Daniella Perez é homenageada em pintura de muro em São Paulo

Homenagem 23 anos sem Daniella Perez (Foto: Divulgação)

No próximo dia 28 de dezembro, a morte de Daniella Perez vai completar 23 anos. E, para lembrar a data, um grupo de fãs resolveu homenagear a atriz, filha da autora Gloria Perez. Um retrato dela está sendo pintado pelo artista Gerri Alves em um muro de sete metros de altura no bairro Campo Limpo, na Zona Sul de São Paulo.

Daniella tinha 22 anos quando foi assassinada no Rio de Janeiro pelo ator Guilherme de Pádua, com quem ela formava par romântico na novela “De Corpo e Alma”, escrita por sua mãe. No crime, Guilherme, na época com 23 anos, contou com a ajuda de sua então mulher, Paula Thomaz, de 19 anos e grávida de quatro meses do filho do casal, Felipe.

Homenagem 23 anos sem Daniella Perez (Foto: Divulgação)Segundo atores da novela “De Corpo e Alma”, Guilherme assediava muito Daniella nos bastidores na esperança de que ela, sendo filha da autora, pudesse fazer com que ele ganhasse mais espaço na trama. Pouco antes do crime, no entanto, Guilherme ficou transtornado ao receber o roteiro dos capítulos seguintes e ver que seu papel no folhetim estava cada vez menor.

Daniella foi assassinada com 18 golpes de tesoura e seu corpo foi abandonado em um terreno baldio. Guilherme foi condenado a 19 anos de prisão e, Paula, a 18 anos e seis meses. Ambos, entretanto, saíram da cadeia antes de completarem sete anos de pena, em 1999, em razão da lei que garante liberdade condicional para presidiários com bom comportamento após um terço da sentença ter sido cumprida.

Como a comoção gerada pelo crime foi grande em todo o Brasil, Gloria Perez conseguiu reunir 1,3 milhão de assinaturas para incluir o crime de homicídio qualificado na Lei dos Crimes Hediondos. O crime, no entanto, ocorreu antes da alteração na lei e, por isso, Guilherme e Paula não foram afetados pela mudança.

Este ano, na data de aniversário de Daniella,Gloria fez uma homenagem para a filha nas redes sociais. “Hoje não temos festa: só saudade. São 23 anos sem ela. O mundo mudou tanto e ela não viu. Não conheceu a internet, o celular, os avanços da ciência e da tecnologia, não teve seus filhos nem viu nascer seus sobrinhos – não viveu o que sonhou viver. Para os dois psicopatas, saiu barato”, desabafou.

Homenagem 23 anos sem Daniella Perez (Foto: Divulgação)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s