Ferreto – capítulo 19

FERRETO

 

Série inspirada e baseada no núcleo Ferreto da novela A Próxima Vítima, escrita por Silvio de Abreu com colaboração de Alcides Nogueira e Maria Adelaide Amaral, exibida pela Rede Globo em 1995. A minha intenção ao escrever a série é homenagear os 20 anos da novela, contando o passado das personagens Ferreto, a criação do roteiro e parte do enredo é de minha autoria, coisas ditas na novela pelas personagens formam a composição do enredo. Deixo claro que a Rede Globo, os autores Silvio de Abreu, Alcides Nogueira e Maria Adelaide Amaral, não tem vinculo algum com a série faço por conta própria.

Débora Costa

f6cd271b-38f6-4a3a-90e4-2e707934a674

Capítulo 19

Cena 1

Uma Semana Depois – Frigorifico Ferreto

Sala de Gigio

 

GIGIO: (entra, encontra Filomena sentada em seu lugar, a olha) Você aqui? Que horas saiu de casa? Não te vi.

FILOMENA: (olhando Gigio) Não sei por que a surpresa, cedo ou tarde eu teria que vir aqui e assumir a minha posição.

GIGIO: (se aproximando) Pois é, me dá licença por favor, essa cadeira é minha.

FILOMENA: (sorri) Não é mais, sabe qual foi a primeira coisa que fiz quando cheguei aqui hoje? Assinei a sua demissão. (mostra o documento a Gigio).

GIGIO: (fica sério) Você não pode fazer isso, sem mim esse lugar afunda.

FILOMENA: Não seja convencido que ninguém é indispensável meu caro, já tenho um candidato para ocupar o seu lugar.

GIGIO: Quem?

FILOMENA: (pega o telefone) Leontina, pode o mandar entrar. (desliga, olha Gigio) Você já vai saber.

MARCELO: (entra) Com licença.

GIGIO: Depois você volta Marcelo.

FILOMENA: Não, é ele mesmo de quem estava falando.

GIGIO: Você está louca? Marcelo é meu secretário.

FILOMENA: O mundo dá voltas não é, o secretário de hoje pode ser o gerente de uma grande empresa amanhã.

GIGIO: (da um soco na mesa) Até onde você vai levar essa vingança!

FILOMENA: Cuidado, tudo que quebrar vai sair do que vamos te pagar.

GIGIO: Filomena… Podemos conversar sem brigar?

FILOMENA: Não tenho mais nada para falar com você, já pode se retirar, fale com Leontina ela irá lhe pagar tudo direitinho, agora vou falar com Marcelo.

GIGIO: (olhando Filomena com raiva) Isso é sério mesmo?

FILOMENA: Claro, por acaso já me viu brincando com algo assim? Se retire Gigio, tenho coisas para colocar em dia agora que me recuperei totalmente do que você me fez.

GIGIO: Isso não vai ficar assim! (sai, bate a porta).

MARCELO: (olha Filomena, sorri um pouco) Ele ficou bravo.

FILOMENA: É pouco… Enfim, sente – se.

MARCELO: (se senta).

FILOMENA: (o olha) Eu vou te dar uma oportunidade para provar que é capaz de ocupar o lugar de Gigio, não é porque está tendo sabe – se lá o que com Cesca que as coisas serão facilitadas.

MARCELO: E nem quero isso, sei bem da minha capacidade, quando comecei a trabalhar aqui sempre tive em mente mostrar o meu potencial.

FILOMENA: Eu liguei para seus professores e todos me falaram bem de você, já percebi que força de vontade não te falta, então vou te dar dois dias para você convencer um dos sócios que se afastou a voltar, ele se afastou ao saber que uma mulher irá administrar tudo aqui. (entrega a Marcelo uma pasta) Ai está tudo o que precisa.

MARCELO: (pega a pasta, olha Filomena) É só isso que tenho que fazer?

FILOMENA: Sim. Traga – o de volta e você terá o lugar de Gigio.

MARCELO: (se levanta, estende a mão para Filomena) Farei isso.

FILOMENA: (olha a mão de Marcelo, aperta o cumprimentando) Só quero ver.

 

Cena 2

Mais Tarde – Bar

 

GIGIO: (está furioso, bebendo) Maldita, desgraçada! Quebra a cabeça e não morre! Dá próxima vez vai ser tiro! Ótima ideia, aliás, um tiro bem de perto que é para não ter erro.

DETETIVE: (se aproxima, está com uma pasta na mão) Posso me sentar?

GIGIO: Pode… O que tem para mim?

DETETIVE: (se senta, entrega a pasta a Gigio) Eu segui sua esposa a semana toda como combinado, ai está o que você queria.

GIGIO: (abre a pasta, vê fotos de Francesca e Marcelo juntos, em hotel, em bares, clubes, fotos deles se beijando, se levanta, está com ódio) Não pode ser… Os dois me enganando, me traindo! (pega a pasta, fecha, sai furioso).

 

Cena 3

Frigorifico Ferreto – Sala de Filomena

 

FILOMENA: (está lendo uns documentos).

ELISEO: (entra, a olha) Boa tarde, a senhorita está muito ocupada?

FILOMENA: (continua lendo) Na piscina é que não estou…

ELISEO: (se senta) Preciso falar com você.

FILOMENA: (o olha) Não tenho tempo agora, tenho que ver isso antes de ir para a casa.

ELISEO: Então quando você for, vou com você.

FILOMENA: Não vai não, agora me dá licença.

ELISEO: Eu não te fiz nada para me tratar assim, ao contrário você que fez.

FILOMENA: Aqui não é lugar para falar o que acontece na nossa vida particular, mas já que está ai falando feito uma matraca, me atrapalhando, não te fiz nada, só contei a verdade.

ELISEO: Só isso? Pra você é só? Você tem noção do que me disse e como disse?

FILOMENA: De alguma maneira teria que ser.

ELISEO: Eu acho que você me disse aquelas coisas para me afastar de você, porque até agora não te vi com Leonel.

FILOMENA: Não viu porque só agora que pude sair de casa, mas ele estava lá, me visitava todos os dias.

ELISEO: Mentira, Romana me disse que ele não foi porque você pediu.

FILOMENA: Acho que Romana deveria cuidar da vida dela e não da minha e muito menos fazer fofoca.

ELISEO: Fala pra mim Filó… Por que terminar assim nosso noivado? Eu sinto sua falta…

FILOMENA: Quando você sair encosta a porta. (volta a ler os documentos).

ELISEO: (se levanta) Vou estar te esperando… (sai).

FILOMENA: (pensativa).

 

Cena 4

Mansão Ferreto – Sala

 

GIGIO: (entra, bate a porta, olha Romana) Onde está Francesca?

ROMANA: Na piscina… O que aconteceu?

GIGIO: (vai para a piscina).

ROMANA: Eu hein… O que será?

 

Cena 5

Piscina

 

FRANCESCA: (está deitada em uma cadeira, tomando sol).

GIGIO: (puxa o braço de Francesca a levantando da cadeira, tira os óculos de sol dela).

FRANCESCA: O que significa isso Gigio? Está louco?

GIGIO: (abre a pasta, mostra uma foto dela com Marcelo, grita) Essa é sua nova aventura!

FRANCESCA: (olhando a foto, sem saber o que fazer).

GIGIO: (joga as fotos em cima da cadeira) O que tem a dizer!

FRANCESCA: (encara Gigio) Nada, você está vendo o que está acontecendo, Marcelo e eu estamos juntos.

GIGIO: (segura Francesca pelo pescoço) É assim que queria recuperar nosso casamento? Arrumando outro amante!

ROMANA: (se aproxima).

FRANCESCA: (empurra Gigio, o olha) Você não fez nada para me provar que ainda me ama Gigio, ao contrário de Marcelo que deixou Romana por mim!

ROMANA: (se aproxima mais) Como é?…

FRANCESCA: (se assusta ao ver Romana).

GIGIO: (pega uma das fotos, mostra a Romana) É isso Romana, sua irmã e seu namoradinho estavam nos traindo.

ROMANA: (olhando a foto, olha Francesca, fica com vontade de chorar) Como você explica isso?

FRANCESCA: (olhando Romana) Aconteceu Romana…

ROMANA: (da um tapa no rosto de Francesca, está com raiva) Uma coisa dessas não acontece do dia para a noite, eu via o modo como você olhava Marcelo, como você teve coragem… Ele era meu namorado eu o amava!

FRANCESCA: (com a mão no rosto) Acredito que ele não te amava o suficiente, ou até mesmo não amava, nós dois nos apaixonamos.

GIGIO: (com raiva) Você é desprezível Francesca! E ele também, se passando por meu amigo, e me colocando chifres! Mas que fique bem claro, se vocês não terminarem essa aventura eu sou capaz de matar Marcelo! E você sabe que eu nunca blefo. (pega as fotos, vai saindo).

FRANCESCA: Gigio onde você vai? (preocupada).

GIGIO: Não é da sua conta! (sai).

ROMANA: Nunca pensei em passar algo assim… Minha própria irmã me traindo… Me causando esse tipo de dor.

FRANCESCA: Romana… Seja sincera você nunca esteve com alguém muito tempo, nunca amou de verdade.

ROMANA: (olha Francesca) E o único homem que amei você me roubou… (vai saindo, chora, disfarça, olha Francesca) Acha que vai ser feliz em cima da dor que causa nas pessoas? (sai).

FRANCESCA: (pensativa) Ninguém vai impedir que eu viva esse amor com Marcelo… Eu preciso avisar a ele que Gigio já sabe de tudo. (entra).

 

Cena 6

Frigorifico Ferreto – Recepção

 

FILOMENA: (está de saída).

ELISEO: (se aproxima) Vou com você.

FILOMENA: Não.

ELISEO: Vou e ponto.

FILOMENA: (olha Eliseo) O que quer comigo?

ELISEO: Você sabe, quero conversar.

FILOMENA: Está bem, vamos conversar então e depois espero que pare de me atormentar.

GIGIO: (entra, está transtornado) Marcelo está aqui?

FILOMENA: (olhando Gigio) Não.

GIGIO: Onde ele está?

FILOMENA: Eu tenho cara de quem sabe da vida dos funcionários? (coloca os óculos de sol, sai).

ELISEO: (vai com Filomena).

GIGIO: (se aproxima de Leontina) Leontina onde está Marcelo?

LEONTINA: Ele foi para a casa há algum tempo, mas não deve demorar, aconteceu alguma coisa?

MARCELO: (entra).

GIGIO: (vai pra cima de Marcelo, o segura pelo colarinho da camisa, dá um soco no rosto dele) Seu desgraçado! Traidor! (da outro soco).

LEONTINA: (desesperada) Seu Gigio para com isso, por favor.

MARCELO: Me solta Gigio! Não tenho culpa que foi demitido!

GIGIO: Estou falando da minha mulher e do casinho de vocês! (da outro soco em Marcelo, grita) Escuta bem, se afasta de Francesca ou eu acabo com a sua vida moleque! (ofegante, solta Marcelo, sai).

LEONTINA: (ajudando Marcelo) Meu Deus, olha o que ele fez com você Marcelo, vem comigo para fazer uns curativos.

MARCELO: (com raiva) Estou bem… (coloca a mão na boca, está sangrando).

LEONTINA: (olhando Marcelo) O que ele disse é verdade? Você e a dona Francesca tem um caso?

MARCELO: Depois falamos disso… Droga está doendo tudo.

LEONTINA: Vem comigo, vou te levar na enfermaria.

 

Cena 7

Mansão Ferreto – Escritório

 

FRANCESCA: (desliga o telefone, preocupada) Onde será que Marcelo está… Gigio não pode se encontrar com ele.

ROMANA: (entra, olha Francesca).

FRANCESCA: Romana não estou a fim de ouvir você agora, tenho que encontrar Marcelo antes de Gigio.

ROMANA: Do jeito que Gigio saiu daqui já deve ter dado a Marcelo o que ele merece, fico imaginando o que fará com você.

FRANCESCA: (sorri) Nada, sei me defender muito bem.

FILOMENA: (entra, está com Eliseo) Nossa… O que estão fazendo aqui?

FRANCESCA: (olha Filomena) Gigio descobriu o meu relacionamento com Marcelo.

ROMANA: (olha Filomena) Você já sabia?

FILOMENA: Soube não tem muito tempo.

ROMANA: Por que não me disse nada?

FILOMENA: Porque eu estava no hospital e vocês já tinham terminado.

ROMANA: Sabe o que vocês são… Duas malditas cobras! É por isso que coisas ruins acontecem com vocês! (sai).

FRANCESCA: Romana não vai me perdoar tão cedo, isso se perdoar…

FILOMENA: Nos da licença um instante Cesca.

FRANCESCA: Sim, depois quero falar com você. (sai).

ELISEO: Já parou para pensar em uma coisa… Cesca se casou com Gigio deixando Adalberto a ver navios, dai Adalberto deu em cima de você que ficou comigo, então ele se casa com Cacá e se torna amante de Cesca, que o deixou para ficar com Marcelo que era namorado de Romana… Será falta de conhecer outras pessoas ou vocês gostam que fique tudo em família?

FILOMENA: (olha séria para Eliseo) Depois dessa estupidez que fui obrigada a ouvir eu vou para meu quarto e você fica aqui com seus raciocínios inúteis.

ELISEO: Calma, desculpa… Quero falar com você.

FILOMENA: Então fala de uma vez!

ELISEO: Por que me deixou?…

FILOMENA: Ai Dio você está parecendo disco riscado, repete incansavelmente a mesma coisa e já está me irritando.

ELISEO: Então fala que eu paro de perguntar.

FILOMENA: Não há nada o que falar. (vai saindo).

ELISEO: (a segura, a olha) Por que me deixou?

FILOMENA: Por causa de Leonel.

ELISEO: Por que me deixou?

FILOMENA: Para com isso! Coisa chata!

ELISEO: Sou insistente e posso passar o dia na sua cabeça com a mesma pergunta.

FILOMENA: Me solta…

ELISEO: Não até me responder por que me deixou?

FILOMENA: (olhando Eliseo) Deixa isso pra lá, já acabou.

ELISEO: Por…

FILOMENA: (interrompendo Eliseo) Porque eu não posso ter filhos! Eu terminei nosso noivado porque não posso ter filhos! Satisfeito! Agora me deixa em paz!

ELISEO: (a olhando) Só por isso você despedaçou meu coração daquele jeito?

FILOMENA: Você chama algo assim de só?

ELISEO: Sim, porque é o que é para mim, nada demais, as coisas que você me disse doeram muito mais…

FILOMENA: Nada demais… Sei… É que o problema não está em você… E sim em mim.

ELISEO: Sabe qual é o seu problema? Achar que eu me importaria com isso, eu não me importo, te amo e quero me casar com você.

FILOMENA: (olhando Eliseo) Duvido que não se importe.

ELISEO: Eu me importo em não te ter ao meu lado… Volta pra mim, vamos continuar de onde paramos.

FILOMENA: Não… Já disse que não quero mais.

ELISEO: Você me ama?

FILOMENA: Isso não vai servir de nada agora…

ELISEO: Só diz sim ou não.

FILOMENA: Sim, mas não quero me casar, estou decidida… Para de vir aqui, para de me perseguir. (sai).

ELISEO: Não mesmo.

 

Cena 8

Á Noite – Hotel – Suíte de Marcelo e Francesca

 

FRANCESCA: (entra, abraça Marcelo, o olha muito) Meu amor, olha como Gigio te deixou.

MARCELO: Ele Fez isso porque me pegou desprevenido, mas se ele vier de novo vai ficar pior do que me deixou.

FRANCESCA: Eu estive pensando e acho melhor nos afastarmos por um tempo.

MARCELO: Não, agora ele já sabe, temos que lutar para que ele te dê o divórcio.

FRANCESCA: Gigio está fora de si… Se eu travar uma guerra agora podemos sair perdendo, eu preciso de um tempo para acalma – ló e assim tentar pedir o divórcio, ele vai achar que nós não nos vemos mais.

MARCELO: Não gosto da ideia de ficar longe de você.

FRANCESCA: (abraça Marcelo) Eu também não meu amor… Mas é a solução que encontrei… Preciso de um plano para me livrar de Gigio de uma vez por todas.

MARCELO: Quanto tempo vamos ficar separados?

FRANCESCA: (olhando Marcelo, acaricia o rosto dele) Não sei, mas te garanto que será a primeira e única vez que isso vai acontecer, vamos ficar juntos para sempre… Te amo. (beija Marcelo).

 

Cena 9

Mansão Vasconcellos – Sala

 

FILOMENA: (está com Isabela no colo) Eu senti falta dela.

CARMELA: Eu pensei em levar Isabela para você ver o tempo que ficou de recuperação, mas não quis atrapalhar.

FILOMENA: Ela é tão linda.

CARMELA: (sorri) Sim, um anjinho, fica mais um pouco com ela, já volto, vou buscar uma coisa que quero te dar. (sobe as escadas).

FILOMENA: (olhando Isabela).

ADALBERTO: (entra, olha Filomena) Boa noite.

FILOMENA: (olha Adalberto, não responde, volta a olha Isabela).

ADALBERTO: (sorri, se senta ao lado de Filomena) É bom te ver assim sabia, recuperada.

FILOMENA: Você não tem nada para fazer? Me deixa aqui com Isabela.

ADALBERTO: Por que você não gosta de mim? Ainda guarda magoa?

FILOMENA: (sorri um pouco) De você nem isso quero, você é insignificante.

ADALBERTO: (olhando Filomena) Antes você não achava isso, eu sempre te admirei.

FILOMENA: Que antes? Nunca teve antes seu imbecil.

ADALBERTO: (sorri) Nós nos dávamos bem… Isso poderia voltar a acontecer.

FILOMENA: (olha Adalberto) Eu sei porque você está agindo assim, já sabe que Cesca tem outro amante e quer fazer ciúmes nela me usando.

ADALBERTO: Fala baixo… Não quero que Cacá ouça uma coisa dessas.

FILOMENA: É a verdade.

ADALBERTO: Não é… Você deserta muitas coisas em mim que vai de ódio á uma vontade quase que incontrolável de te beijar.

FILOMENA: (coloca Isabela no colo de Adalberto, se levanta) Fique com o ódio porque ai nosso sentimento será mutuo.

CARMELA: (desce as escadas sorrindo) Aqui sorella, quando eu vi esse anel lembrei de você. (entrega uma caixinha para Filomena).

FILOMENA: (pega a caixinha) Grazie Carmela, eu tenho que ir agora, as coisas em casa não estão muito boas.

CARMELA: Por que? O que aconteceu?

FILOMENA: (olha Adalberto) Cesca arrumou um amante e Gigio descobriu e parece que ela está apaixonada por ele.

ADALBERTO: (fica sério).

CARMELA: Dio… E quem é esse amante?

FILOMENA: Marcelo.

CARMELA: Marcelo? Que Marcelo? O namorado da Romana?

FILOMENA: Esse mesmo parece que a coisa entre ele e Cesca é séria.

ADALBERTO: Essa sua irmã não vale nada.

CARMELA: Não sei o que dizer, Romana deve estar arrasada.

FILOMENA: Está… Vou indo sorella, leve Isabela para passar o dia comigo num fim de semana. (sorri, sai).

CARMELA: (olha Adalberto) Amanhã tenho que falar com Romana…

ADALBERTO: (pensativo, com raiva disfarça).

 

Fim do Capítulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s