Anos 80, Trilhas de Ouro: Garçom – Reginaldo Rossi (últimas edições)

disco-de-ouro


Letra: 

Garçom
Aqui, nessa mesa de bar
Você já cansou de escutar
Centenas de casos de amor

Garçom
No bar todo mundo é igual
Meu caso é mais um, é banal
Mas preste atenção, por favor

Saiba que o meu grande amor
Hoje vai se casar
Mandou uma carta pra me avisar
Deixou em pedaços meu coração

E pra matar a tristeza
Só mesa de bar
Quero tomar todas
Vou me embriagar
Se eu pegar no sono
Me deite no chão

Garçom, eu sei
Eu estou enchendo o saco
Mas todo bebum fica chato
Valente, e tem toda a razão

Garçom, mas eu
Eu só quero chorar
Eu vou minha conta pagar
Por isso eu lhe peço atenção

Saiba que o meu grande amor
Hoje vai se casar
Mandou uma carta pra me avisar
Deixou em pedaços meu coração

E pra matar a tristeza
Só mesa de bar
Quero tomar todas
Vou me embriagar
Se eu pegar no sono
Me deite no chão

Saiba que o meu grande amor
Hoje vai se casar
Mandou uma carta pra me avisar
Deixou em pedaços meu coração

E pra matar a tristeza
Só mesa de bar
Quero tomar todas
Vou me embriagar
Se eu pegar no sono
Me deite no chão


Anúncios

Anos 80, Trilhas de Ouro: Muito Estranho – Dalto

disco-de-ouro


Letra: 

Hum! Mas se um dia eu chegar
Muito estranho
Deixa essa água no corpo
Lembrar nosso banho
Hum! Mas se um dia eu chegar
Muito louco
Deixa essa noite saber que um dia
Foi pouco

Cuida bem de mim
Então misture tudo dentro de nós
Porque ninguém vai dormir nosso sonho

Hum! Minha cara, pra que tantos planos?
Se quero te amar e te amar
E te amar muitos anos
Hum ! Quantas vezes eu quis
Ficar solto
Como se fosse uma lua
A brincar no teu rosto

Cuida bem de mim
Então misture tudo dentro de nós
Porque ninguém vai dormir nosso sonho


Anos 80, Trilhas de Ouro: Será – Legião Urbana

disco-de-ouro


Letra: 

Tire suas mãos de mim
Que eu não pertenço a você
Não é me dominando assim
Que você vai me entender
Eu posso estar sozinho
Mas eu sei muito bem onde estou
Você pode até duvidar
Acho que isso não é amor

Será só imaginação?
Será que nada vai acontecer?
Será que é tudo isso em vão?
Será que vamos conseguir vencer?
Ô ô ô ô ô ô ô ô ô

Nos perderemos entre monstros
Da nossa própria criação
Serão noites inteiras
Talvez por medo da escuridão
Ficaremos acordados
Imaginando alguma solução
Pra que esse nosso egoísmo
Não destrua nosso coração

Será só imaginação?
Será que nada vai acontecer?
Será que é tudo isso em vão?
Será que vamos conseguir vencer?
Ô ô ô ô ô ô ô ô ô

Brigar pra quê
Se é sem querer
Quem é que vai nos proteger?
Será que vamos ter
Que responder
Pelos erros a mais
Eu e você?


Anos 80, Trilhas de Ouro: O Que é, o Que é? – Gonzaguinha

disco-de-ouro


Letra: 

Eu fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita

Viver
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita

Viver
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita

E a vida
E a vida o que é?
Diga lá, meu irmão
Ela é a batida de um coração
Ela é uma doce ilusão
Hê! Hô!

E a vida
Ela é maravilha ou é sofrimento?
Ela é alegria ou lamento?
O que é? O que é?
Meu irmão

Há quem fale
Que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota, é um tempo
Que nem dá um segundo

Há quem fale
Que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor

Você diz que é luta e prazer
Ele diz que a vida é viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é
E o verbo é sofrer

Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der, ou puder, ou quiser

Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte

E a pergunta roda
E a cabeça agita
Eu fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita

Viver
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita


Anos 80, Trilhas de Ouro: Nosso Louco Amor – Gang 90

disco-de-ouro

Letra: 

Nosso louco amor
está em seu olhar
quando o adeus
vem nos acompanhar
Sem perdão não há
como aprender e errar
Meu amor,
vem me abandonar

Já foi assim
mares do sul
entre jatos de luz,
beleza sem dor
a vida sexual
dos selvagens
Agora aqui
passou a dor
na rua a luz
da cidade ilumina
nosso louco amor

(trecho cantado utilizando um vocoder)
Nosso louco amor é mais que um lance de dados,
não abolirá nosso caso

Nosso louco amor
está em seu olhar
quando o adeus
vem nos acompanhar
Sem perdão não há
como aprender e errar
Meu amor,
vem me abandonar

Já foi assim
mares do sul
entre jatos de luz,
beleza sem dor
a vida sexual
dos selvagens
É bom saber
voltou a ser
na rua uma
estrela ilumina
nosso louco amor

(trecho cantado utilizando um vocoder)
Nosso louco amor é mais que um lance de dados,
não abolirá nosso caso


Anos 80, Trilhas de Ouro: Conga, Conga, Conga – Gretchen

disco-de-ouro

Letra: 

Conga conga conga
Conga conga conga

Conga la conga
Conga conga conga

Conga la conga
Conga conga conga

Oh, I like dancing everyday
Oh, you and me
Au all the times
El conga la conga quiero bailar
Ai ai ai ai ai ai

Come come on’ and dance
Dance with me
I get you I want you
Oh, my love
I love you I need you
Ah conga oh yeah ai ai ai ai ah

Conga la conga (ai ai ai)
Conga conga conga (si si si)

Conga la conga
Conga conga conga

Conga conga conga
Conga conga conga
Conga conga conga
Conga conga conga

Oh, I like dancing everyday
Oh, you and me
Au all the times
El conga la conga quiero bailar
Ai ai ai ai ai ai

Come come on’ and dance
Dance with me
I get you I want you
Oh, my love
I love you I need you
Ah conga oh yeah ai ai ai ai ah

Conga la conga
Conga conga conga
Conga la conga
Conga conga conga

Conga conga conga
Baila la conga


Anos 80, Trilhas de Ouro: Tudo Pode Mudar – Metrô

disco-de-ouro


Letra:

Nada ultrapassa
A velocidade do amor
Venha de onde vier
Seja como for
Subitamente o tempo
Parece parar
Nada acontece distante
Do teu olhar…

E eu aqui sozinha
Esperando você chegar
Enquanto o digital do relógio
Parece avisar
Ah! Ah!…

Que no balanço das horas
Tudo pode mudar
Que no balanço das horas
Tudo pode mudar…

Eu acho que ele não vem
(Não! Não! Não! Não!)
Ele não vem não!
(Não! Não! Não! Não!)
Ou será que virá?
Ah! Ah! Ah!…

Volto para casa
Fazendo trapaças prá dor
Seja o que Deus quiser
Seja o que for
Me ligo na televisão
Pro tempo passar
Mas todos os anúncios afirmam
Que é bom amar…

E dentro do meu peito
Não tem jeito bate paixão
São dez prá ficar louca
Daqui a pouco posso pirar
Ah! Ah! Uauuu!…

E no balanço das horas
Tudo pode mudar
E no balanço das horas
Tudo pode mudar…

Eu acho que ele não vem
(Não! Não! Não! Não!)
Ele não vem não!
(Não! Não! Não! Não!)
Ou será que virá?
Ah! Ah! Ah!…

E dentro do meu peito
Não tem jeito bate paixão
São dez prá ficar louca
Daqui a pouco posso pirar
Ah! Ah! Uauuu!…

E no balanço das horas
Tudo pode mudar
Oh! Oh!
E no balanço das horas
Tudo pode mudar
Ah! Ah! Au!
E no balanço das horas
Tudo pode mudar
Oh! Oh!
E no balanço das horas
Tudo pode mudar…

Eu acho que ele não vem
(Não! Não! Não! Não!)
Ele não vem não!
(Não! Não! Não! Não!)
Ou será que virá?
Ah! Ah! Ah!
-Sera?