Personagens Inesquecíveis: Nonô Corrêa – Amor Com Amor se Paga

Tenho certeza que alguém já chamou algum amigo ou parente pão duro de Nonô Corrêa, né? O avarento mais lembrado da teledramaturgia brasileira é o nosso personagem de hoje.

A história é ambientada em Monte Santo, uma fictícia cidade do interior em desenvolvimento. Nonô Corrêa (Ary Fontoura), personagem inspirado em O Avarento, de Molière, é o protagonista da trama, daqueles que marcam a história da teledramaturgia brasileira. Pão duro ao extremo, Nonô coloca cadeados na geladeira e nos armários da despensa para evitar que os filhos, Elisa (Bia Nunes) e Tomaz (Edson Celulari), comam mais do que ele considera necessário. Além disso, Nonô proíbe os jovens de repetirem as refeições, desliga a luz da casa a partir de determinada hora da noite e anda com roupas velhas. Sua maior preocupação na vida é fazer economia. Nonô nunca se esquece de aumentar os aluguéis dos apartamentos que aluga, deixando os inquilinos desesperados. O engraçado da história é que Nonô é muito rico e esconde de todos sua preciosa fortuna. O único que conhece seu segredo é Anselmo (Carlos Kroeber), seu fiel parceiro, que aguenta todas as suas esquisitices em nome de anos de amizade.

Outra personagem que sofre com as mesquinharias de Nonô é a empregada Frosina (Berta Loran), que há mais de 20 anos trabalha para ele. Ela não recebe o salário há meses, mas não abandona a casa, pois, além de adorar Elisa e Tomaz, prometera à falecida mãe dos dois que cuidaria bem deles.

O grande mistério sobre o esconderijo de Nonô é desvendado por Frosina. Nos capítulos finais da trama, ela finalmente descobre o lugar secreto do quarto onde ele guarda dinheiro e muitas joias. Influenciado por Zezinho, Nonô acaba pedindo Frosina em casamento, e ela aceita. No último capítulo da novela, os dois oficializam a união em uma bela cerimônia.

 

RELEMBRE MOMENTOS DO PERSONAGEM:

Personagens Inesquecíveis: Roque Santeiro – Roque Santeiro (1985)

Esse personagem despensa apresentações, né?

Roque Santeiro (o saudoso José Wilker), o grande mito de Asa Branca, filho do beato Salu (Nelson Dantas), irmão de João Ligeiro (Maurício Mattar) por parte de pai, e ex-namorado de Mocinha (Lucinha Lins). Ganhou o apelido devido à habilidade inata de modelar santos. Como o ofício foi interpretado como vocação religiosa, o rapaz chegou a ser sacristão. Era tímido, mas imaginoso, com talento para contar histórias. Seu sonho era sair da cidade e ganhar o mundo, carregando consigo um impulso aventureiro. Tornou-se o herói de Asa Branca quando a cidade foi invadida por bandidos, que ocuparam a prefeitura, exigindo resgate. Todos fugiram, mas ele permaneceu, defendendo o ostensório da igreja. Por isso teria sido morto, e seu corpo jogado no rio. Tempos depois, apareceu para uma menina doente, que logo ficou curada, e assim o mito teve início, levando Asa Branca a ser visitada por fiéis de todo o Brasil. A história verdadeira, porém, não é bem essa.

RELEMBRE MOMENTOS DO PERSONAGEM:

Personagens Inesquecíveis: Maria Escandalosa – Deus nos Acuda

Uma das personagens mais marcantes da TV e da carreira de Claudia Raia foi a Maria Escandalosa da novela Deus nos Acuda (1992).

Como o nome diz, é extremamente popular. Além de muito bonita, é carismática e quase uma líder no porto de Santos (SP), onde vive a comunidade pobre da novela. É trambiqueira desde criancinha por orientação do pai, Tomás (Jorge Dória), mas tem um coração de ouro. É a pessoa escolhida casualmente para cumprir a missão designada pelo céu a Gabriel (Cláudio Corrêa e Castro) e Celestina (Dercy Gonçalves). Apesar do apelido e do jeito escandaloso, foi educada para saber se comportar bem em qualquer ambiente. Envolve-se com os três principais personagens masculinos da novela: Ricardo (Edson Celulari), Paco (Raul Gazola) e Otto (Francisco Cuoco).

RELEMBRE MOMENTOS DA PERSONAGEM: 

Personagens Inesquecíveis: João Coragem – Irmãos Coragem

O aventureiro mais famoso na TV brasileira e que pertencia a uma das família mais lembradas da TV: João Coragem (Tarcísio Meira) é o nosso “Personagem Inesquecível” de hoje!

JOÃO CORAGEM (Tarcísio Meira) – Filho de Sinhana (Zilka Sallaberry) e Sebastião (Antônio Vitor), e irmão de Jerônimo (Cláudio Cavalcanti) e Duda (Cláudio Marzo). Tem seu próprio garimpo e é um dos principais opositores de Pedro Barros (Gilberto Martinho), para quem é obrigado a vender suas pedras. Não gosta de violência, e prefere acreditar na lei. Vira líder de um grupo de garimpeiros justiceiros e se envolve com a filha do seu inimigo, Lara (Glória Menezes).

O maior conflito da trama tem início depois que João encontra um grande diamante que no fim da história, após a morte de Jerônimo (Cláudio Cavalcanti) e Potira (Lúcia Alves) em uma emboscada, João, revoltado, destrói o diamante, que julga responsável por todas as tragédias que abalaram sua família e a cidade de Coroado, em uma cena antológica. João, ao lado de Lara e Sinhana, reúne os moradores para reconstruir uma nova cidade, livre de todo jugo e exploração.

RELEMBRE MOMENTOS DO PERSONAGEM:

Personagens Inesquecíveis: Mirna e Crispim – Alma Gêmea

“Miiiiirrrrnaaaaaaa” quem não se lembra desse bordão?

Um dos pontos altos da novela Alma Gêmea (2005, estará de volta no TeleGlobo a partir do dia 26) é o núcleo dos irmãos caipiras Crispim (Emilio Orciollo Netto) e Mirna (Fernanda Souza). Os dois moram com o tio Bernardo (Emiliano Queiroz) em um sítio localizado junto à plantação de rosas de Rafael (Eduardo Moscovis). Enquanto o irmão e o tio trabalham no roseiral, a romântica Mirna cuida da casa, sonhando arranjar um noivo para casar. Crispim, porém, morre de ciúmes da irmã e não deixa que nenhum pretendente se aproxime, botando todos para correr, entre eles Pedro Charreteiro (Francisco Fortes), Roberval (Rodrigo Phavanello) e o policial Arthur (Adilson Girardi). Uma de suas marcas é jogar o pretendente no chiqueiro.

Desolada por não arranjar um marido, Mirna faz confidências à sua pata Doralice, para a qual arruma até um casamento na trama, com direito a bolo e marcha nupcial. Crispim também conversa de igual para igual com seu burrico, e é com ele que desabafa quando se apaixona perdidamente pela estonteante Kátia (Rita Guedes), a quem passa a chamar de “anja”, depois que ela o salva de se afogar na piscina do clube da cidade. Kátia é filha de Elias (Umberto Magnani), mãe solteira da menina Rita (Caroline Smith), e sonha casar-se com um homem rico. A personagem vive momentos cômicos quando vai morar por uns tempos no sítio e é obrigada a tirar leite de vaca e dar comida aos porcos. É ela, no entanto, que frustra uma das tentativas de Mirna de arrumar um marido. No dia do casamento da caipira com Jorge (Marcelo Faria), Kátia não resiste às investidas sedutoras do rapaz, e os dois são surpreendidos por Crispim aos beijos. Mirna ainda perde Alaor (Marcelo Barros) para a madrinha Doralice (Louise Cardoso). No fim da novela, porém, tudo se resolve: a caipira se casa com Zacarias Príncipe (Rodrigo Faro), rapaz que aparece montado em um cavalo branco; e Crispim se casa com Kátia, depois que ela descobre que Jorge tem três mulheres e uma penca de filhos.

RELEMBRE MOMENTOS DOS PERSONAGENS:

Personagens Inesquecíveis: Mário Fofoca – Elas Por Elas

Mário Fofoca (Luis Gustavo) é um dos pontos altos da novela Elas Por Elas (1982). Investigador particular, não consegue resolver nenhum caso que tem em mãos. Atrapalhado, desastrado e esquecido, não tem muita sorte, apesar de trabalhar muito. Mário acaba despertando o interesse de Márcia (Eva Wilma), que faz de tudo para seduzi-lo, rendendo cenas hilárias à trama. Com seu inseparável fusca, sempre vestido com o mesmo paletó quadriculado, em tons de amarelo e lilás, Mário armava as maiores confusões na busca pelo nome da amante de Átila (Mauro Mendonça). O detetive, por sua vez, nem percebe as investidas de Márcia, pois só tem olhos para Cláudia (Christiane Torloni).

Em determinado momento da história, Cláudia decide provocar ciúmes em René (Reginaldo Faria) e começa a sair com Mário. Apaixonado, ele a leva para jantar fora e faz inúmeras juras de amor, todas tiradas das letras de músicas de Roberto Carlos. Desconfiada da desenvoltura de Mário, Cláudia diz sempre já ter ouvido aquelas palavras em algum lugar, mas o detetive jura que as declarações são sinceras, “saídas direto de seu coração”.

Após o desfecho da novela o personagem ainda ganhou um seriado com seu nome. Em 2010, Mário Fofoca voltou no remake de Ti Ti Ti, escrita por Maria Adelaide Amaral.

RELEMBRE MOMENTOS DO PERSONAGEM:

Personagens Inesquecíveis: Ravengar – Que Rei Sou Eu?

O autor Cassiano Gabus Mendes criou o Reino de Avilã como uma paródia do Brasil. Corrupto e assolado pela pobreza, esse país fictício era o palco da novela “Que Rei Sou Eu?”, exibida pela Globo em 1989. Embora uma rainha ocupasse o trono, quem realmente governava era o grupo de conselheiros e o temível bruxo Ravengar. Com suas frases de efeitos, suas feitiçarias baratas e seus intrincados jogos políticos para manter o poder, o personagem ganhou força na trama, graças à interpretação, um tanto canastrona, mas eficiente, do saudoso Antonio Abujamra. Mais de 20 anos após o fim da novela, o ato ainda é reconhecido pelo velho personagem.

RELEMBRE MOMENTOS DO PERSONAGEM: