Viva disputa com a Globo a reprise de “Avenida Brasil”

avenida_brasil_2012

Como foi noticiado pelo TeleGlobo, a Globo pretende colocar no ar a reprise da novela“Avenida Brasil”, exibida em 2012 e considerada um dos grandes sucessos dos últimos tempos. Porém, o Viva também já tem planos para a trama de João Emanuel Carneiro na sua programação.

De acordo com a coluna “Zapping”, do jornal ”Agora S. Paulo”, o desejo de ambas acabou criando um impasse entre as emissoras. A prioridade é da TV aberta, no entanto, o canal a cabo pode levar a melhor por causa da classificação indicativa.

Para ser veiculado na faixa da tarde dentro do “Vale A Pena Ver De Novo”, a platinada teria que cortar parte das cenas do folhetim que seriam impróprias para o horário.

Enquanto isso, o Viva pode transmitir as sequências pesadas na íntegra sem precisar readequar a obra.

Anúncios

Globo pretende reprisar “Avenida Brasil” no “Vale a Pena”

Considerada um dos maiores sucessos dos últimos anos,“Avenida Brasil” (2012) já entrou para a história da TV brasileira. Com boa aceitação de público e crítica, a novela de João Emanuel Carneiro pode ganhar uma nova exibição em breve.

De acordo com a jornalista Keila Jimenez, a Globo colocou a trama na lista das possíveis produções para serem reprisadas no “Vale A Pena Ver De Novo” até 2017.

O folhetim também está entre os mais pedidos pelos telespectadores na Central de Atendimento da emissora dos Marinho para que seja veiculado na sessão vespertina.

O enredo sobre a vingança de Nina (Débora Falabella) contra Carminha (Adriana Esteves) já foi comercializado para mais de 130 países.

Globo 50 Anos: Frases no Ar

FRASES NO AR

 Em 26 de abril de 1965, foi ao ar a TV Globo. Era apenas um canal de televisão carioca e contava com o talento e empenho de profissionais que vinham de jornais, rádios, teatro e cinema. Em menos de dez anos, a Globo assumiu a liderança e se tornou uma Rede de televisão com emissoras próprias e afiliadas em todo o país. A Rede Globo, unindo informação e entretenimento, tem acompanhado gerações nos últimos 49 anos. Suas novelas, minisséries, seriados, noticiários, transmissões esportivas, programas humorísticos, infantis, de variedades, auditório, musicais e realities fazem parte da vida dos brasileiros.
Frases no ar vai relembrar momentos emocionantes da televisão. São falas marcantes de personagens, comentários de jornalistas durante uma cobertura, bordões e ironias de humoristas, expressões de alegria na comemoração de uma vitória que serão mostrados e ilustrados aqui no site Memória Globo. Recordações de atores, jornalistas, humoristas, apresentadores, figurinistas, cenógrafos, costureiras e tantos profissionais que trabalham para exibir os programas da Globo. Um passeio pela memória  afetiva do telespectador que, ao longo dos anos, tem sido o personagem central de quase meio século de sucesso.

NOVELAS

st_nio garcia.jpg

st_nio garcia.jpg

carminha.jpg

carminha.jpg

giovanni improtta.jpg

jos_ wilker.jpg

nazar_ tedesco-t_tulo.jpg

nazar_ tedesco.jpg

aguinaldo silva-autor.jpg

Aguinaldo Silva - 488x170.jpg

f_lix.jpg

amor a vida-reduzida.jpg

deus nos acuda-cr.jpg

Deus nos acuda-reduzida.jpg

JORNALISMO

ibrahim sued.jpg

divis_o de artes-4.jpg

eron domingues-sobre nixon.jpg

divis_o de artes-4.jpg

Alfredo Marsillac_diretor de corte do JN__ArmandoNgueira_diretor de jornalismo_eNilson Viana _editor do JN_na ilha de edi__odoJornal Nacional-488x170.jpg

Armando Nogueira, diretor de Jornalismo entre 1966-1990, após o lançamento do Jornal Nacional. 
divis_o de artes-4.jpg

Pedro Bial - 488x170.jpg

Pedro Bial, jornalista, durante a cobertura do fim da União Soviética, no Globo Repórter, em 1991.

ESPORTE

geraldo jos_-reduzida.jpg

Geraldo José de Almeida, locutor esportivo, em narração de jogos da Copa do México, em 1970

divis_o de artes-4.jpg

galv_o bueno - 4- reduzida.jpg

Galvão Bueno, locutor esportivo, sobre a cena clássica na final da Copa do Mundo dos Estados Unidos, em 1994. 

HUMOR

zeca bordoada.jpg

guilherme karan.jpg

saraiva.jpg

zorra total-reduzida.jpg

bento carneiro-t_.jpg

bento carneiro-reduzido.jpg
z_ da galera tira.jpg

z_ da galera.jpg

AUDITÓRIO E VARIEDADES

cassino do chacrinha.jpg

chacrinha - 488x170.jpg


Personagens Inesquecíveis: Carminha – Avenida Brasil

“É tudo culpa da Rita!” que não se lembra dessa frase? Repetida diversas vezes por Carminha (Adriana Esteves) em Avenida Brasil (2012). Relembre a personagem.

É a grande vilã da história, uma mulher fria e ambiciosa, filha de Santiago (Juca de Oliveira). No começo da novela, está casada com Genésio (Tony Ramos) e mantém um caso com Max (Marcello Novaes). Depois de viúva, manda sua enteada Rita (Mel Maia) para um lixão e se casa com Tufão (Murilo Benício), um famoso jogador de futebol. É mãe de Batata / Jorginho (Bernardo Simões / Cauã Reymond) e Ágata (Ana Karolina), frutos de seu caso com Max. No decorrer da novela, enfrenta o plano de vingança de Rita, que agora se chama Nina (Débora Falabella). Termina a novela presa.

  

RELEMBRE MOMENTOS DA PERSONAGEM:

Reviva: Assassinatos das novela – relembre seis crimes que marcaram a telinha

Flora - A Favorita  (Foto: Vídeo Show / TV Globo)

Com um enredo eletrizante, a novela A Favorita (2008), escrita por João Emanuel Carneiro colocou na galeria dos maiores assassinos a dissimulada Flora (Patrícia Pillar). Outros personagens também deixaram suas marcas registradas por diferentes crimes que cometeram. Vamos relembrar seis outros assassinatos que também deram o que falar.

Vale Tudo (1988) até hoje é lembrada pela frase: “Quem matou  Odete Roitman?”. A presidente do grupo Almeida Roitman foi assassinada nos últimos capítulos da trama, gerando expectativas para saber quem havia cometido o crime. Leila (Cássia Kiss) foi a responsável por dar fim à vida de uma das personagens mais marcantes da dramaturgia.

Em Avenida Brasil (2012), a megera Carminha (Adriana Esteves), além de amaldiçoar a família Tufão com suas crueldades, foi responsável pelo assassinato de Max (Marcello Novaes). Na acareação, ela aparece repentinamente na sala do delegado para assumir a culpa pela morte do amante.

Em O Astro (2011), muita gente queria ver Salomão Hayalla morto, mas só uma pessoa foi capaz de cometer o crime. Na festa oferecida pelo próprio Hayalla.

Em A Próxima Vítima (1995), diferentes crimes marcaram a trama. Aparentemente inexplicáveis e sem conexão entre si, as mortes começam a gerar desconfiança e a suspeita de que existia um assassino em série. Adalberto (Cecil Thiré) foi o responsável pelas mortes da trama.

Em Da Cor do Pecado (2004), duas mortes aconteceram em minutos. Após dar um tiro em Tony (Guilherme Weber), Barbara (Giovanna Antonelli) decide também terminar com a própria vida se jogando de um precipício. Nem mesmo os suplícios de Paco (Reynaldo Gianecchini)  evitaram o crime.

Um crime passional marcou a trama de Gabriela (2012). Jesuíno (José Wilker) não pestanejou ao flagrar Sinhazinha (Maitê Proença) e Osmundo (Erik Marmo na cama). Com tiro à queima-roupa, ele assassinou os dois.

Quem matou Max? – 7ª edição

A uma semana do término de “Avenida Brasil” (2012), a vingança de Nina (Débora Falabella) contra Carminha (Adriana Esteves) já estava praticamente concluída. Mas o assassinato do vilão Max (Marcello Novaes) manteve o interesse pela história até o final.

Muito transtornado, Max decide sequestrar Carminha e a leva para o lixão. Também faz Nina, Lucinda (Vera Holtz) e Nilo (José de Abreu) reféns. Cada um, ao seu jeito, traiu a confiança dele, e Max deseja vingança. Jorginho descobre que Nina corre perigo, liga para Tufão (Murilo Benício), e a família segue para o lixão – Tufão, Ivana (Leticia Isnard) , Leleco (Marcos Caruso), Muricy (Eliane Giardini) e Jorginho (Cauã Reymond). O ex-jogador também convoca o policial Zenon (Mário Hermeto), amigo da família, após descobrir que Max está armado. Em um descuido do vilão, Carminha consegue ligar para pedir ajuda a Lúcio (Emiliano D’Avila). Janaína (Cláudia Missura) vai atrás do filho. Picolé (João Fernandes Nunes), um dos meninos do lixão, avisa Santiago, que também segue para o depósito. Para afastar Ágata (Ana Karolina Lannes) desses momentos de tensão, a família a manda para a Disney. Ela só voltará a aparecer na novela nos últimos capítulos, quando tudo já está resolvido.
Enquanto isso, Max inferniza todos os seus reféns na casa de Lucinda. Acaba colocando fogo no local e foge de lá com Nina. Tufão, Leleco e Lúcio invadem a casa e salvam os outros reféns. Jorginho ajuda Carminha. Todos procuram Nina. Quando a encontram, Max está morto. Há muitos suspeitos. Nina era a única que estava no local do crime e foi encontrada com uma enxada na mão. Ivana já tinha ameaçado o ex-marido. Jorginho, Tufão, Leleco e Muricy tinham raiva da vítima, por tudo o que fizeram com Nina e Ivana. Lúcio tinha se envolvido em muitas falcatruas com Max e estava tendo um caso com Carminha. Janaína queria se vingar de Max, por ele ter transformado seu filho em bandido. Nilo e Lucinda, apesar de pais de Max, tinham sido muito perturbados por ele e sabiam das maldades de que ele era capaz. Santiago (Juca de Oliveira)também estava lá. E, por último, Carminha, que havia tentado matar o ex-amante uma
vez e já não aguentava as loucuras dele. Quem matou Max?
Carminha é levada por Santiago para a sua casa. É então que o telespectador descobre que ele não é nada bonzinho, mas um grande vilão. Santiago era amante de Lucinda. E foi por conta disso que toda a desgraça na família começou. Quando Nilo flagrou a mulher e Santiago na cama, contou tudo para a esposa dele. Ela, desesperada, foi à casa de Lucinda armada e acabou matando a filha dela.
Descontrolada, Lucinda correu para a residência do amante e atirou contra a mulher dele. Saiu da casa achando que a havia acertado, mas errou: quem matou mesmo a mulher foi Santiago, assim que Lucinda deixou a casa. Carminha, a filha do casal, aos 5 anos, viu tudo. Santiago fez isso para ficar com a herança da esposa. Ele nunca amou Lucinda, só queria se aproveitar dela. Lucinda foi presa por assassinato, separou-se do filho ainda pequeno, Max, e do marido. Santiago, então, fez mais uma maldade: largou Carminha no lixão, onde Nilo foi morar com o filho. Carminha e Nilo sabem de toda essa história. Ambos, cada um a seu jeito, ficam revoltados ao saberem que Lucinda se apresentou à polícia como assassina de Max. Os dois sabem que ela pode ser presa injustamente, de novo.
Santiago tenta se aproximar da família de Tufão, com a intenção de reconquistar a confiança de todos e lucrar com isso. Ele conta sua história, dizendo ter sido amante de Lucinda, mas mente ao dizer que ela matou sua mulher. Ou seja, finge ser uma pessoa de bem e arrependida de seus erros.
Nilo acaba sendo assassinado por Santiago, pois se torna uma ameaça ao vilão. Ele podia, a qualquer momento, revelar a todos a verdadeira tragédia familiar. Santiago coloca drogas na bebida de Nilo, e ele morre de overdose. À beira da morte, ele conta toda a verdade para Nina e assume seu amor por Lucinda. Quando a catadora ouve a história, não consegue acreditar nas maldades que Santiago foi capaz de fazer com ela e sua família.
Aproveitando a fragilidade da família Tufão, Santiago planeja um golpe final contra eles. Quer roubar a família no dia em que será fechado um contrato para a construção de um shopping no Divino. Tufão, então, é sequestrado a mando do pai de Carminha. A vilã não queria participar do plano, até tentou fugir com o Lúcio, mas o pai lhe impediu. Nina segue uma pista em Magé, no Rio de Janeiro, e consegue encontrar o cativeiro de Tufão. De lá, liga para Jorginho, que segue com Zenon, Leleco e um delegado para o local. Nina invade a casa e também vira refém.
Ao chegar a um aeroporto em Búzios, de onde voaria com a filha para o Uruguai, Santiago decide matar Nina e Tufão. Carminha o impede: ela mata um dos comparsas, atira no pé do pai

Carminha foi quem matou o amante

e liberta os reféns. Depois, é presa e assume ter assassinado Max. Ela diz ter feito isso para proteger Nina e a si mesma, pois sabia que ele estava fora de si e que iria matá-las. Lucinda viu a cena e decidiu assumir a culpa para livrar Carminha da prisão, culpada pela dor que ela teria trazido para a vida dela.

Lucinda ganha a liberdade e promete receber Carminha assim que ela sair da prisão. É isso o que acontece. Carminha volta para o lixão, esforça-se para se redimir, conhece o neto, filho de Nina e Tufão, e ela e a nora se perdoam.

VEJA O ASSASSINATO DO VILÃO: