Vila/Rua

JOSÉ: (está se aproximando de sua casa).

ANA CLARA: (está saindo de casa).

JOSÉ: (olha Ana Clara, sorri, se aproxima) Oi.

ANA CLARA: (olha José com raiva, vai saindo).

JOSÉ: Ana Clara… Não fica assim comigo.

ANA CLARA: E você quer que eu fique como! Feliz?

JOSÉ: Deveria… Afinal tivemos uma bela noite juntos. (sorri).

ANA CLARA: (dá um tapa no rosto de José, chora) Nunca mais fale comigo! Você é nojento!

JOSÉ: (com a mão no rosto, olha Ana Clara) Para de fazer escândalo na rua!

ANA CLARA: (olhando José) Você se mostrou tão diferente José… Ou eu que te via como um homem bom… E todo mundo tentando abrir meus olhos, mas não eu estava iludida… Apaixonada…

JOSÉ: Vamos conversar em outro lugar.

ANA CLARA: Não quero falar com você! (entra em casa).

JOSÉ: (sorri) Mas eu quero você de novo e vou ter.

MIRELLA: (se aproxima de José, sorri) Oi.

JOSÉ: (sorri) Mirella, você aqui?

MIRELLA: Sim, eu vim ver o Bruno.

JOSÉ: O meu irmão?

MIRELLA: (sorri) Ele mesmo, marcamos de sair juntos hoje.

JOSÉ: Você que era a amiga de infância dele?

MIRELLA: Eu mesma, você não se lembra dessa época porque nunca queria brincar conosco.

JOSÉ: É… Bruno e eu nunca nos demos bem.

MIRELLA: O que é uma pena… Bem eu vou chamar o Bruno, até logo. (sai).

JOSÉ: Então meu irmãozinho está a fim de dar o golpe do baú também… (da risada).

Cena 4

Mansão Magalhães/Sala

VITÓRIO: (entra).

LUIGI: (se aproxima, está nervoso) Você não vai mais morar nessa casa.

VITÓRIO: (sorri) Você não sabe perder?

LUIGI: (segura Vitório pelo colarinho da camisa) É você que vai perder, igual ao seu pai!

VITÓRIO: (fica com raiva, se solta, da um soco em Luigi).

LUIGI: (cai no chão).

GIOVANNA: (entra, vê Luigi caído, se aproxima dele, se abaixa) Babbo! O que aconteceu?

LUIGI: (limpando o sangue que escorreu da boca, olha Vitório com raiva) É assim que você quer? (se levanta, encara Luigi).

VITÓRIO: (sorri) Está me desafiando velho?

LUIGI: Pega as suas coisas e saia da minha casa!

VITÓRIO: Nossa casa e não vou sair titio… Você vai ter que me engolir. (sorri).

GIOVANNA: Você não é bem vindo nessa casa! Saia de uma vez e nos deixe em paz.

VITÓRIO: Giovanna porque você acha que vou te ouvir? Com licença, vou para meu quarto. (sobe as escadas).

LUIGI: Tem que haver um jeito de tirar esse sujeito dessa casa!

GIOVANNA: Babbo… Precisamos conversar sobre as coisas que Vitório disse sobre você…

LUIGI: (olha Giovanna) Amanhã meu anjo… Hoje tenho um compromisso não posso adiar.

GIOVANNA: (olhando Luigi) Eu também tenho… Amanhã de manhã está bom… Mas quero ouvir a verdade.

Cena 5

Quarto de Carlo

PAOLA: (entra) Eu quero falar com você!

CARLO: Depois de tudo aquilo que você armou quer falar o que?

PAOLA: Quero que você deixe José em paz, ele ajuda nossa empresa, não pode perder o emprego por estar comigo.

CARLO: (se aproxima de Paola) Você gosta mesmo desse pobretão?

PAOLA: Gosto, e você não tem nada com isso…

CARLO: Eu sou seu marido.

PAOLA: Só no papel… Faz tempo que não temos mais nada…

CARLO: (olhando Paola) Diga á seu pai que permita que eu more aqui.

PAOLA: Faço um trato com você… Deixa José trabalhar em paz e eu convenço meu pai a deixar você aqui.

CARLO: Eu quero mais do que isso para aturar aquele sujeito… (beija Paola com vontade).

PAOLA: (retribui o beijo).

CARLO: (beijando Paola).

PAOLA: (se afasta sorri) Você pode ser o que for… Mas beija super bem.

CARLO: (sorri) Ordinária…

PAOLA: Temos um trato?

CARLO: (fica sério) Temos.

PAOLA: (fica feliz) Obrigada! (beija o rosto de Carlo, o olha) E nunca mais encoste em mim, dá próxima vez eu te denuncio á polícia. (sai).

CARLO: (pensativo, pega o celular, disca uns números) Alô, Rogério… Eu quero correr hoje, coloca meu nome ai.

Cena 6

Vila/Casa de Helena/Sala

ANA CLARA: (está sentada pensativa).

HELENA: (entra) Oi, como vai?

ANA CLARA: Oi… Mais ou menos Helena… Encontrei com José e ele foi tão cafajeste…

HELENA: Eu sei, esse é o estilo dele… Mas não vale a pena ficar assim por ele Ana Clara.

ANA CLARA: Verdade… (se levanta) Você já almoçou?

HELENA: Ainda não, mas não vou poder agora, fiquei de ver uma pessoa ainda hoje.

ANA CLARA: (sorri) Está namorando?

HELENA: (da risada) Não, antes fosse, com licença Ana Clara. (vai para o seu quarto).

Cena 7

Quarto de Helena.

HELENA: (se aproxima da cama, pega a carta de Mário embaixo do colchão, pega uma bolsa, coloca dentro, suspira) Espero estar agindo corretamente.

Cena 8

Ind. Alimentícia Fiore

EMILIANO: (se aproxima de Camila) Camila, você acha que Giovanna vai gostar do novo restaurante que abriram no shopping?

CAMILA: (sorri) Não faz muito o estilo dela, odiar ela não vai, mas também não vai amar.

EMILIANO: E qual restaurante você me sugere?

ISAQUE: (se aproxima).

CAMILA: Dona Giovanna gosta de ir em um restaurante que tem no Jardins, eu vou pegar o endereço de lá para você! (vai até a sua mesa).

ISAQUE: Você acha que Giovanna vai querer você?

EMILIANO: (olha Isaque) Não vou perder o meu tempo falando com você.

ISAQUE: Giovanna vai voltar para mim, é só uma questão de tempo.

EMILIANO: (da risada) Ela nunca mais vai voltar com você.

CAMILA: Aqui Emiliano o endereço. (entrega um cartão á Emiliano).

EMILIANO: (pega o cartão sorri) Grazie. (sai).

ISAQUE: Espero que Giovanna não permita que esse imbecil se aproxime dela.

CAMILA: Eles já estão próximos… (vai para sua mesa).

ISAQUE: (fica com raiva).

Cena 9

Mais Tarde/Mansão Fiore/Suíte de Luigi e Doménica

LUIGI: (está se arrumando).

DOMÉNICA: (entra na suíte, sorri) Vai sair amore?

LUIGI: (sorri, olha Doménica) Vou sim, fiquei de jantar com o dono de um supermercado que quer vender nossos produtos.

DOMÉNICA: Isso é muito bom meu querido, se eu não estivesse me sentindo cansada eu iria com você.

LUIGI: Você está bem?

DOMÉNICA: (sorri) Estou sim, deixa te contar uma coisa, esse fim de semana eu convidei a nova cozinheira de um dos nossos restaurantes para preparar nosso jantar.

LUIGI: Por quê?

DOMÉNICA: Porque ela não é italiana, mas ela cozinha muito bem.

LUIGI: Se você aprovou Doménica eu confio em você, por mim tudo bem ela pode vir sim. (sorri).

DOMÉNICA: Que bom meu amor, eu vou tomar banho e descansar um pouquinho. (beija o rosto de Luigi, entra no banheiro).

LUIGI: (pensativo) Eu te amo Doménica… Não posso fazer isso com você… (pega o celular, sai da suíte).

Cena 10

Corredor

LUIGI: (olha em volta, vai para o fundo do corredor, liga para Alanis) Alanis…

ALANIS: (sorri) Oi querido… Não aguentou esperar mais um pouco e quis falar comigo?

LUIGI: Alanis não vou poder te ver hoje.

ALANIS: (fica brava) Escuta aqui Luigi se acha que vai me deixar assim quando quiser está muito enganado! O que aconteceu?

LUIGI: Eu sou um homem casado, não vamos começa nada…

ALANIS: Já começamos… Eu já disse que gosto de você e estou louca ara te ver… Até comprei uma coisa especial ara usar só para você… (sorri).

LUIGI: (sorri) Garota… Você é perigosa…

ALANIS: Sou e se você não vier me ver, eu vou até ai na sua casa te buscar.

LUIGI: (sorri) Não precisa, eu vou te ver… Até logo Alanis. (desliga).

Cena 11

Ind. Alimentícia Fiore

ISAQUE: (se aproxima de Camila) Camila eu preciso que você compre uma passagem de avião para o Rio de Janeiro em meu nome, vou ter que ver meu tio que ficou doente.

CAMILA: Para quando você quer a passagem?

ISAQUE: Hoje mesmo, não posso esperar, vou ter que cancelar alguns compromissos, vou ficar quatro dias lá.

CAMILA: Tudo bem.

ISAQUE: (pega o celular, liga para Helena) Helena vou ter que desmarcar nosso compromisso, surgiu um imprevisto, depois combinamos melhor… Até logo. (desliga).

CAMILA: O que seu tio tem?

ISAQUE: Ele teve um infarto, e sou o único parente que ele tem… Por favor diga á Giovanna que volto em quatro dias, vou deixar algumas coisas na minha sala depois me passa o horário do voo. (sai).

Cena 12

Vila/Sorveteria

ANA CLARA: (está sentada).

JOSÉ: (entra se aproxima, sorri) Ana Clara…

ANA CLARA: Você quer fazer o favor de me deixar em paz.

JOSÉ: (se senta) Eu vim aqui te pedir desculpa… (olha Ana Clara nos olhos) Eu agi mal é que… Eu nunca gostei de alguém como gosto de você e fiquei com medo desse sentimento.

ANA CLARA: (olhando José) Você… Gosta de mim?

JOSÉ: Muito… Como nunca soube gostar de alguém…

ANA CLARA: (fica feliz) Então você estava com medo?

JOSÉ: Muito medo… (segura a mão de Ana Clara) Medo por esse sentimento por você. (sorri).

ANA CLARA: Eu pensei tantas coisas ruins de você.

JOSÉ: Eu sei, deveria ter agido de outra forma… Você me perdoa?

ANA CLARA: (olhando José) Perdoo…

JOSÉ: (sorri) Muito obrigado Ana Clara!… Amo você… (beija Ana Clara).

PAOLA: (entra na sorveteria, se aproxima, tira os óculos de sol) Então eu venho aqui te procurar e te encontro aos beijos com essa… Fulana. (olha José com raiva).

JOSÉ: (se levanta, assustado) Paola!

ANA CLARA: (se levanta) Quem é essa?

PAOLA: (encara Ana Clara) Eu sou Paola Fiore, e você por que estava beijando o meu namorado!

ANA CLARA: (olha muito José) Do que ela está falando?

JOSÉ: É melhor as duas se acalmarem.

PAOLA: Fala pra ela José! Fala que nós estamos juntos!

ANA CLARA: (fica com vontade de chorar) José… E as coisas que você me disse?

JOSÉ: (olha Ana Clara) Eu disse aquelas coisas brincando… Eu estou namorando com Paola.

ANA CLARA: (chora).

PAOLA: (sorri, mede Ana Clara de cima abaixo) Não chore, vai te deixar ainda mais ridícula.

ANA CLARA: (sai correndo da sorveteria).

PAOLA: (olha José com raiva) O que você tem pra me dizer?

JOSÉ: Vamos conversar na minha casa por favor.

PAOLA: Vamos… E espero ouvir a verdade, sou um radar querido, sei quando mentem pra mim. (vai com José).

Cena 13

Rua

ANA CLARA: (para em frente a cada de Helena, chorando).

VICENTE: (se aproxima) Ana Clara… O que foi?

ANA CLARA: (abraça Vicente) Eu sou uma idiota Vicente!

VICENTE: Fica calma… Vem comigo. (sai com Ana Clara).

Cena 14

Shopping

CARLO: (está andando pelo shopping).

MANUELLA: (se aproxima) Carlo…

CARLO: (olha Manuella, sorri) Oi… Tudo bem?

MANUELLA: Sim e você?

CARLO: Bem, eu vim aqui para comprar uma camiseta para a corrida de hoje, cansei das que tenho, e olha que algumas nem usei.

MANUELLA: (sorri) Precisa de ajuda para escolher?

CARLO: Está tão na cara assim?

MANUELLA: (da risada, olha Carlo) Sim, homens não sabem fazer compras sozinhos.

CARLO: Eu até que sei, principalmente quando é para uma corrida.

MANUELLA: Bem, enquanto eu te ajudo você me fala mais sobre a corrida, gostaria de assistir.

CARLO: (sorri) Está bem.

Cena 15

Vila/Casa de José/Sala

PAOLA: (está batendo em José) É assim que você gosta de mim?

JOSÉ: Calma Paola! Para está me machucando!

PAOLA: É para machucar! Eu venho aqui te contar que não vai ser demitido e te encontro agarrado aquela sem graça! E que coisas você disse a ela?

JOSÉ: Eu transei com ela uma vez e ela achou que eu estava apaixonado por ela como ela está por mim, mas eu disse a verdade que não a amava… Ela ficou furiosa e não quis mais saber de mim e eu disse a mim mesmo que era capaz de transar com ela de novo, e disse que estava com medo do que estava sentindo por ela, essas bobagens que a levariam para a minha cama… Foi isso.

PAOLA: (olhando José) Você a levou para a cama antes ou depois de mim?

JOSÉ: Antes.

PAOLA: (se aproxima de José, o olha nos olhos) Esse seu orgulho de macho me atrai… Mas por que se satisfazer com essa… garota sem sal, se você tem a mim… (beija José).

JOSÉ: (beijando Paola).

PAOLA: (segura o rosto de José) Dessa vez passa… Mas se eu ver vocês juntos de novo, você pode se esquecer de mim.

JOSÉ: Acredito que ela nunca mais vai querer falar comigo… (sorri).

PAOLA: (sorri) Safado… Cachorro…

JOSÉ: (segura Paola pela cintura a beija com vontade).

Cena 16

Á Noite/Mansão Fiore/Sala

GIOVANNA: (está esperando Emiliano).

VITÓRIO: (se aproxima sorri) Nossa… Está linda Gi.

GIOVANNA: Para de me chamar de Gi! E dispenso seus elogios.

VITÓRIO: Antes você gostava… Principalmente quando eu sussurrava em seu ouvido. (sorri).

GIOVANNA: Me deixa em paz Vitório! (vai saindo).

VITÓRIO: (segura Giovanna a olha muito) Você e eu nos damos bem na cama…

GIOVANNA: (dá um tapa no rosto de Vitório).

VITÓRIO: (fica com raiva, segura os braços de Giovanna com força) Você quer o mesmo que eu! (beija Giovanna).

EMILIANO: (entra está com um buquê de flores na mão, vê Vitório beijando Giovanna, fica triste).

Cena 17

Apartamento de Alanis

LUIGI: (toca a campainha).

ALANIS: (abre a porta, está usando uma camisola preta sensual, sorri) Olá.

LUIGI: (entra, sorri, olhando Alanis) É assim que você se veste para jantar?

ALANIS: (sorri, se aproximando de Luigi) É assim que eu vou sempre me vestir pra você. (beija Luigi).

FIM DO CAPÍTULO


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s