Ferreto – capítulo 15

 

Ferreto

Série inspirada e baseada no núcleo Ferreto da novela A Próxima Vítima, escrita por Silvio de Abreu com colaboração de Alcides Nogueira e Maria Adelaide Amaral, exibida pela Rede Globo em 1995. A minha intenção ao escrever a série é homenagear os 20 anos da novela, contando o passado das personagens Ferreto, a criação do roteiro e parte do enredo é de minha autoria, coisas ditas na novela pelas personagens formam a composição do enredo. Deixo claro que a Rede Globo, os autores Silvio de Abreu, Alcides Nogueira e Maria Adelaide Amaral, não tem vinculo algum com a série faço por conta própria.

Débora Costa

f6cd271b-38f6-4a3a-90e4-2e707934a674

Capítulo 15

Cena 1

Hotel Lampone – Suíte de Marcelo e Francesca

 

FRANCESCA: (está deitada, abraçada com Marcelo, sorri) Sabia que há tempos não me sentia bem assim.

MARCELO: (sorri, acaricia o rosto de Francesca) E eu nunca me senti assim.

FRANCESCA: (se senta na cama, olha Marcelo) Sínico aposto que você fala isso para Romana.

MARCELO: (olha Francesca) Não, com ela não tenho tempo nem de falar, ela não dá tempo para isso. (sorri).

FRANCESCA: (da tapas no braço de Marcelo, se levanta, está brava) Cretino! Nunca mais me procure!

MARCELO: (da risada, se levanta, abraça Francesca a olha) Calma ainda não terminei de falar, com você é diferente, não é apenas sexo e sim algo a mais, eu sinto algo muito grande por você.

FRANCESCA: (olhando Marcelo, séria) Mentiroso…

MARCELO: Acredite, é verdade Cesca, eu penso em você o tempo todo. (a olha muito) Estou apaixonado por você.

FRANCESCA: (olhando Marcelo) Então deixa Romana… Só assim vou acreditar em você, no seu amor, na sua paixão… Se você for só meu.

MARCELO: (beija Francesca, a olha) Vou deixar, mesmo porque não é justo com ela.

FRANCESCA: (se afasta, anda pela suíte) Se preocupa com ela tanto assim?

MARCELO: Sim, Romana é uma pessoa incrível e não merece ser magoada e nem traída dessa maneira.

FRANCESCA: Eu sei, ela é minha sorella… Sabe Marcelo, gosto da sua sinceridade, isso é importante e assim como você também serei sincera, ou você deixa Romana ainda essa semana, ou pode me esquecer.

MARCELO: (se aproxima de Francesca, a olha muito) Vou deixar porque nunca vou conseguir te esquecer. (beija Francesca).

 

Cena 2

Mansão Ferreto – Sala

 

ELISEO: (entra, está preocupado).

DIVA: (se aproxima).

ELISEO: Filomena veio para cá?

DIVA: Sim senhor, já faz um tempo que a vi chegando, ela foi para o quarto dela.

ELISEO: Eu vou lá falar com ela.

DIVA: Quer que eu te anuncie?

ELISEO: Não. (sobe as escadas).

 

Cena 3

Suíte de Filomena

 

ELISEO: (entra, vê os objetos caídos no chão) Filomena. (a procura, olha em volta) Mas o que aconteceu aqui? (olha a janela aberta, percebe que a grade da sacada caiu se aproxima lentamente da sacada, olha para baixo, vê Filomena caída, sai da suíte correndo).

 

Cena 4

Jardim

 

ELISEO: (se aproxima de Filomena, está nervoso, preocupado, se abaixa, a olha muito) Filomena você está me ouvindo? (segura a mão dela, chora).

DIVA: (se aproxima, fica nervosa, preocupada) Meu Deus o que aconteceu com ela?

ELISEO: (com vontade de chorar) Não sei Diva, o quarto dela está todo revirado, alguém entrou aqui?

DIVA: Não, só o seu Gigio.

ELISEO: Gigio… Você ouviu alguma briga entre os dois?

DIVA: Não, ele foi muito grosso comigo, me pareceu que ele estava bêbado.

ELISEO: Vai chamar rápido uma ambulância, depois vemos isso.

DIVA: (vai rápido para dentro da mansão).

ELISEO: (olha Filomena, acaricia o rosto dela).

FILOMENA: (está desacordada).

ELISEO: (chora, olha para cima) Seu Salvatore eu sei que o senhor a ama, mas eu também deixa ela comigo…

 

Cena 5

Bar

 

GIGIO: (está bebendo, pensativo) O que eu fiz?… Ela me provocou… Será melhor que ela tenha morrido ou do contrário as coisas vão se complicar para mim. (bebe).

 

Cena 6

Mais Tarde – Mansão Ferreto – Sala

 

FRANCESCA: (entra, olha Romana e Diva,sorri) Nossa vocês estão acordadas ainda?

ROMANA: Aconteceu uma tragédia aqui.

FRANCESCA: (fica séria) Que tragédia?

DIVA: Dona Filomena caiu da sacada do quarto dela, seu Eliseo a encontrou e foi com ela para o hospital.

FRANCESCA: (pensativa, preocupada) Eu vou até lá, não sei como você ainda está aqui Romana.

ROMANA: Eu cheguei agora pouco.

FRANCESCA: Então vem comigo!

DIVA: Por favor, qualquer noticia vocês me avisam.

FRANCESCA: Pode deixar, e Gigio?

DIVA: Não sei, ele tinha chegado, estava alterado, mas depois não o vi mais.

FRANCESCA: Quando ele chegar avisa o que aconteceu. (sai com Romana).

 

Cena 7

Hospital – Sala de Espera

 

ELISEO: (está sentado, com a cabeça baixa, preocupado).

MÉDICO: (se aproxima).

ELISEO: (se levanta, olha o médico) Como Filomena está?

MÉDICO: (olha Eliseo) Nós a colocamos em coma induzido devido ao traumatismo craniano que ela sofreu devido a queda, o estado dela é delicado, as próximas vinte e quatro horas vão ser de observação, ela tem que reagir quando a tirarmos do coma.

ELISEO: Eu posso vê – La?

MÉDICO: Quando ela estiver acomodada na U.T. I eu venho te chamar, com licença. (sai).

ELISEO: (se senta, coloca as mãos na cabeça, chora).

 

Cena 8

Dia Seguinte – Mansão Ferreto – Sala

 

LEONEL: (está nervoso, fumando).

GIGIO: (desce as escadas, olha Leonel) Bom dia Léo, o que foi?

LEONEL: Cesca não me deixou ficar no hospital, disse que não é hora de arrumar confusão com Eliseo.

GIGIO: Ela está certa, minha cunhada sofreu um acidente feio, já mandei olharem as grades dos outros quartos para que isso não aconteça mais.

LEONEL: Você vai até o hospital?

GIGIO: Vou, mas não agora, e é melhor você não ir, eu te trago noticias.

LEONEL: Mas que droga! Eu queria ficar lá.

 

Cena 9

Hospital – Sala de Espera

 

ELISEO: (está sentado, pensativo).

FRANCESCA: (se aproxima de Romana) Essa demora está acabando com os meus nervos.

ROMANA: Não adianta ficar assim, temos que esperar o médico chegar e falar se podemos ou não ver Filomena.

MÉDICO: (se aproxima).

ELISEO: (se levanta, olha o médico) Já pode ver Filomena?

MÉDICO: Pode, mas poucos minutos, e um de cada vez.

ROMANA: Pode ir Eliseo, se não você vai ficar aqui como interno por ter um infarto.

ELISEO: (sai com o médico).

FRANCESCA: (olha Romana) Eu não acho que tenha sido um acidente o que aconteceu com Filó…

ROMANA: Eu falei com a Diva, não entrou ninguém em casa, só o quarto dela que estava revirado, pra mim ela resolveu beber e como não está acostumada deu nisso.

FRANCESCA: (olha Romana) Eu acho que ela se jogou.

ROMANA: (sorri) Não me faz rir aqui que é um lugar de silêncio, a troco de que Filomena acabaria com a própria vida?

FRANCESCA: Ontem ela soube que não pode ter filhos…

ROMANA: (olha Francesca) Mesmo assim eu acho que isso não a faria pensar em suicídio, vamos saber o que de fato aconteceu quando ela acordar.

 

Cena 10

  1. T. I.

 

ELISEO: (entra, se aproxima, olha Filomena que está com aparelhos que a fazem respirar ligados a ela, coloca a mão com cuidado sobre a mão dela).

ENFERMEIRA: (entra).

ELISEO: (olha a enfermeira) Ela pode me ouvir?

ENFERMEIRA: (aplicando um remédio no soro) Não sei te informar ao certo, o doutor a colocou em coma induzido, tem pacientes que ouvem sim, com licença. (sai).

ELISEO: (olhando Filomena) Não sei o que aconteceu com você… Mas seja lá o que for você tem que ficar boa. Você tem que reagir amore… Eu te amo. (chora).

 

Cena 11

Frigorífico Ferreto – Sala de Gigio

 

MARCELO: (olhando Gigio) Não vejo como Filomena poderia ter caído da sacada do quarto dela sozinha, alguém deve ter a empurrado.

GIGIO: Acidentes acontecem Marcelo, ela deve ter ido ficar na sacada e caiu, a grade estava solta.

MARCELO: Se ela sabia disso não iria se apoiar na grade.

GIGIO: (nervoso) Não importa o que aconteceu e sim que ela está muito mal no hospital e nós temos muito trabalho aqui.

MARCELO: (olhando Gigio, pensativo) Foi você Gigio?

GIGIO: Eu o que?

MARCELO: Que empurrou Filomena da sacada?

GIGIO: (olha Marcelo com raiva) Nunca mais repita um absurdo desses! Filomena é minha cunhada, convivo há anos com ela e jamais seria capaz de um ato cruel desses!

MARCELO: Tudo bem, não está mais aqui em falou. (vai saindo).

GIGIO: Espera, eu não quero que você comente isso com ninguém, Romana, Leontina, Cesca, ninguém entendeu, se não eu demito você por levantar falso testemunho contra mim, e vá até ao hospital avisar Cesca que o juiz irá á tarde para a mansão para fazer a leitura do testamento do Salvatore, todas as filhas devem estar presentes.

MARCELO: (faz que sim com a cabeça, sai).

GIGIO: (sério, pensativo) Preciso pensar em alguma coisa caso ela sobreviva… Será mais fácil se ela morrer.

 

Cena 12

Mais Tarde – Mansão Ferreto – Escritório

(Romana, Francesca, Carmela e Gigio estão sentados).

 

CARMELA: Assim que isso acabar eu vou ver Filomena, vocês deveriam ter me contado antes o que aconteceu com a minha irmã.

FRANCESCA: Não deu Carmela, foi tudo tão de repente, mas fica calma, Eliseo está no hospital, qualquer coisa ele vai nos avisar.

JUIZ: (entra) Com licença.

GIGIO: Fique á vontade.

JUIZ: (se senta, olha á todos) Todos que eu requisitei estão aqui?

ROMANA: Só falta nossa irmã Filomena, que está internada no hospital, ela sofreu um acidente.

JUIZ: Então vou ler o testamento e tudo que for direcionado a ela vocês comuniquem, vou deixar uma cópia do testamento aqui, vou começar. (abre a pasta onde está o testamento de Salvatore).

GIGIO: (observa, está apreensivo).

JUIZ: (pega quatro envelopes na mão, coloca em cima da mesa) Seu Salvatore deixou essas cartas para cada uma de vocês.

FRANCESCA: (pega os envelopes, separa a carta dela e de Filomena, entrega uma para Romana, outra para Carmela).

CARMELA: (emocionada) Não tivemos muito tempo para nos despedir do babbo, e ler essa carta será como um último adeus.

JUIZ: (pega o testamento, começa a ler)… As ações do frigorífico Ferreto serão divididas igualmente entre minhas filhas, Francesca, Romana, Filomena e Carmela, vinte e cinco por cento para cada uma. Nomeio minha filha Filomena Ferreto como administradora dos negócios e dos bens que tenho em meu nome.

GIGIO: (se levanta, bravo) Isso é um absurdo! Eu deveria ficar á frente de tudo!

FRANCESCA: (olhando Gigio) Não acho, babbo escolheu bem, digo isso por mim, estou acostumada que os outros cuidem do que é meu, e não fazer isso pessoalmente confio em Filomena.

ROMANA: Eu não confio, mas concordo, por enquanto, porque quando me der na telha cuido do que é meu e pronto.

CARMELA: Eu concordo também.

GIGIO: Mas eu não! Eu deveria ficar no lugar de Salvatore!

FRANCESCA: Você não é filho dele Gigio.

GIGIO: Não importa, eu dou a minha vida por tudo isso, e por que me chamaram aqui?

JUIZ: Seu Salvatore te deixou uma quantia em dinheiro.

GIGIO: (olha o juiz) Tem como recorrer ou algo assim?

JUIZ: Não.

ROMANA: Gigio para de escândalo, estava mais no que na cara que babbo faria isso mesmo, não adianta ficar assim.

GIGIO: (com raiva) Verdade… Filomena pode não sair do hospital. (sai).

CARMELA: (assustada) Meu Deus eu não esperava uma atitude dessas de Gigio.

FRANCESCA: Você não o conhece como eu, quando quer, Gigio se transforma em um monstro.

 

Cena 13

Sala

 

GIGIO: (se apóia no sofá, está com raiva).

LEONEL: (se aproxima) O que foi Gigio?

GIGIO: (olha Leonel) Aquela maldita da Filomena se não morrer vai ficar na administração de tudo!

LEONEL: (sério) Natural, afinal ela é filha do Salvatore, e não fale assim dela.

GIGIO: Falo como eu quiser! Vou tomar minhas providencias! (sai).

LEONEL: (sorri) Ela já era interessante antes, agora ficou mais ainda.

 

Cena 14

Entrada da Mansão

 

DESIRÉ: (vê Gigio, se aproxima) Como vai?

GIGIO: Péssimo.

DESIRÉ: Eu percebi, posso saber por quê?

GIGIO: (olhando Desiré, pensativo) Desiré… Você gostaria de me ajudar num plano contra Filomena?

DESIRÉ: (sorri) Mas é claro que sim, qual seria esse plano?

GIGIO: Terminar o que eu comecei…

 

Cena 15

Hospital – Sala de Espera

 

MÉDICO: (se aproxima de Eliseo) Tenho uma boa noticia para você.

ELISEO: Qual?

MÉDICO: Eu tirei os sedativos da paciente e ela está reagindo bem.

ELISEO: (sorri) Ela acordou?

MÉDICO: Ainda não, ela vai voltar aos poucos.

ELISEO: Eu posso entrar?

MÉDICO: Pode.

 

Cena 16

  1. T. I.

 

ELISEO: (entra, se aproxima de Filomena, a olha) É bem melhor sem aqueles aparelhos em você… (segura a mão dela).

FILOMENA: (mexe a mão devagar).

ELISEO: (observa) Filó… Você consegue me ouvir?

FILOMENA: (abre os olhos).

ELISEO: (sorri, feliz) Dio… Como você está se sentindo amore?

FILOMENA: (despertando, olha Eliseo, fala baixo) Com muita dor na cabeça…

ELISEO: Eu vou chamar o médico, você lembra o que aconteceu?

FILOMENA: (olhando Eliseo) Gigio…

ELISEO: O que tem ele?

FILOMENA: (fecha os olhos) Gigio… Me jogou da sacada.

ELISEO: (olha muito Filomena, pasmo).

 

Cena 17

Mansão Ferreto – Escritório

 

FRANCESCA: (está lendo a carta que Salvatore deixou, se emociona).

MARCELO: (entra, a olha sorri) Oi.

FRANCESCA: (enxuga as lagrimas, sorri) Olá…

MARCELO: (se aproxima) Por que está chorando?

FRANCESCA: Pelas coisas lindas que babbo me escreveu.

MARCELO: (sorri) O que ele escreveu?

FRANCESCA: (olhando Marcelo) Muitas coisas, mas entre elas o que mais me chamou a atenção foi a parte que ele disse para que eu sempre siga meu coração, para não ficar presa á algo ruim.

MARCELO: E o que seu coração quer?

FRANCESCA: Você. (beija Marcelo).

MARCELO: (beijando Francesca).

FRANCESCA: (olha Marcelo) Já terminou com Romana?

MARCELO: Ainda não.

FRANCESCA: (empurra Marcelo) Então me procure quando terminar.

MARCELO: (segura Francesca, a beija).

ADALBERTO: (entra, olha Francesca e Marcelo se beijando, fica com raiva) Mas que bela cena.

FRANCESCA: (olha Adalberto assustada, sem saber o que fazer).

MARCELO: (olha calmo para Adalberto, sorri um pouco).

 

Fim do Capítulo

Não Perca

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s