Descaminhos – capítulo 27 (últimas semanas)

DescaminhosDescaminhos 

Novela de Débora Costa


Capítulo 27


Personagens

Luigi Fiore

Giovanna Fiore

Enrico Salvatore

Paola Fiore

Carlo Mantovani

Mirella Fiore

Vitor Albuquerque

Elis Albuquerque

Jonas Albuquerque

Isaque Munhoz

Susana Albuquerque

José Almeida

Ana Clara Carvalho

Bruno Almeida

Nice Almeida

Silvio Almeida

Helena

Vitório Fiore

Doménica Fiore

PARTICIPAÇÕES:

Sérgio Medeiros – Investigador

Augusto Lopez – Delegado

Rafael Almeida – Policia Militar 



Cena 1

Hospital/Sala de espera

LUIGI: (está animado) Eu não vejo a hora do médico vir aqui e falar que eu posso ver a minha filha.

ENZO: (sorri) Confesso que foi bom ver ela abrindo os olhos…

LUIGI: (sorri) Giovanna está viva… (o celular toca, pega o aparelho, vê que é Alanis, olha Enzo) Eu vou atender na outra sala Enzo, já volto. (sai).

ENZO: (fica sério).

Cena 2

Sala de Espera

LUIGI: Meu amor eu tenho novidades!

ALANIS: É mesmo querido?

LUIGI: A minha filha acordou!

ALANIS: (não gosta da notícia, finge estar feliz) Que bom Luigi! Mesmo Giovanna não gostando de mim e com toda razão fico feliz.

LUIGI: Eu não posso falar com você agora, mas depois te ligo, até logo meu amor. (desliga).

Cena 3

Apartamento de Alanis

ALANIS: Mas que maldita sortuda essa Giovanna… Vitório não vai gostar nada disso… E nem eu, agora que esse velho está comendo na minha mão, a bela adormecida desperta do coma.

Cena 4

Mansão Fiore/Sala

DOMÉNICA: (está feliz) Giovanna acordou!

MIRELLA: (sorri) Sim mamma! Você vai ver ela vai estar aqui conosco logo.

DOMÉNICA: Avisa ao Emiliano, coitadinho… Ele está tão arrasado…

MIRELLA: Eu vou ligar para ele.

CARLO: (entra).

DOMÉNICA: Carlo, a Giovanna acordou!

CARLO: (sorri) Mas que ótima notícia Doménica!

DOMÉNICA: Agora sim as coisas vão voltar ao normal aqui em casa.

VITÓRIO: (desce as escadas, olha Doménica, sorri) Por que estão tão felizes?

DOMÉNICA: Giovanna acordou!

VITÓRIO: (fica sério, disfarça) Que bom… Bem eu estava de saída, com licença. (sai).

CARLO: Ele não gostou nada da novidade, tentou disfarçar, mas não conseguiu.

DOMÉNICA: Não vejo a hora de Vitório ir embora daqui…

Cena 5

Hospital/Quarto de Giovanna

GIOVANNA: (está dormindo, ainda alguns aparelhos estão ligados a ela).

LUIGI: (entra, se aproxima, a olha sorri,está feliz segura a mão dela) Filha…

GIOVANNA: (acorda,olha Luigi).

LUIGI: (sorri olhando Giovanna) Que bom que você voltou para nós meu anjo… Eu sabia que você iria se recuperar.

GIOVANNA: (olha a mão de Luigi, o olha) Conheço a sua voz… (o olha muito) Mas não o seu rosto.

LUIGI: (olhando Giovanna, sem entender) Você… Não sabe quem sou eu meu amor?

GIOVANNA: (olhando Luigi) Não…

LUIGI: (com vontade de chorar, preocupado) Eu sou seu babbo…

GIOVANNA: (não entende) Meu… O que?

LUIGI: (as lagrimas escorrem) Eu sou seu pai Giovanna…

GIOVANNA: (olhando Luigi) Giovanna… O médico me chamou assim…

LUIGI: (acaricia o rosto de Giovanna, a olha) Você se chama Giovanna Fiore, e eu sou seu pai Luigi Fiore… Você não se lembra de mim minha querida?…

GIOVANNA: (olhando Luigi) Não… Mas a sua voz… Eu ouvia…Você conversava comigo aqui não é?

LUIGI: (sorri) O tempo todo.

GIOVANNA: (o olha, pensativa) Que coisa estranha… O que aconteceu comigo?

LUIGI: Você sofreu um acidente de carro… Você foi seqüestrada e na fuga te fizeram de refém…

GIOVANNA: Nem disso eu me lembro… (o olha) Você pode me falar quem eu sou?… E de quem eram as vozes que eu ouvi?

LUIGI: (puxa uma cadeira se senta ao lado de Giovanna) Claro que falo minha filha… (a olha muito, está preocupado e chateado).

Cena 6

Mais Tarde/Coquetel do lançamento do filme de Paola

JOSÉ: (está bravo).

PAOLA: O que foi José? Por que essa cara?

JOSÉ: E você ainda pergunta? Como você faz essas cenas de sexo assim?

PAOLA: Não começa José, não foi nada de verdade.

JOSÉ: Ah não? O que eu vi foi bem real, não gostei!

PAOLA: (sorri) Ciúmes?

JOSÉ: É mais do que isso, você está comigo… Não é atriz de verdade, foi convidada por causa das fotos que você fez.

PAOLA: (olhando José) Não estou gostando nada da sua atitude.

JOSÉ: Se você não gosta da minha, imagino o que não vai achar da atitude do seu pai quando ele cair na real e ver o que você fez.

PAOLA: Babbo está muito feliz com a recuperação de Giovanna, não vai presta atenção em mim.

DIRETOR DO FILME: (se aproxima, olhando sorridente para Paola) Paola… Todos estão fazendo elogios á sua atuação.

PAOLA: (sorri) Obrigada querido… Deixa te apresentar, esse é José meu namorado.

DIRETOR DO FILME: (aperta a mão de José) Rapaz de sorte, todos os homens aqui queriam ter Paola. (sorri).

JOSÉ: Com licença… (sai).

PAOLA: José… (olha o diretor) Eu já volto. (vai atrás de José).

Rua

JOSÉ: (está com raiva).

PAOLA: José! (o olha muito) O que foi?

JOSÉ: E você ainda pergunta!… Olha Paola… Eu posso ser um homem ganancioso, canalha… Mas não nasci para dividir minha mulher com outro homem.

PAOLA: Assim você me ofende!

JOSÉ: Que ofender Paola?… Você traia o Carlo como quem trocava de roupa, eu aceitei ficar com você porque achei que você gostasse de mim.

PAOLA: E eu gosto!

JOSÉ: Tenho minhas dúvidas…

PAOLA: (olhando José) Agora que meu pai praticamente te colocou no lugar dele na empresa você está a fim de me deixar não é?… Já conseguiu o que queria.

JOSÉ: Não é nada disso!

PAOLA: É sim! (olhando muito José) Eu não trai você, e não foi por falta de oportunidade não, recebi muitas propostas de homens querendo sair comigo… Mas neguei todas porque estou com você.

JOSÉ: Agora você vai ter que escolher Paola, ou você para de fazer esse tipo de filme, ou está tudo acabado entre nós. (entra no carro dele sai).

PAOLA: (com vontade de chorar).

Cena 7

Apartamento de Alanis/Sala

VITÓRIO: Mas que droga! Giovanna não poderia ter acordado!

ALANIS: Eu falei para você dar um jeito e matar ela.

VITÓRIO: E como? Depois do que a Susana fez Luigi colocou segurança até no teto do hospital.

ALANIS: Bem… Agora temos que dar um jeito, Doménica já sabe que eu sou amante de Luigi, mas como aconteceu tudo isso ela ainda não falou com ele… E eu fui uma amante perfeita… (sorri) Cuidei da tristeza do Luigi, não fiquei exigindo beijos nem nada a mais… (acaricia o peito de Vitório) Ouvi ele chorando e contando como ama Giovanna… (da risada).

VITÓRIO: (sorri) Mas que saco isso, você aturou muito.

ALANIS: Muito meu amor, mas valeu a pena, agora Luigi está convencido que eu o amo.

VITÓRIO: Então faz o velho se casar com você.

ALANIS: E como Vitório? Esqueceu que ele já é casado.

VITÓRIO: Não é impossível Luigi se separar… Ainda mais com uma mulher como você para futura esposa. (beija Alanis).

Cena 8

Hospital/Quarto de Giovanna

GIOVANNA: (olhando Luigi) Como eu não me lembro dessas coisas… Dos meus irmãos… Da minha mãe…

LUIGI: Vou conversar com o doutor e vamos fazer de tudo para você se recuperar…

GIOVANNA: Parecia que eu estava sonhando… Ouvi vocês… Sentia… E teve uma pessoa que confortava… Me dizia coisas lindas… Deve ser o meu namorado.

LUIGI: Você quer ver o Emiliano?

GIOVANNA: Quero…

LUIGI: Vou chamar ligar para ele agora… (olhando Giovanna, pensativo).

Cena 9

Vila/Restaurante de Ana Clara

BRUNO: (está recebendo os clientes).

VICENTE: (entra, se aproxima de Bruno) Como estão as coisas aqui concorrente? (sorri).

BRUNO: Melhor não poderia ser! A casa está cheia.

VICENTE: Eu imaginei que os clientes do restaurante estavam aqui, já que lá está vazio.

BRUNO: Vieram atrás da cozinheira. (sorri).

VICENTE: Eu vou lá falar com ela.

Cena 10

COZINHA

ANA CLARA: (está dando algumas ordens aos ajudantes).

VICENTE: (entra, abraça Ana Clara por trás, sorri) É você a ladra dos meus clientes?

ANA CLARA: (sorri se vira de frente para Vicente o beija) Eu não poderia imaginar que começaria tão bem assim.

VICENTE: Eu sim, por isso investi.

ANA CLARA: Bruno me disse que temos reservas para a semana toda.

VICENTE: Fico muito feliz.

ANA CLARA: Eu também, mais do que isso, estou orgulhosa.

VICENTE: Eu vou voltar para o outro restaurante, só vim ver como você estava. (beija Ana Clara sorri) Até mais tarde. (sai).

Cena 11

Rua

JOSÉ: (olha o movimento no novo restaurante, vê Vicente saindo, sorri, entra).

Cena 12

Restaurante

BRUNO: (vê José, se aproxima) José, o que você está fazendo aqui?

JOSÉ: (olhando Bruno) Eu vim aqui comprar pão… Que pergunta mais besta, isso é um restaurante não é? Vim almoçar.

BRUNO: Estamos lotados.

JOSÉ: Se mentir assim para mim eu me sento no balcão, bem perto da cozinha…

BRUNO: Está bem… Eu mostro uma mesa para você.

JOSÉ: (sorri).

Cena 13

Mansão Fiore/Sala

PAOLA: (entra, está com raiva, bate a porta).

DOMÉNICA: Minha filha… O que aconteceu?

PAOLA: José mamma! Ele é um imbecil que não entende nada!

DOMÉNICA: Demorou para você brigar com esse também…

PAOLA: Mamma ele brigou comigo por causa do filme!

CARLO: (entra).

PAOLA: Ele reclamou das cenas que fiz, até ai tudo bem, ciúmes é normal, mas dai me pedir para escolher entre ele e continuar nessa carreira é grotesco!

CARLO: Homem nenhum gosta de levar chifre Paola, quando você vai entender isso?

PAOLA: Eu não traí José!

CARLO: Ainda não… Mas eu te conheço bem e sei que cedo ou tarde você vai fazer e sabe por quê?… Porque você não se prende a ninguém, você não ama Paola, você se apaixona, curte o momento e quando acabar o êxtase, você joga o brinquedo velho fora e pega um novo…

DOMÉNICA: (fica sem graça).

PAOLA: (olhando Carlo, as lagrimas escorrem) Eu não sou assim… Não sou essa mulher vulgar e fria que está descrevendo.

CARLO: É sim e você sabe… Com licença… (sobe as escadas) .

DOMÉNICA: (olhando Paola) Paola… Carlo está certo… Se você gosta desse rapaz, fica com ele, faz alguma coisa certa para o seu bem.

PAOLA: (enxuga as lagrimas com raiva) Carlo não está certo! E ele vai me ouvir! (sobe as escadas).

MIRELLA: (descendo as escadas, quase cai com Paola subindo, se aproxima de Doménica) Nossa, o que aconteceu com ela? Paola quase me derrubou.

DOMÉNICA: Sua sorella não muda… (sorri) Vamos Mirella vamos ver Giovanna.

MIRELLA: (sorri) Vamos. (sai com Doménica).

Cena 15

Quarto de Carlo

CARLO: (está tirando a roupa).

PAOLA: (entra, brava) Escuta aqui Carlo! Você não tem o direito de falar assim comigo!

CARLO: Não bate mais antes de entrar?

PAOLA: (olhando Carlo) Eu não sou como você falou…

CARLO: É sim…

PAOLA: Só porque você está namorando com aquela sonsa não significa que virou um perito no amor. Eu amo José.

CARLO: (olhando Paola) É nisso que você quer acreditar.

PAOLA: Não é!

CARLO: (beija Paola com vontade).

PAOLA: (beijando Carlo).

CARLO: (olha muito Paola) Viu… Você retribuiu meu beijo… Sei o que você quer.

PAOLA: (dá um tapa no rosto de Carlo, o olha muito) Você não sabe de nada!

CARLO: (puxa o cabelo de Paola, segura, a olha, ofegante) Sei exatamente o que você gosta para se acalmar. (beija Paola sem soltar o cabelo dela).

PAOLA: (beijando Carlo).

CARLO: (pega Paola no colo, a leva para a cama).

Cena 16

Mansão Albuquerque/Sala

ELIS: (está sentada separando alguns documentos).

MANUELLA: (se aproxima) Oi Elis, tudo bem?

ELIS: Oi… Mais ou menos viu… Eu estou tentando ver como posso pagar algumas contas.

MANUELLA: Se você precisar de ajuda conte comigo.

ELIS: (olha Manuella) Eu pensei em uma coisa… Vender essa mansão… A minha mãe não vai voltar tão cedo… E mesmo quando ela voltar não vai trazer boas lembranças… Eu quero comprar um apartamento, você dividiria comigo?

MANUELLA: (sorri) Claro! Essa sua idéia é muito boa Elis, pode começar a procurar um apartamento para nós.

ELIS: (sorri) Obrigada Manuella, hoje mesmo vou atrás disso.

MANUELLA: E como andam as coisas para a casa noturna que você vai abrir?

ELIS: Eu já achei um espaço bacana, só tenho que esperar Enzo falar com o pai dele.

MANUELLA: É… Depois do acidente da Giovanna o seu Luigi entrou em coma com ela… Nem na empresa ele aparece, colocou o tal de José no lugar dele.

ELIS: E minha mãe morreu com Vítor… Eu espero que agora todo esse ódio acabe… Já chega de quem não tem culpa pagar pelos erros dos outros.

Cena 17

Hospital/Consultório

MÉDICO: (olhando Luigi) Aparentemente Giovanna está sofrendo de amnésia,o que é normal depois dos traumas que ela teve.

LUIGI: (olhando o médico) Mas ela vai voltar a se lembrar das coisas?

MÉDICO: Isso depende muito de como ela se recupera… A memória dela pode voltar assim como foi embora, ou pode levar meses, anos… Ou que nunca mais volte.

LUIGI: (com vontade de chorar) Giovanna vai se lembrar de tudo tenho certeza, minha filha é forte, inteligente, vai sair dessa situação…

MÉDICO: Nós vamos ajuda – la de toda forma possível.

LUIGI: E o impossível também doutor, eu quero a minha filha curada, mas nem que pra isso eu tenha que pagar um tratamento fora do país.

Cena 18

Quarto de Giovanna

GIOVANNA: (está acordada, pensativa).

EMILIANO: (entra, a olha muito sorri, emocionado).

GIOVANNA: (olhando Emiliano).

EMILIANO: (olhando Giovanna) Meu amor… (segura a mão dela, sorri) Lembra de mim?

GIOVANNA: (olhando Emiliano, fazendo esforço para se lembrar) Não… Mas você é… Meu namorado?

EMILIANO: Sou… Me chamo Emiliano…

GIOVANNA: Não sei quem você é… (fica chateada).

EMILIANO: Não fica assim… (faz carinho nela) Seu pai me disse que você se lembra de vozes e que se lembrou da minha… (sorri).

GIOVANNA: (olhando Emiliano) É… Eu reconheço a sua voz sim… Mas não é a voz que procuro… Você não é a pessoa que conversava comigo e me confortava…

EMILIANO: (olhando Giovanna) Muitas pessoas vieram aqui meu amor, daqui a pouco você descobre de quem é a voz.

LUIGI: (entra com Rodrigo) Com licença Emiliano eu vou te atrapalhar um pouco… (se aproxima de Giovanna, sorri) Giovanna, eu vim te apresentar o doutor Rodrigo Abreu, ele é psicólogo, o melhor do hospital.

RODRIGO: (se aproxima de Giovanna, a olha).

GIOVANNA: (olhando Rodrigo).

LUIGI: Ele vai te ajudar a recuperar a memória.

RODRIGO: Como vai Giovanna?

GIOVANNA: (olha muito Rodrigo, sorri um pouco) Eu te conhecia antes do acidente?

EMILIANO: (observa).

RODRIGO: Não, nós acabamos de nos conhecer.

GIOVANNA: (olhando Rodrigo, sorri) Não… Era você que vinha conversar comigo… É da sua voz que mais me lembro.

RODRIGO: (fica sem graça, sorri um pouco para Giovanna).

EMILIANO: (fica com ciúmes).

Fim do Capítulo  


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s