Globo 50 Anos: Frases no Ar

FRASES NO AR

 Em 26 de abril de 1965, foi ao ar a TV Globo. Era apenas um canal de televisão carioca e contava com o talento e empenho de profissionais que vinham de jornais, rádios, teatro e cinema. Em menos de dez anos, a Globo assumiu a liderança e se tornou uma Rede de televisão com emissoras próprias e afiliadas em todo o país. A Rede Globo, unindo informação e entretenimento, tem acompanhado gerações nos últimos 49 anos. Suas novelas, minisséries, seriados, noticiários, transmissões esportivas, programas humorísticos, infantis, de variedades, auditório, musicais e realities fazem parte da vida dos brasileiros.
Frases no ar vai relembrar momentos emocionantes da televisão. São falas marcantes de personagens, comentários de jornalistas durante uma cobertura, bordões e ironias de humoristas, expressões de alegria na comemoração de uma vitória que serão mostrados e ilustrados aqui no site Memória Globo. Recordações de atores, jornalistas, humoristas, apresentadores, figurinistas, cenógrafos, costureiras e tantos profissionais que trabalham para exibir os programas da Globo. Um passeio pela memória  afetiva do telespectador que, ao longo dos anos, tem sido o personagem central de quase meio século de sucesso.

NOVELAS

st_nio garcia.jpg

st_nio garcia.jpg

carminha.jpg

carminha.jpg

giovanni improtta.jpg

jos_ wilker.jpg

nazar_ tedesco-t_tulo.jpg

nazar_ tedesco.jpg

aguinaldo silva-autor.jpg

Aguinaldo Silva - 488x170.jpg

f_lix.jpg

amor a vida-reduzida.jpg

deus nos acuda-cr.jpg

Deus nos acuda-reduzida.jpg

JORNALISMO

ibrahim sued.jpg

divis_o de artes-4.jpg

eron domingues-sobre nixon.jpg

divis_o de artes-4.jpg

Alfredo Marsillac_diretor de corte do JN__ArmandoNgueira_diretor de jornalismo_eNilson Viana _editor do JN_na ilha de edi__odoJornal Nacional-488x170.jpg

Armando Nogueira, diretor de Jornalismo entre 1966-1990, após o lançamento do Jornal Nacional. 
divis_o de artes-4.jpg

Pedro Bial - 488x170.jpg

Pedro Bial, jornalista, durante a cobertura do fim da União Soviética, no Globo Repórter, em 1991.

ESPORTE

geraldo jos_-reduzida.jpg

Geraldo José de Almeida, locutor esportivo, em narração de jogos da Copa do México, em 1970

divis_o de artes-4.jpg

galv_o bueno - 4- reduzida.jpg

Galvão Bueno, locutor esportivo, sobre a cena clássica na final da Copa do Mundo dos Estados Unidos, em 1994. 

HUMOR

zeca bordoada.jpg

guilherme karan.jpg

saraiva.jpg

zorra total-reduzida.jpg

bento carneiro-t_.jpg

bento carneiro-reduzido.jpg
z_ da galera tira.jpg

z_ da galera.jpg

AUDITÓRIO E VARIEDADES

cassino do chacrinha.jpg

chacrinha - 488x170.jpg


Anúncios

Personagens Inesquecíveis: Maria Escandalosa – Deus nos Acuda

Uma das personagens mais marcantes da TV e da carreira de Claudia Raia foi a Maria Escandalosa da novela Deus nos Acuda (1992).

Como o nome diz, é extremamente popular. Além de muito bonita, é carismática e quase uma líder no porto de Santos (SP), onde vive a comunidade pobre da novela. É trambiqueira desde criancinha por orientação do pai, Tomás (Jorge Dória), mas tem um coração de ouro. É a pessoa escolhida casualmente para cumprir a missão designada pelo céu a Gabriel (Cláudio Corrêa e Castro) e Celestina (Dercy Gonçalves). Apesar do apelido e do jeito escandaloso, foi educada para saber se comportar bem em qualquer ambiente. Envolve-se com os três principais personagens masculinos da novela: Ricardo (Edson Celulari), Paco (Raul Gazola) e Otto (Francisco Cuoco).

RELEMBRE MOMENTOS DA PERSONAGEM: 

Reviva: Ela é pura diversão! Claudia Raia é fera em fazer rir em papéis variados na TV

Claudia Raia em diferentes momentos na TV (Foto: Fábio Rocha / Gshow / Alex Carvalho / CEDOC / Márcio de Souza / TV Globo) Além de diva, Claudia Raia também tem um talento natural para arrancar boas gargalhadas com suas personagens. A atriz se transforma em figuras populares ou sofisticadas, mas mantem o carisma que faz com que suas personagens sejam figuras inesquecíveis!

Em Alto Astral (2014) a vidente Samantha conta com a ajudinha da voz que lhe dá todo o serviço das próximas desgraças que aconteceu. E a moça pensa que está falando ao telefone ao se comunicar com o espírito do além!

 Em Ti-Ti-Ti, a atriz quase teve um troço quando a personagem Jaqueline encontrou sua musa, Xuxa, no dia de seu aniversário. Ela ficou passada ao ver a rainha de pertinho e contou que “Ilariê” era a música de sua vida. Para fechar com chave de ouro, as duas cantaram e dançaram juntas. Essa festa foi baphonica!

Em Deus nos Acuda, Maria Escandalosa dava golpes em parceria com seu pai. A gata aproveitava a admiração do público masculino para tirar o dinheiro dos desavisados. No porto do Rio, Maria se deu bem apesar de seu inglês macarrônico. Isso sim é que é uma poliglota, minha gente!

 Safira e Pascoal brigavam o tempo todo, mas não conseguiram resistir à paixão e acabaram juntinhos em Belíssima. Só que bem na hora H, a empolgação foi tão grande que eles destruíram o prédio da oficina e pagaram o maior mico, peladões na frente de todo mundo.

Sem falar da Tancinha de Sassaricando, né?

Cláudia Raia é fera mesmo, não só no humor mais em tudo.

Vamos Recordar? Deus Nos Acuda (1992)

Novela é de 1992
Novela é de 1992

Deus nos Acuda foi uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida no horário das 19 horas, de 31 de agosto de 1992 à 26 de março de1993, substituindo Perigosas Peruas e sendo substituída por O Mapa da Mina, em 179 capítulos.

Escrita por Sílvio de Abreu, Alcides Nogueira e Maria Adelaide Amaral, e dirigida por Jorge Fernando, Marcelo Travesso e Rogério Gomes, e direção geral e de núcleo de Jorge Fernando.

A novela contou com Glória Menezes, Francisco Cuoco, Dercy Gonçalves,Jorge Dória, Paula Manga, Edson Celulari, Cláudia Raia e Marieta Severonos papéis principais da história.

Foi reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo entre 8 de novembro de2004 à 25 de fevereiro de 2005, substituindo Terra Nostra e sendo substituída por Laços de Família, em um compacto de 80 capítulos.

História

Dercy Gonçalves vivia Celestina
Dercy Gonçalves vivia Celestina

No Céu, Celestina é o anjo responsável pelo Brasil. Ao ouvir de Deus a ameaça de ser mandada para o país que deveria ajudar a crescer, ela pede o auxílio do anjo Gabriel. Ele então, convence o Todo-Poderoso a deixar Celestina ficar no céu por mais seis meses, mas com uma condição: sem desrespeitar o livre arbítrio que todo ser humano deve ter, ela teria de modificar um cidadão brasileiro, tornando-o mais honesto, digno e trabalhador.

Celestina então escolhe a bela Maria Escandalosa, filha de Tomás Euclides, uma dupla de trambiqueiros do porto de Santos, que vivem na pensão de Dona Armênia, uma mulher que chora o abandono de “seus três filhinhas” Geraldo, Gerson e Gino. Convencida de que poderia transformar o caráter de Maria, Celestina passa por cima das leis divinas e a salva de uma explosão. Depois disso, ela passa a zelar pela vida da jovem na Terra. No entanto, a trambiqueira não sabe que é objeto de atenção divina, e muito menos que é vigiada dia e noite. Maria Escandalosa se envolve com o milionário Ricardo, filho de Otto Bismark, um viúvo acusado de matar suas ex-mulheres.

Há várias tentativas de apurar acusações contra Otto. Para isso, Baby Bueno, cunhada do suspeito volta ao Brasil. Mas ela tem uma oponente de peso: Elvira, secretária de Otto, que além de fiel, é apaixonada pelo chefe.

Elenco

Ator Personagem
Cláudia Raia Maria Escandalosa
Edson Celulari Ricardo Bismark
Glória Menezes Baby (Bárbara Silveira Bueno)
Francisco Cuoco Otto Bismark
Marieta Severo Elvira
Dercy Gonçalves Celestina
Adelaide Chiozzo Juscelina
Carmem Verônica Xena
Cláudio Fontana Igor
Cristina Mutarelli Laureta
Edgard Amorim Jasão
Eduardo Martini Querubim
Emiliano Queiroz Quaresma
Flávio Silvino Hugo
Gerson Brenner Gerson
Gracindo Júnior Heitor Garcia
Hilda Rebello Violante
Jairo Mattos Ivan
Jandir Ferrari Gino/Gina
Luigi Baricelli Zelito
Marcela Muniz Edith
Marcello Novaes Gera (Geraldo)
Maria Cláudia Kelly Garcia
Marisa Orth Valquíria Silveira Bueno
Mylla Christie Ully
Oscar Magrini Marco
Paula Manga Sabrina
Paulo César Grande Wagner
Regina Braga Clarisse
Tatiana Issa Yeda
João Rebello Nicolau
Fernanda Rodrigues Eduarda
Aracy Balabanian Dona Armênia
Ary Fontoura Félix
Diogo Vilela Danilo
Louise Cardoso Gilda
Raul Gazolla Paco
Cláudio Corrêa e Castro Anjo Gabriel
Jorge Dória Tomás Euclides

Participações especiais

  • Maurício do Valle – Delegado
  • Marcos Wainberg – Advogado
  • Dary Reis – Delegado
  • Juca de Oliveira
  • Maria Amélia Brito – Eugênia da Silveira Bueno Bismark
  • Carvalhinho – Joca
  • Elizabeth Henreid – Minouche
  • Carlos Kroeber – Dr. Alberto
  • Carlos Zara – Dr. Alfredo
  • Cléa Simões – Pérola
  • Ilka Soares – viúva de Alfredo
  • Ítalo Rossi – Maurício Stein
  • Jorge Fernando – Brasil
  • Benjamin Cattan – Alberto Suarez Ibarra
  • Paulo Gracindo – embaixador americano no céu
  • Odete Lara – embaixadora americana no céu
  • Célia Biar – Françoise (anja francesa)
  • Ruth Escobar – Maria Celeste (anja portuguesa)
  • Norma Geraldy – Dolores
  • Waldemar Berditchevsky – ascensorista do elevador ao céu
  • Rodolfo Bottino – Rombole
  • Sílvia Salgado – Diretora da escola de Nicolau (João Rebello)

Solange Couto – Manon

Reprise

Foi reprisada pelo Vale a Pena Ver de Novo entre 8 de novembro de 2004 e 25 de fevereiro de 2005, 12 anos após sua exibição original, substituindo Terra Nostra e sendo substituída por Laços de Família. A novela foi reprisada com o intuito de subir os 17 pontos de audiência deixados por Terra Nostra, mas os índices pioraram de 17 para apenas para 14 pontos. Em alguns dias, a novela não saia da casa dos 11 pontos, perdendo por vários dias para a segunda reprise deMaria do Bairro que facilmente ultrapassava 15 pontos de audiência. Para salvar o horário vespertino, A Rede Globo decidiu reprisar o sucesso Laços de Família que logo reconquistou o primeiro lugar no Ibope. deusnosacuda

Trilha Sonora

Nacional

Capa: Cláudia Raia

Não Olhe Assim – Tema de Ully
Compositores: César Augusto/ César Rossini
Intérpretes: Leandro & Leonardo

Rio e Canoa – Tema de Paco
Compositores: Fábio Jr.

Deus Nos Acuda Nacional
Deus Nos Acuda Nacional

Intérpretes: Fábio Jr.

Ainda Lembro – Tema de Ricardo
 Compositores: Marisa Monte/ Nando Reis
Intérpretes: Marisa Monte e Ed Motta

Deus nos Acuda – Tema de locação – Santos
Compositores: Tadeu Matthias
Intérpretes: Tadeu Matthias

Vento Ventania – Tema de Igor
Compositores: Bruno/ Coelho/ Miguel/ Sheik/ Álvaro
Intérpretes: Biquíni Cavadão

Falso – Tema de Tomás
Compositores
Intérpretes: Brigitte

Heaven Seven – Tema de Celestina
Compositores: Julio Cesar Da Silva Teixeira/ Renato Ladeira/ Roberto Lly
Intérpretes: A Caverna

Brigas – Tema de Félix e Gilda
Compositores: Evaldo Gouveia/ Jair Amorim
Intérpretes: Altemar Dutra e Cauby Peixoto

La Barca – Tema de Ricardo e Maria Escandalosa
Compositores: Roberto Cantoral
Intérpretes: Luis Miguel

Maria Escandalosa – Tema de Maria Escandalosa
Compositores: Klécius Caldas
Intérpretes: Ney Matogrosso

Taça de Veneno – Tema de Elvira
Compositores: Guilherme Arantes
Intérpretes: Guilherme Arantes

Paixão Esquecida – Tema de Clarice
Compositores
Intérpretes: Yahoo

Canta Brasil – Tema de abertura
Compositores: Alcyr Pires Vermelho/ David Nasser
Intérpretes: Gal Costa

Balada do Otto  Tema de Otto
Compositores: Beto Saroldi
Intérpretes: A Caverna

Internacional

Capa: Edson Celulari

Would I lie to You – Tema de Danilo e Valquiria
Compositores: Mike Leeson/ Peter Vale
Intérpretes: Charles & Eddie

Mr. Loverman – Tema de Gerson
Compositores: Hopeton Lindo/ Mikey Bennett/ Rexton Gordon
Intérpretes: Shabba Ranks

Friday I’m in Love – Tema de Gera
Compositores: Boris Williams, Perry Bamonte, Porl Thompson, Robert Smith, Simon Gallup
Intérpretes: The Cure

Bang Bang  Tema de Maria Escandalosa
Compositores: Jaime Sabater/ Joe Cuba

Deus Nos Acuda Internacional
Deus Nos Acuda Internacional

Intérpretes: David Sanborn

I Fall All over Again – Tema de Paco e Clarice
Compositores: Dan Hill/ Doug James
Intérpretes: Dan Hill

I Get a Kick out of You – Tema de Baby
Compositores: Cole Porter
Intérpretes: Louis Armstrong & Oscar Peterson Trio

Hard Fight
Compositores
Intérpretes: 
Lorrie Company

Cry Baby – Tema de Ricardo
Compositores: Paul Robb
Intérpretes: Information Society

My Lovin’ (You’re Never Gonna Get it)
Compositores: Denzil Foster/ Thomas McElroy
Intérpretes: En Vogue

You won’t see me Crying – Tema de Ully
Compositores: Carnie Wilson/ Chynna Phillips/ Glen Ballard/ Wendy Wilson
Intérpretes: Wilson Phillips

Work to do
Compositores: O’Kelly Isley/ Ronald Isley/ Rudolph Isley
Intérpretes: Vanessa Williams

Good Enough – Tema de Gino
Compositores: Babyface/ Daryl Simmons/ L.A. Reid
Intérpretes: Bobby Brown

Decadence Avec Elegance – Tema de Sabrina
Compositores: Deborah Blando/ Kit Haynes/ Lobão
Intérpretes: Deborah Blando

Frantic Temptation
Compositores
Intérpretes:
 Peter Trad

Prêmios

Troféu APCA (1992):

  • Melhor ator coadjuvante – Jorge Dória

Troféu Imprensa

  • Melhor atriz – Glória Menezes

Gostaram dessa edição? Por hoje é só! Mais quinta que vem voltamos com mais um “Vamos Recordar?”